Superação da desigualdade pelo letramento digital

Raimundo Marcelo Ferreira do Nascimento

Resumo


O presente artigo descreve a implementação dos telecentros no âmbito do programa Floresta Digital, da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre. Para reduzir os gargalos socioeconômicos do estado, a Divisão de Inclusão Digital idealizou espaços onde, além do acesso à internet, a comunidade pode ser capacitada. Um dos pontos-chave do projeto, financiado pelo governo estadual, é o atendimento dirigido a alunos das escolas públicas, com oferta de oficinas e cursos de qualificação profissional gratuitos. Em dois anos, quase 8 mil estudantes de 12 a 20 anos foram beneficiados. O texto discute as principais conquistas do projeto e aponta os desafios de melhorar os indicadores socioeconômicos por meio da inclusão digital. 


Palavras-chave


Inclusão digital; Educação; Secretaria de Ciência e Tecnologia do Acre; Capacitação profissional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Raimundo Marcelo Ferreira do Nascimento

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.