Da comunicação informal a comunicação formal: identificação da frente de pesquisa através de filtros de qualidade

Heloísa Tardin Cristovão

Resumo


A literatura informal, especialmente o conjunto das comunicações apresentadas em reuniões cientificas representa uma parte significativa da estrutura da comunicação científica, devendo uma parcela deste conjunto, filtrar-se até a literatura super-formal (revisões da literatura). Numa parcela do conjunto filtrado deve residir a frente de pesquisa. Tais premissas são constatadas medindo-se a inclusão das comunicações na literatura de revisão, utilizando-se a variável autor. A través da manipulação dos dados referentes à área Ciência da Informação e contidos nas fontes LISA e ARíST (1961 - 1977), identifica-se um método de filtragem (filtro de qualidade) da literatura científica. Este método é acionado pela própria engrenagem do sistema de comunicação cientifica permitindo assim, a identificação da frente de pesouisa.

Descritores

Comunicação informal. Comunicação formal. Comunicação cientifica. Frente de pesquisa. Filtros de qualidade.

Abstract

Informal communication, as represented by conference papers is an important subset of the scientific communication system. Part of this set filters through the system and reaches the super-formal literature, i.e., reviews. This filtered part contains the research front. These statements can be verified by measuring, via the author parameter, the citation of conference papers in reviews. The conference papers indexed in both LISA and ARIST (1969 - 1977) were identified. The filtering process was formed by a series of compressions which activated the inbuilt literature filters; the research front was thus identified.

 


Palavras-chave


Comunicação informal. Comunicação formal. Comunicação cientifica. Frente de pesquisa. Filtros de qualidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1969 Heloísa Tardin Cristovão

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.