Da (re) configuração do capitalismo informacional no Haiti à economia de violência

  • Mardochee Ogecime Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Aparecida Moura Universidade Federal de Minas Gerais

Resumo

RESUMO Trata-se de uma análise do capitalismo informacional no Haiti, na sua proposta mais emblemática em sociedade da informação e do conhecimento. Objetiva apreender a dimensão e instrumentalização das categorias “informação-conhecimento-tecnologia” como matrizes de desenvolvimento social e econômico, nas aspirações de configuração de processos (re)produtivos, organização social de trabalho e dinâmicas de desencadeamentos de processos sociais, culturais e políticos decorrentes dos ideais de bem-estar emanados das apostas da sociedade da informação e do conhecimento. Mediante uma análise documental, se estuda tanto as condições, possibilidades de (re)configuração deste modelo econômico no país como os impactos das suas procedências e aplicações na sociedade. Na configuração do capitalismo informacional no Haiti, se dá uma nova direção de causalidade que é estabelecida entre grupos de interesse, instituições políticas e econômicas; e a captura do Estado que resulta dela se torna o “modus operandi”, com seus efeitos perversos na criação e distribuição de riqueza na economia. Estes efeitos são reprodutores de uma organização econômica dilacerada pela pobreza e desigualdade social no país, inclusive a emigração da força de trabalho do país.

Palavras-chave: Capitalismo Informacional; Sociedade da Informação e do Conhecimento; Informação-Conhecimento-Tecnologia; Desenvolvimento; Governança Territorial.

Biografia do Autor

Mardochee Ogecime, Universidade Federal de Minas Gerais
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação PPGCI-ECI
Maria Aparecida Moura, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora titular da Universidade Federal de Minas Gerais
Publicado
30/05/2020
Como Citar
OgecimeM., & MouraM. A. (2020). Da (re) configuração do capitalismo informacional no Haiti à economia de violência. Liinc Em Revista, 16(1), e5134. https://doi.org/10.18617/liinc.v16i1.5134
Seção
Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura