Memória do conhecimento: em busca de sustentabilidade para os objetos digitais

Vera Dodebei

Resumo


Discute-se o objeto digital, os efeitos que produz nas esferas informacional, social e memorial e a visibilidade deste constructo a partir dos contextos arqueológico e ecológico. A perspectiva de análise da organização e administração de arquivos digitais foi a da cultura material, dos artefatos produzidos socialmente, da duração ou ciclo de vida, para pensar as possibilidades de sustentabilidade e reciclagem dos objetos digitais que modelam informação e conhecimento. Como conclusão, dois conceitos – “persistência aurática” (conservação) e “transformação mítica” (reuso ou reciclagem) – emergiram para guiar a crítica ao modelo de representação do ciclo de vida da informação e a identificação de rastros e restos digitais arquivados na Web.

Palavras-chave


Objeto digital; Sustentabilidade; Arquivos digitais; Organização do conhecimento; Memória e informação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Vera Dodebei

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.