Knowledge Management: uncovering risky gaps underlying the criticisms and moving to another perspective

Patricia Cristina Nascimento Souto

Resumo


The comments related to the sustainability of knowledge management (KM) have shown signs that it possibly can be a discourse which determines a quick style, but otherwise have also allowed the building of a better understanding about the limits and weaknesses of the knowlege management. In addition to the criticisms, the conceptual bases of knowledge management have been undermined by a contradictory combination of paradigms; there are also contradictions between the theoretical perspective jubjacent to the knwoledge management and its operationality. As a way of minimizing the possibility that the knowledge management may be turned into an umbrella concept and fail, it is suggested that its approaches embody a more interpretative perspective, taking up the role of an instrument which enables and facilitates the processes and practices in building up knowledge and information, enhancing their focus on the support to the establishment of human competences in order to deal intelligently with the present overcharge of information resources and need for building up information in the organizations.

 

 

Keywords

Knowledge management. Information management. KM. Criticisms. Knowing, Fad. Fashion.

 

Gestão do conhecimento: revelação das lacunas perigosas que servem de base para a crítica e levam a outra perspectiva

Resumo

Os criticismos relacionados à sustentabilidade da gestão do conhecimento (KM) têm evidenciado sinais que possivelmente ela seja um discurso determinador de uma moda passageira,mas em contrapartida também têm possibilitado a construção de melhor entendimento sobre as limitações e fraquezas da gestão do conhecimento. Além dos criticismos, os fundamentos conceituais da gestão do conhecimento têm sido minados por uma combinação contraditória de paradigmas; há também contradições entre a perspectiva teórica subjacente à gestão do conhecimento e a sua operacionalização. Como uma forma de minimizar a possibilidade de a gestão do conheciment se tornar um conceito “guarda-chuva e entrar em colapso sugere-se que suas abordagens incorporem uma perspectiva mais interpretivista, movimentem-se mais na direção de ser um instrumento capacitador e facilitador dos processos e práticas de construção de conhecimento e de informação, e fortaleçam seu foco no suporte à criação de competências humanas para lidar inteligentemente com a atual sobrecarga de recursos informacionais e de necessidade de construção de informação nas organizações.

Palavras-chave

Gestão do conhecimento. Construção de conhecimento. Criação de conhecimento. Gestão da informação. Construção de informação. Criação de informação. KM. Criticismo. Moda.


Palavras-chave


knowledge management, criticisms, knowing, fad, fashion

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2008 Patricia Cristina Nascimento Souto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.