Lei de Brandford: uma reformulação conceitual

Lena Vânia Ribeiro Pinheiro

Resumo


A lei de Bradford, mesmo com reformulações de outros autores, não corresponde, ainda, à realidade do comportamento da literatura científica. Pretende-se alterar a parte conceituai, independentemente de sua representação matemática e gráfica, para modificar um dos aspectos da formulação teórica. Introduz-se o conceito de produtividade relativa e compara-se com o de produtividade absoluta, mostrando-se as alterações ocorridas. Confirma-se a hipótese de que o núcleo de periódicos não é formado pelos mais devotados, e sim pelos mais produtivos num determinado tempo. Ressalta-se as conseqüências das distorções da lei, sobretudo para a política de aquisição.

Descritores

Lei de Bradford. Bibliometria. Produtividade de periódicos. Análise bibliométrica.

Abstract

Bradford's law, even after reformulations by other authors, does not yet represent the reality of "behaviour" of scientific literature. The intention is to modify the conceptual formulation without changing the mathematical and graphic representations. The concept of relative productivity is introduced and compared with that of absolute productivity, demonstrating, in this way, the alterations. The hypothesis is confirmed that the nucleous is formed not by the most devoted, but by the most productive journals, during a delimited time. The consequences of the distortions of the law are shown, especially with regard to the acquisition policy.


Palavras-chave


Lei de Bradford. Bibliometria. Produtividade de periódicos. Análise bibliométrica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18225/ci.inf..v12i2.185

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1969 Lena Vânia Ribeiro Pinheiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil