COMPETÊNCIA DISCURSIVA: UM CASO ESPECIAL DE COMPETÊNCIA COMUNICATIVA

Clóvis Ricardo Montenegro de Lima, Helen Fischer Günther, Mariangela Rebelo Maia

Resumo


Neste artigo quer-se delinear o conceito de competência discursiva como um caso especial de competência comunicativa, tanto quanto o Discurso é um caso especial de agir comunicativo. Parte-se da discussão de competência dentro do processo de aprendizagem e do desenvolvimento moral, e dentro dela a competência linguística  e a competência comunicativa. Faz-se o desenvolvimento da noção de competência discursiva como capacidade de argumentar racionalmente, de reconhecer o outro e os seus argumentos e de fazer acordos em torno do melhor argumento. Inclui também a capacidade de universalizar o processo argumentativo. O desenvolvimento da competência discursiva está vinculado ao desenvolvimento moral de indivíduos, grupos sociais e sociedade. Conclui-se que existe sim uma competência discursiva e que esta pode ser desenvolvida, não apenas como habilidade técnica, mas também como desenvolvimento moral.

 


 
 
 
 
 

Palavras-chave


Agir Comunicativo. Desenvolvimento Moral. Competência Discursiva.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BALTAR, Marcos. A validade do conceito de competência discursiva para o ensino de língua materna. Linguagem em (Dis)curso - LemD, Tubarão, v.5, n.1, p.209-228, jul./dez. 2004.

BONA, Camila De; MACHADO, Sheila. Competência Linguística e Comunicativa: um paralelo entre duas abordagens lingüísticas no contexto de ensino de Língua Inglesa. BELT Journal: Porto Alegre, v. 3, n. 1, jan./jul., 2012.

BORGES, Elaine Ferreira do Vale. Conhecimento, compreensão e competência nos estudos da lingua(gem). Revista Escrita, Rio de Janeiro, n. 13, 2011.

HYMES, Dell. On communicative competence. In: PRIDE, J. B. & HYMES, J. (eds.) Sociolinguistics: selected readings. Harmondsworth, England: Penguin, 1972.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo Dicionário Aurélio. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1995. 1499 p.

FINI, Lucila Diehl Tolaine. Desenvolvimento moral: de Piaget a Kohlberg. Perspectiva. Florianópolis, v. 9, n. 16, p. 58-78, Jan/Dez, 1991.

GOYARD-FABRE, S. O que é democracia? A genealogia filosófica de uma grande aventura humana. Tradução de Claudia Berliner. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

GUTIERREZ, Gustavo Luis; ALMEIDA, Marco Antonio Bettine; Teoria da Ação Comunicativa (Habermas): estrutura, fundamentos e implicações do modelo. Veritas, Porto Alegre, v.58, n.1, jan./abr., p. 151-173, 2013. Disponível em: . Acesso em: 17 ago. 2019.

HABERMAS, Jürgen. Teoria de la acción comunicativa, v. I e II. Madrid: Taurus, 1987.

HABERMAS. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989.

HABERMAS, Jürgen. Notas programáticas para a fundamentação de uma ética do discurso, In: Consciência moral e agir comunicativo. Tradução de Guido A. de Almeida. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HABERMAS. Verdade e justificação: ensaios filosóficos. São Paulo: Edições Loyola, 2004.

HASTE, Helen. Constructing competence: Discourse, identity and culture. In: PLATH, Ingrid; GRAUDENZ, Ines; BREIT, Heiko; Kultur — Handlung — Demokratie. p. 109-134, 2008.

LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro; LIMA, Rodolfo Tenório; GÜNTHER, Helen Fischer. Competência Comunicativa para problematização e aprendizagem em organizações. P2P & Inovação, Rio de Janeiro, v.5 n.2, p.200-219, mar./ago. 2019.

MARCUSCHI. Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008. 298p.

SIEBENEICHLER, Flávio Beno. Reflexões sobre a ética do Discurso. LOGEION: Filosofia da Informação, Rio de Janeiro, v.5, Edição Especial, p. 67-83, 2018.

TABILE, Ariete Fröhlich; JACOMETO, Marisa Claudia Durante. Fatores influenciadores no processo de aprendizagem: um estudo de caso. Revista Psicopedagogia. [online], v. 34, n.103, p. 75-86, 2017.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Competência comunicativa. Glossário Ceale. Disponível em: http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/verbetes/competencia-comu nicativa. Acesso em: 21 ago. 2019.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e interação - uma proposta para o ensino de Gramática. São Paulo: Cortez, 2011.

_________. Gramática: ensino plural. São Paulo: Cortez, 2011.

ZILBERMAN, Regina. Leitura em crise na escola. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1982.




DOI: https://doi.org/10.21728/logeion.2019v6n1.p44-56

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/3.0/br/

 
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (cc BY 4.0)
 
 Logeion: Filosofia da Informação - e-ISSN 2358-7806, IBICT.