Repositório Institucional de Geociências do Serviço Geológico do Brasil como serviço de disponibilização de informações geocientificas para a sociedade

Flasleandro Vieira Oliveira

Resumo


A CPRM – Serviço Geológico do Brasil, através da Rede de Bibliotecas Ametista, envidou esforços para a criação do Repositório Institucional de Geociências (RIGeo). O RIGeo foi implantado em 2015, utilizando-se o software livre Dspace, sendo que sua política mandatória foi aprovada em 2017.

Os objetivos precípuos do RIGeo são: permitir o acesso integral à produção intelectual dos pesquisadores da instituição, preservar a memória científica gerada ao longo dos anos, fomentar a pesquisa científica na área de geociências e demais áreas do conhecimento e permitir o acesso às publicações dos autores-pesquisadores da instituição. Desta forma, o RIGeo busca estar em consonância com o Movimento Internacional de Acesso Aberto à Informação Científica.

O RIGeo foi recentemente catalogado no OpenDoar, que se configura no maior diretório de repositórios de acesso aberto do mundo. Isto vem corroborar o compromisso do RIGeo com o acesso aberto e demonstra a relevância da informação geocientífica junto à comunidade acadêmica e a sociedade brasileira.

Há que destacar também que está em fase de implementação a disponibilização dos dados vetoriais das pesquisas geocientíficas no RIGeo. Nesse sentido, amplia-se o escopo do RIGeo, pois além de arquivos estáticos como o pdf,  estarão também disponíveis dados passíveis de serem trabalhados em ambiente SIG (Sistema de Informações Geográficas).

Por fim, o RIGeo objetiva dar acesso a informações que possibilitem melhores condições de vida para a sociedade, pois disponibilizar a informação geocientífica é, antes de tudo, aproximar a ciência do cidadão e oportunizar melhorias nas condições de vida das pessoas e, em muitos casos, possibilitar salvar vidas que estão em iminente perigo.

Palavras-chave


Repositórios Institucionais; Geociências; Acesso Aberto

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Flasleandro Vieira Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.