Globalizacion y sistemas de informacion: nuevos paradigmas y nuevos desafios

Antonio Lisboa Carvalho de Miranda

Resumo


A simples expansão da infra-estrutura telemática não seria suficiente para superar os graves problemas da oferta de serviços de informação, de acordo com os requerimentos de um processo de desenvolvimento sustentado para toda a sociedade, em bases mais justas e equitativas. Em verdade, põe-se mais ênfase no fluxo da informação que em seu uso efetivo; a simples existência da informação não é garantia para sua distribuição em termos social e politicamente corretos, enquanto que a posse ou privação do direito à informação configuraria uma espécie de imperialismo informacional (segundo Roberta Lamb). A informação transforma-se em um valor, em algo abstrato, independente de seu suporte e requer novas abordagens teóricas e metodológicos, novas práticas e novas tecnologias para seu ciclo de vida e de transformação. Discute o problema da informação como ideologia, sua globalização e o surgimento das "bibliotecas virtuais"no espaço cibernético, exigindo grandes adaptações sociais, com seus desdobramentos na ordem política, dentro e entre os países e regiões do mundo, segundo o conceito de "feudalismo informacional" (Peter Drahos), com a superação da ideologia pela tecnologia. Conclui com algumas estratégias na defesa dos direitos dos usuários e em salvaguarda dos valores e interesses de grupos, instituições e de regiões mais desfavorecidas

Palavras-chave


Informação; Globalização; Inovações tecnológicas; Novas tecnologias; Adaptações sociais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1969 Antonio Lisboa Carvalho de Miranda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.