Coautoria na produção científica do PPGGeo/UFRGS: uma análise de redes sociais

Maycke Young de Lima

Resumo


Neste artigo realizou-se o estudo das redes de colaboração científica formadas a partir de um grupo de pesquisadores ligados ao Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGGeo/UFRGS), com base na abordagem teórico-metodológica conhecida como análise de redes sociais (ARS), dialogando com conceitos oriundos da Teoria da Prática de Pierre Bourdieu, focando a identificação, caracterização e evolução estrutural das redes de coautoria científica. Três redes foram construídas com base nos dados oriundos dos Cadernos de Indicadores da Capes referentes aos intervalos de 1998-2000, 2001-2003 e 2004-2006. As redes de 1998-2000, 2001-2003 e 2004-2006 apresentaram, respectivamente, 524 atores e 11.296 laços; 576 atores e 14.674 laços; 741 atores e 14.188 laços. Verificou-se que o conjunto dos atores centrais/dominantes nas redes é formado majoritariamente pelos docentes e, em geral, esse conjunto tende a se manter em destaque ao longo dos anos; verificou-se também que há uma reincidênciade parcerias na produção do conhecimento científico nas três redes, culminando em uma reprodução social da estrutura da rede de coautoria.

Palavras-chave

Análise de redes sociais. Coautoria científica. Produção do conhecimento científico. Geociências.

Co-authorship in the scientific production of the PPGGeo/UFRGS: a social network analysis

Abstract

IIn this article it was studied the scientific collaboration networks formed from a group of researchers linked to the Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGGeo/ UFRGS), based on a theoretical-methodological approach known as social network analysis (SNA), considering some concepts from Pierre Bourdieu’s Theory of Practice, and focusing on the identification, characterization and the structural evolution of scientific co-authorship networks. Three networks were built based on data from the CAPES’ Cadernos de Indicadores related to the intervals 1998-2000, 2001-2003 and 2004-2006. The results characterized the structure of the networks, comparing them, focusing on their connectivity and centrality, taking into consideration the research lines, projects and groups of actors. The networks of 1998-2000, 2001-2003 and 2004-2006 had, respectively, 524 actors and 11.296 links; 576 actors and 14.674 links; 741 actors and 14.188 links.It was found that the central/dominant group of actors in the networks is formed mainly by teachers and, in general, this group tends to remain in the central/dominant positions over the years; it was also found that there are partnerships recurrences in the scientific knowledge production in the three networks, culminating in a social reproduction of the co-authorship network structure.

Keywords

Social network analysis. Scientific co-authorship. Scientific knowledge production. Geosciences.


Palavras-chave


Análise de redes sociais; Co-autoria científica; Produção do conhecimento científico; Geociências

Texto completo:

PDF