Liinc em Revista http://revista.ibict.br/liinc <p>A <strong>Liinc em Revista</strong>, ISSN 1808-3536, periódico científico de acesso aberto e avaliado por pares, é orientada para a reflexão crítica sobre dinâmicas de produção, circulação e apropriação da informação e do conhecimento, ante as transformações do mundo contemporâneo.</p> <p>É uma publicação do <a href="http://www.ibict.br/" target="_blank" rel="noopener">Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia</a> (Ibict), editada por seu <a href="http://www.ppgci.ufrj.br/pt/" target="_blank" rel="noopener">Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação</a>, desenvolvido em associação com a <a href="https://ufrj.br/" target="_blank" rel="noopener">Universidade Federal do Rio de Janeiro</a> (UFRJ).</p> <p>É indexada por <a href="https://doaj.org/toc/1808-3536?source=%7B%22query%22%3A%7B%22filtered%22%3A%7B%22filter%22%3A%7B%22bool%22%3A%7B%22must%22%3A%5B%7B%22terms%22%3A%7B%22index.issn.exact%22%3A%5B%221808-3536%22%5D%7D%7D%2C%7B%22term%22%3A%7B%22_type%22%3A%22article%22%7D%7D%5D%7D%7D%2C%22query%22%3A%7B%22match_all%22%3A%7B%7D%7D%7D%7D%2C%22size%22%3A100%2C%22_source%22%3A%7B%7D%7D" target="_blank" rel="noopener">DOAJ</a> e <a href="https://latindex.org/latindex/ficha?folio=17570" target="_blank" rel="noopener">Latindex</a>, e classificada como A2 no Qualis da Capes.</p> Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) pt-BR Liinc em Revista 1808-3536 <div id="copyrightNotice" class="copyright_notice"> <p>Autores que publicam na Liinc em Revista concordam com os seguintes termos:</p> <p>Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/" target="_blank" rel="noopener">Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a>,&nbsp;que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</p> <p>Autores têm permissão e são encorajados a submeter seus manuscritos a páginas pessoais, repositórios institucionais, repositórios de preprint etc., antes e após sua publicação neste periódico (sempre oferecendo a referência bibliográfica do item), conforme sinaliza a adoção da <a href="https://diadorim.ibict.br/handle/1/1489" target="_blank" rel="noopener">categoria (selo) de permissão verde</a> no Diretório de políticas editoriais de revistas científicas brasileiras (DIADORIM).</p> <p><a href="/liinc" rel="cc:attributionURL">Liinc em Revista</a>, publicada pelo <a href="http://www.ibict.br/" target="_blank" rel="cc:attributionURL noopener">Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia</a>, é licenciada sob os termos da <a href="https://creativecommons.org/licenses/by/4.0" target="_blank" rel="noopener">Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional – CC BY 4.0 <img style="height: 22px!important; margin-left: 3px; vertical-align: text-bottom;" src="https://search.creativecommons.org/static/img/cc_icon.svg" alt=""><img style="height: 22px!important; margin-left: 3px; vertical-align: text-bottom;" src="https://search.creativecommons.org/static/img/cc-by_icon.svg" alt=""></a></p> </div> Apresentação http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5243 <p>Apresentação</p> Marco Schneider Marcos Dantas Pablo Nabarrete Bastos Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5243 e5243 10.18617/liinc.v16i1.5243 Karl Marx enfrenta o enigma da produção imaterial http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5155 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Este artigo apresenta um contraponto a um dos argumentos centrais da vaga pós-modernista, segundo o qual, na sociedade contemporânea, a lei do valor revelada por Karl Marx teria perdido seu caráter explicativo diante da expansão da produção de bens intangíveis como os conteúdos audiovisuais digitais, ebooks e programas de computadores. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo analisar como Marx incorporou em seu arcabouço teórico as dinâmicas socioeconômicas envolvidas na produção imaterial. A análise realizada toma como referências principais os três livros que compõem a obra O Capital – Crítica da Economia Política, além dos manuscritos Teorias da Mais-valia – Volume I e Capítulo VI inédito de O Capital.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Produção Imaterial; Trabalho Imaterial; Lei do Valor; Marxismo; Karl Marx.</p> Rodrigo Moreno Marques Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5155 e5155 10.18617/liinc.v16i1.5155 A Comunicação na Circulação do Capital em Contexto de Plataformização http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5145 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>O artigo teoriza sobre o papel da comunicação na circulação do capital em contexto de plataformização.&nbsp; Para tanto, discute sobre capitalismo de plataforma e plataformas digitais como meios e tecnologias de produção, comunicação e circulação. Analisa como, a partir disso, há uma circulação comunicacional do capital envolta em racionalidade neoliberal, a partir de eixos articuladores da linguagem e do trabalho. Então, problematiza como a comunicação pode engendrar lutas por circulação que vá além do realismo capitalista.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Circulação do Capital; Capitalismo de Plataforma; Gramática do Capital; Plataformização; Trabalho.</p> Rafael Grohmann Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5145 e5145 10.18617/liinc.v16i1.5145 Aportes teórico-conceituais de Valério Cruz Brittos à Economia Política da Comunicação http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5120 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Este texto discute o desenvolvimento de conceitos ligados à Economia Política da Comunicação (EPC) a partir da produção acadêmica de Valério Cruz Brittos de 2001 a 2012, em especial seus aportes para os conceitos de: (a) barreiras à entrada nos mercados comunicacionais e a especificação da noção de padrão tecno-estético; (b) “fase da multiplicidade da oferta” para a periodização do mercado brasileiro de televisão; e (c) “PluriTV”, para a caracterização do atual ambiente de disseminação das telas. Trata-se de explicitar a sua inserção na trajetória da EPC brasileira como contribuição para o seu ulterior desenvolvimento.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Conceitos; Valério Cruz Brittos; Economia Política da Comunicação.</p> César Ricardo Siqueira Bolaño Anderson David Gomes dos Santos Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5120 e5120 10.18617/liinc.v16i1.5120 Redes Sociais e Assimetrias da Informação: rastreamento, rastreabilidade e democracia na era da economia digital http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5195 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>O objetivo deste trabalho é duplo: por um lado, pretendo estudar as novas formas concorrenciais que correspondem ao desenvolvimento dos diferentes mercados ligados às plataformas eletrônicas e às redes sociais, na internet. Por outro lado, quero construir uma função de bem-estar social para tentar capturar os impactos positivos e negativos produzidos pelo desenvolvimento desses mercados.</p> <p class="ResumoLiinc">Em uma primeira parte, ressaltarei as principais mudanças sociais e econômicas produzidas por essas evoluções. Mostrarei como se manifesta a extensão das lógicas mercantis, no que diz respeito à produção e às modalidades de apropriação da informação. Em uma segunda parte, construirei uma função de Bem-Estar social; a este respeito, mostrarei em que medida aparecem novas formas de assimetrias de Informação nesses mercados.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Assimetrias da Informação; Economia de Redes; Bem-Estar; Democracia.</p> Alain Herscovici Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5195 e5195 10.18617/liinc.v16i1.5195 Cultura e comunicação como direitos humanos: aproximações diante da nova onda neoliberal http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5082 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Diante da nova onda neoliberal posta em marcha em todo mundo e, particularmente na América Latina, busca-se investigar a afirmação de políticas públicas que aproximem a Cultura e a Comunicação como direitos humanos. Com base nas pesquisas bibliográfica e documental, são abordadas propostas de formulação e implementação de políticas culturais e de comunicação no continente, proporcionando uma compreensão ampla e integrada em relação a segmentos sociais distintos, evidenciando possíveis articulações para a construção de políticas democráticas alternativas.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Direito Humano à Comunicação; Diversidade Cultural; Políticas de Comunicação.</p> Adilson Vaz Cabral Filho Eula Dantas Taveira Cabral Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5082 e5082 10.18617/liinc.v16i1.5082 Regulação de plataformas digitais: mapeando o debate internacional http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5100 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>O presente artigo visa mapear o debate internacional sobre a regulação das plataformas digitais. Embora já haja uma série de legislações incidindo sobre esses agentes, como leis de proteção de dados, de proteção de direitos autorais ou de responsabilização no caso de retiradas de conteúdos, diferentes fatores passaram a impulsionar internacionalmente o debate sobre novas normas para disciplinar as atividades dessas empresas. Na literatura e entre atores sociais, de empresas a governos, passando por organizações da sociedade civil, coloca-se na arena internacional uma disputa por eventuais novas legislações e regulações.</p> <p class="Resumo" style="margin-bottom: .0001pt;"><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Plataformas Digitais; Regulação; Over-the-top; Internet.</p> Marcos Francisco Urupá Moraes de Lima Jonas Chagas Lucio Valente Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5100 e5100 10.18617/liinc.v16i1.5100 Vigilância por dados, privacidade e segurança: entre a exploração pelo mercado e o uso estatal http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5104 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Este artigo estuda a vigilância digital contemporânea, e a forma pela qual os dados sensíveis dos usuários são recolhidos e analisados para diferentes propósitos. Objetivos específicos: i) descrever formas tecnológicas de vigilância a partir de dados pessoais e comportamentais gerados nas comunicações online dos indivíduos; ii) estudar as relações entre a economia política do capitalismo contemporâneo e a privacidade; iii) compreender como Estados e organizações privadas se utilizam da vigilância de dados eletrônicos. Metodologia: método de procedimento hipotético-dedutivo, com abordagem qualitativa e técnica bibliográfico-documental.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Vigilância; Tecnologia; Dados; Capitalismo de Vigilância; Privacidade.</p> Mateus de Oliveira Fornasier Norberto Milton Paiva Knebel Fernanda Viero da Silva Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5104 e5104 10.18617/liinc.v16i1.5104 A EBC e a Comunicação Pública no Brasil http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5130 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Este trabalho traz resultados da pesquisa sobre o caminho de institucionalização da comunicação pública, feita no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Mídias Criativas na Escola de Comunicação da UFRJ, com os principais marcos legais e históricos dos veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O levantamento traz as regulamentações desde o início da radiodifusão no país até a Lei nº 13.417/2017, que alterou a EBC após o impeachment presidencial de 2016. O levantamento analisa a compreensão conceitual e gestão governamental na comunicação pública do Brasil até os 12 primeiros anos da EBC, em projetos como a teleducação e a propaganda de atos do governo.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> EBC; TV Brasil; Rádio Nacional; Rádio MEC; Agência Brasil.</p> Akemi Nitahara Souza Cristina Rego Monteiro da Luz Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5130 e5130 10.18617/liinc.v16i1.5130 A Forma Social da Comunicação no Contexto Soviético: Pertinência de Categorias da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura para o Estudo da Comunicação na URSS http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5118 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>O presente artigo investiga os fundamentos lógicos da forma social da comunicação no âmbito soviético, reconhecendo a pertinência das categorias da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura para o estudo da comunicação na URSS. Primeiramente foram avaliadas duas interpretações dialéticas da experiência soviética (Arthur, 2016 e Kurz, 1999), a fim de entendê-la como parte de um sistema mundial produtor de mercadorias. Observada a permanência peculiar da forma do capital como substância das relações sociais no contexto soviético, avalia-se em que termos a derivação da forma social da comunicação, sua materialidade e funções (Bolaño, 2000) são pertinentes para uma interpretação da comunicação na URSS.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Forma Social da Comunicação; URSS; Função Publicidade; Função Propaganda; Informação para a Dinâmica de Trabalho.</p> Manoel Dourado Bastos Tatiana Iaquinto Ywatsugu Willian Casagrande Fusaro Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5118 e5118 10.18617/liinc.v16i1.5118 A comunicação contra-hegemônica no capitalismo digital: limites e contradições http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5133 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>O artigo propõe um diagnóstico do território digital como via para analisar as possibilidades de uma ação comunicativa contra-hegemônica em seu interior. A investigação segue as trilhas do materialismo histórico e percorre a indissociabilidade entre as dimensões econômico-materiais, os elementos culturais e as práticas comunicacionais centralizadas pela internet. Assim, o texto põe em relevo as amarrações estruturais existentes entre o capitalismo e a comunicação no contexto da internet. Os resultados apontam para um reconhecimento dos limites da atuação no ambiente digital, bem como a atualidade de elaboração de um novo projeto societário.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Internet; Contra-hegemonia; Materialismo Histórico; Capitalismo Digital.</p> Rafael Bellan Rodrigues de Souza Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5133 e5133 10.18617/liinc.v16i1.5133 O poder de narrar: geopolítica da distribuição cinematográfica no Brasil http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5144 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>O presente ensaio desenvolve uma investigação dentro do campo da economia política da cultura que objetiva problematizar e desvendar caminhos para o entendimento do quadro de hegemonia do cinema hollywoodiano no Brasil, tendo como foco a distribuição em salas. Coloca-se como hipótese que o subdesenvolvimento econômico do cinema nacional tem origem em questões de ordem macroeconômica, a saber, na estrutura oligopolista da indústria cinematográfica em escala mundial que logrou a dominação do mercado, especialmente da esfera da distribuição, pelas majors. À luz do que escreve Ellen Wood sobre o imperialismo contemporâneo, opera-se com as ideias de tríade competitiva de Alfred Chandler, centralização do capital de Harry Braverman e mundialização do capital de&nbsp; François Chesnais, para entender a estrutura e a organização contemporânea das grandes corporações de mídia. A partir de dados publicados pelo Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual (OCA-ANCINE), analisa-se a atuação das distribuidoras estrangeiras no Brasil, bem como dois movimentos contemporâneos que reconfiguram o mercado: a digitalização das salas e a emergência do streaming.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Economia Política do Cinema; Distribuição Cinematográfica; Cultura e Imperialismo; Cinema Brasileiro.</p> Renata Rogowski Pozzo Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5144 e5144 10.18617/liinc.v16i1.5144 A Economia Política da Informação e os contributos sociocognitivos de sua institucionalização na produção científica brasileira em Ciência da Informação http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5122 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Apresenta os resultados de uma análise cujo objetivo geral é verificar os contributos sociais e cognitivos no processo de institucionalização científica da economia política da informação na produção científica brasileira em Ciência da Informação. Assim, constitui-se como um trabalho descritivo e documental, com utilização de análise bibliométrica. Conclui-se, a partir dos dados analisados, que a economia política da informação caminha em sua institucionalização social na produção científica e grupos de pesquisa no campo da Ciência da Informação brasileira, mas a sua institucionalização cognitiva permanece como um desafio.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Institucionalização Científica; Institucionalização Social; Institucionalização Cognitiva; Economia Política da Informação; Ciência da Informação.</p> Rafael Silva da Câmara Edvaldo Carvalho Alves Leilah Santiago Bufrem Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5122 e5122 10.18617/liinc.v16i1.5122 Da (re) configuração do capitalismo informacional no Haiti à economia de violência http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5134 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Trata-se de uma análise do capitalismo informacional no Haiti, na sua proposta mais emblemática em sociedade da informação e do conhecimento. Objetiva apreender a dimensão e instrumentalização das categorias “informação-conhecimento-tecnologia” como matrizes de desenvolvimento social e econômico, nas aspirações de configuração de processos (re)produtivos, organização social de trabalho e dinâmicas de desencadeamentos de processos sociais, culturais e políticos decorrentes dos ideais de bem-estar emanados das apostas da sociedade da informação e do conhecimento. Mediante uma análise documental, se estuda tanto as condições, possibilidades de (re)configuração deste modelo econômico no país como os impactos das suas procedências e aplicações na sociedade. Na configuração do capitalismo informacional no Haiti, se dá uma nova direção de causalidade que é estabelecida entre grupos de interesse, instituições políticas e econômicas; e a captura do Estado que resulta dela se torna o “modus operandi”, com seus efeitos perversos na criação e distribuição de riqueza na economia. Estes efeitos são reprodutores de uma organização econômica dilacerada pela pobreza e desigualdade social no país, inclusive a emigração da força de trabalho do país.</p> <p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Capitalismo Informacional; Sociedade da Informação e do Conhecimento; Informação-Conhecimento-Tecnologia; Desenvolvimento; Governança Territorial.</p> Mardochee Ogecime Maria Aparecida Moura Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5134 e5134 10.18617/liinc.v16i1.5134 Mercado de trabalho sob mediação digital: um estudo de termos em plataformas digitais às ofertas de vagas no setor de arquivos http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5137 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO&nbsp;</strong>Objetiva mapear os termos que designam o profissional de arquivo em plataformas digitais e identificar os nichos ao mercado de trabalho. Adota pesquisa documental considerando as ocorrências semânticas de informações laborais relativas às vagas ofertadas, ocupadas e/ou mediadas nas plataformas digitais Indeed, LikedIn e Catho. Conclui que há 21 designações semânticas distintas em uso para a vaga de emprego deste profissional no mercado e é possível identificar os seguintes nichos representados em plataformas: Documentação Técnica, Sistemas de Informação, Processamento Arquivístico e Gerenciamento de Registros.</p> <p lang="pt-BR" align="JUSTIFY"><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Mercado de Trabalho; Mediação Digital; Profissional de Arquivo; Plataformas Digitais; Web.</p> Taiguara Villela Aldabalde Kátia Isabelli Melo Jean-Rémi Bourguet Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5137 e5137 10.18617/liinc.v16i1.5137 Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura: dimensões cruzadas entre ética e epistemologia: entrevista com Graham Murdock http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5241 <p>Entrevista de Marco Schneider com Graham Murdock</p> Marco André Feldman Schneider Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5241 e5241 10.18617/liinc.v16i1.5241 BEZERRA, Arthur Coelho; SCHNEIDER, Marco; PIMENTA, Ricardo Medeiros; SALDANHA, Gustavo Silva. iKRITIKA: Estudos críticos em informação. 1a ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2019. 252 p. http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5207 <p>BEZERRA, Arthur Coelho; SCHNEIDER, Marco; PIMENTA, Ricardo Medeiros; SALDANHA, Gustavo Silva. iKRITIKA: <em>Estudos críticos em informação</em>. 1a ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2019. 252 p.</p> Rodrigo Moreno Marques Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5207 e5207 10.18617/liinc.v16i1.5207 Agradecimentos | Acknowledments http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5242 Agradecimentos | Acknowledments Sarita Albagli Todos os direitos (c) 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5242 e5242 10.18617/liinc.v16i1.5242