Liinc em Revista http://revista.ibict.br/liinc <p>A <strong>Liinc em Revista</strong>, ISSN 1808-3536, periódico científico de acesso aberto e avaliado por pares, é orientada para a reflexão crítica sobre dinâmicas de produção, circulação e apropriação da informação e do conhecimento, ante as transformações no mundo contemporâneo.</p><p>É uma publicação do <a href="http://www.ibict.br/" target="_blank">Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia</a> (Ibict), editada por seu <a href="http://www.ppgci.ufrj.br/pt/" target="_blank">Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação</a>, desenvolvido em associação com a <a href="https://ufrj.br/" target="_blank">Universidade Federal do Rio de Janeiro</a> (UFRJ).</p><p>É indexada por <a href="https://doaj.org/toc/1808-3536?source=%7B%22query%22%3A%7B%22filtered%22%3A%7B%22filter%22%3A%7B%22bool%22%3A%7B%22must%22%3A%5B%7B%22terms%22%3A%7B%22index.issn.exact%22%3A%5B%221808-3536%22%5D%7D%7D%2C%7B%22term%22%3A%7B%22_type%22%3A%22article%22%7D%7D%5D%7D%7D%2C%22query%22%3A%7B%22match_all%22%3A%7B%7D%7D%7D%7D%2C%22size%22%3A100%2C%22_source%22%3A%7B%7D%7D" target="_blank">DOAJ</a> e <a href="https://latindex.org/latindex/ficha?folio=17570" target="_blank">Latindex</a>, e classificada como A2 no Qualis da Capes.</p> Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) pt-BR Liinc em Revista 1808-3536 <p>Autores que publicam na Liinc em Revista concordam com os seguintes termos:</p><p>Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/" target="_blank">Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional</a>, que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</p><p>A Liinc em Revista autoriza e estimula o depósito das versões pré-print e pós-print dos artigos em repositórios digitais de acesso aberto, conforme sinaliza a adoção da <a href="https://diadorim.ibict.br/handle/1/1489" target="_blank">categoria (selo) de permissão verde</a> no Diretório de políticas editoriais de revistas científicas brasileiras (DIADORIM). Nesses casos, deve-se creditar autoria e publicação original nesta nesta Revista, incluindo um link para o texto originalmente publicado.</p><p>Todo o conteúdo publicado pela Liinc em Revista está licenciado com uma <a href="https://creativecommons.org/licenses/by/4.0">Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional – CC BY 4.0 <img style="height: 22px!important; margin-left: 3px; vertical-align: text-bottom;" src="https://search.creativecommons.org/static/img/cc_icon.svg" alt="" /><img style="height: 22px!important; margin-left: 3px; vertical-align: text-bottom;" src="https://search.creativecommons.org/static/img/cc-by_icon.svg" alt="" /></a></p> Apresentação | Foreword http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5243 Apresentação | Foreword Marco Schneider Marcos Dantas Pablo Nabarrete Bastos Copyright (c) 2020 Marco Schneider, Marcos Dantas, Pablo Nabarrete Bastos https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5243 e5243 10.18617/liinc.v16i1.5243 Karl Marx enfrenta o enigma da produção imaterial | Karl Marx faces the enigma of immaterial production http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5155 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Este artigo apresenta um contraponto a um dos argumentos centrais da vaga pós-modernista, segundo o qual, na sociedade contemporânea, a lei do valor revelada por Karl Marx teria perdido seu caráter explicativo diante da expansão da produção de bens intangíveis como os conteúdos audiovisuais digitais, ebooks e programas de computadores. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo analisar como Marx incorporou em seu arcabouço teórico as dinâmicas socioeconômicas envolvidas na produção imaterial. A análise realizada toma como referências principais os três livros que compõem a obra O Capital – Crítica da Economia Política, além dos manuscritos Teorias da Mais-valia – Volume I e Capítulo VI inédito de O Capital.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Produção Imaterial; Trabalho Imaterial; Lei do Valor; Marxismo; Karl Marx.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This paper presents a counterpoint against one of the central arguments of the post-modern wave, according to which, given the expansion of the production of intangible goods (such as digital audio-visual contents, eBooks, and software), the law of value revealed by Karl Marx has lost its explanatory character. In this direction, this paper aims to analyze how Marx incorporated in his theoretical framework the socioeconomic dynamics of immaterial production. The main references for the analysis were the three books that compose Marx’s most important work, Capital - A Critique of Political Economy and the manuscripts Theories of Surplus Value – Volume I and Chapter Six (unpublished) of Capital.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Immaterial Production; Immaterial Labour; Law of Value; Marxism; Karl Marx.</p> Rodrigo Moreno Marques Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5155 e5155 10.18617/liinc.v16i1.5155 A Comunicação na Circulação do Capital em Contexto de Plataformização | Communication in the Circulation of Capital in the Context of Platformization http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5145 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>O artigo teoriza sobre o papel da comunicação na circulação do capital em contexto de plataformização. Para tanto, discute sobre capitalismo de plataforma e plataformas digitais como meios e tecnologias de produção, comunicação e circulação. Analisa como, a partir disso, há uma circulação comunicacional do capital envolta em racionalidade neoliberal, a partir de eixos articuladores da linguagem e do trabalho. Então, problematiza como a comunicação pode engendrar lutas por circulação que vá além do realismo capitalista.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Circulação do Capital; Capitalismo de Plataforma; Gramática do Capital; Plataformização; Trabalho.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>The article aims to theorize about the role of communication in the circulation of capital in the context of platformization. Thus, it discusses platform capitalism and digital platforms as means and technologies of production, communication and circulation. It analyzes how there is a communicational circulation of capital wrapped in neoliberal rationality, based on articulating axes of language and labor. Then, it problematizes how communication can engender struggles for circulation that go beyond capitalist realism.</p><p><strong><em>Kewords:</em></strong> Circulation of Capital; Capital Grammar; Labor; Platform Capitalism; Platformization.</p> Rafael Grohmann Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5145 e5145 10.18617/liinc.v16i1.5145 Aportes teórico-conceituais de Valério Cruz Brittos à Economia Política da Comunicação | Theorical-conceptual contributions of Valério Cruz Brittos to the Political Economy of Communication http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5120 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Este texto discute o desenvolvimento de conceitos ligados à Economia Política da Comunicação (EPC) a partir da produção acadêmica de Valério Cruz Brittos de 2001 a 2012, em especial seus aportes para os conceitos de: (a) barreiras à entrada nos mercados comunicacionais e a especificação da noção de padrão tecno-estético; (b) “fase da multiplicidade da oferta” para a periodização do mercado brasileiro de televisão; e (c) “PluriTV”, para a caracterização do atual ambiente de disseminação das telas. Trata-se de explicitar a sua inserção na trajetória da EPC brasileira como contribuição para o seu ulterior desenvolvimento.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Conceitos; Valério Cruz Brittos; Economia Política da Comunicação.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This paper discusses the development of concepts linked to the Political Economy of Communication (PEC) from the academic production of Valério Cruz Brittos between 2001 and 2012, specially his contribution to the concepts of: (a) barriers to entry in the communication markets and the specification of the notion of techno-aesthetic patterns; (b) “offer multiplicity phase” in the periodization of the Brazilian television market; and (c) “Pluri-TV”, to characterize the current environment for the dissemination of screens. It is about making explicit its insertion in the trajectory of the Brazilian EPC as a contribution to its further development.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Concepts; Valério Cruz Brittos; Political Economy of Information; Communication and Culture.</p> César Ricardo Siqueira Bolaño Anderson David Gomes dos Santos Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5120 e5120 10.18617/liinc.v16i1.5120 Redes Sociais e Assimetrias da Informação: rastreamento, rastreabilidade e democracia na era da economia digital | Social Networks and Information Asymmetries: tracking, traceability and democracy in the era of the digital economy http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5195 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>O objetivo deste trabalho é duplo: por um lado, pretendo estudar as novas formas concorrenciais que correspondem ao desenvolvimento dos diferentes mercados ligados às plataformas eletrônicas e às redes sociais, na internet. Por outro lado, quero construir uma função de bem-estar social para tentar capturar os impactos positivos e negativos produzidos pelo desenvolvimento desses mercados.</p><p class="ResumoLiinc">Em uma primeira parte, ressaltarei as principais mudanças sociais e econômicas produzidas por essas evoluções. Mostrarei como se manifesta a extensão das lógicas mercantis, no que diz respeito à produção e às modalidades de apropriação da informação. Em uma segunda parte, construirei uma função de Bem-Estar social; a este respeito, mostrarei em que medida aparecem novas formas de assimetrias de Informação nesses mercados.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Assimetrias da Informação; Economia de Redes; Bem-Estar; Democracia.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>The aims of this paper are the following ones: on the one hand, I study the new competitive forms that correspond to the development of the different markets linked to electronic platforms and social networks, on the web. On the other hand, I design a social welfare function to capture the positive and negative impacts produced by the development of these markets.</p><p class="AbstractLiinc">In the first part, I will highlight the main social and economic changes caused by Internet Economy. I will show how the extension of market modified the production and the modalities of appropriating information. In a second part, I will design a social welfare function, and I will demonstrate why such markets dynamics are based on information asymmetries..</p><p><strong><em>Kewords:</em></strong> Information Asymmetries; Network Economics; Welfare; Democracy.</p> Alain Herscovici Copyright (c) 2020 Alain Herscovici https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5195 e5195 10.18617/liinc.v16i1.5195 Cultura e comunicação como direitos humanos: aproximações diante da nova onda neoliberal | Culture and Communication as human rights: approaches to the new neoliberal wave http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5082 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Diante da nova onda neoliberal posta em marcha em todo mundo e, particularmente na América Latina, busca-se investigar a afirmação de políticas públicas que aproximem a Cultura e a Comunicação como direitos humanos. Com base nas pesquisas bibliográfica e documental, são abordadas propostas de formulação e implementação de políticas culturais e de comunicação no continente, proporcionando uma compreensão ampla e integrada em relação a segmentos sociais distintos, evidenciando possíveis articulações para a construção de políticas democráticas alternativas.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Direito Humano à Comunicação; Diversidade Cultural; Políticas de Comunicação.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>Facing the new neoliberal wave set in motion around the world and, particularly in Latin America, we seek to investigate the affirmation of public policies that place Culture and Communication as human rights. Based on bibliographic and documental research, this article brings proposals for formulation and implementation of cultural and communication policies on the continent, providing a broad and integrated understanding among distinct social segments, highlighting possible articulations for building alternative democratic policies.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Human Right to Communication; Cultural Diversity;Communication Policies.</p> Adilson Vaz Cabral Filho Eula Dantas Taveira Cabral Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5082 e5082 10.18617/liinc.v16i1.5082 Regulação de plataformas digitais: mapeando o debate internacional | Regulation of digital platforms: mapping the international debate http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5100 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>O presente artigo visa mapear o debate internacional sobre a regulação das plataformas digitais. Embora já haja uma série de legislações incidindo sobre esses agentes, como leis de proteção de dados, de proteção de direitos autorais ou de responsabilização no caso de retiradas de conteúdos, diferentes fatores passaram a impulsionar internacionalmente o debate sobre novas normas para disciplinar as atividades dessas empresas. Na literatura e entre atores sociais, de empresas a governos, passando por organizações da sociedade civil, coloca-se na arena internacional uma disputa por eventuais novas legislações e regulações.</p><p class="Resumo" style="margin-bottom: .0001pt;"><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Plataformas Digitais; Regulação; Over-the-top; Internet.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This article aims to map the international debate on the regulation of digital platforms. Although there are already a number of legislations focusing on such agents, such as data protection, copyright protection or accountability in the case of content withdrawals, different factors have started to drive international debate on new rules to discipline their activities. companies. In the literature and among social actors, from companies to governments, through civil society organizations, a dispute arises in the international arena for possible new laws and regulations.</p><p class="Resumo" style="margin-bottom: .0001pt;"><strong><em>Keywords:</em></strong> Digital Platforms; Regulation; Over-the-top; Internet.</p> Marcos Francisco Urupá Moraes de Lima Jonas Chagas Lucio Valente Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5100 e5100 10.18617/liinc.v16i1.5100 Vigilância por dados, privacidade e segurança: entre a exploração pelo mercado e o uso estatal | Data surveillance, privacy and security: between market exploitation and State use http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5104 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Este artigo estuda a vigilância digital contemporânea, e a forma pela qual os dados sensíveis dos usuários são recolhidos e analisados para diferentes propósitos. Objetivos específicos: i) descrever formas tecnológicas de vigilância a partir de dados pessoais e comportamentais gerados nas comunicações online dos indivíduos; ii) estudar as relações entre a economia política do capitalismo contemporâneo e a privacidade; iii) compreender como Estados e organizações privadas se utilizam da vigilância de dados eletrônicos. Metodologia: método de procedimento hipotético-dedutivo, com abordagem qualitativa e técnica bibliográfico-documental.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Vigilância; Tecnologia; Dados; Capitalismo de Vigilância; Privacidade.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This paper studies contemporary digital surveillance, and how users’ sensitive data is collected and analyzed for different purposes. Specific objectives: i) to describe technological forms of surveillance based on personal and behavioral data generated in individuals' online communications; ii) to study the relations between the political economy of contemporary capitalism and privacy; iii) to understand how states and private organizations use electronic data surveillance. Methodology: hypothetical-deductive procedure method, with qualitative approach and bibliographic-documentary technique.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Surveillance; Technology; Data; Surveillance Capitalism; Privacy.</p> Mateus de Oliveira Fornasier Norberto Milton Paiva Knebel Fernanda Viero da Silva Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5104 e5104 10.18617/liinc.v16i1.5104 A EBC e a Comunicação Pública no Brasil | EBC and Public Communication in Brazil http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5130 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Este trabalho traz resultados da pesquisa sobre o caminho de institucionalização da comunicação pública, feita no mestrado do Programa de Pós-Graduação em Mídias Criativas na Escola de Comunicação da UFRJ, com os principais marcos legais e históricos dos veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O levantamento traz as regulamentações desde o início da radiodifusão no país até a Lei nº 13.417/2017, que alterou a EBC após o impeachment presidencial de 2016. O levantamento analisa a compreensão conceitual e gestão governamental na comunicação pública do Brasil até os 12 primeiros anos da EBC, em projetos como a teleducação e a propaganda de atos do governo.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> EBC; TV Brasil; Rádio Nacional; Rádio MEC; Agência Brasil. </p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This work shows the results of a research about public communication institutional path to obtain the Master´s degree at the UFRJ, on the legal and historical milestones of the vehicles of the Empresa Brasil de Comunicação (EBC). The survey brings the regulamentations from the beginning of broadcasting in Brazil up to Law No. 13.417/2017, which modified the status of EBC after the 2016 presidential impeachment. The survey analyzes the conceptual understanding and government management in public communication in Brazil up to the first 12 years of the EBC, with projects such as tele-education and propaganda of government acts.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> EBC; TV Brasil; Rádio Nacional; Rádio MEC; Agência Brasil.</p> Akemi Nitahara Souza Cristina Rego Monteiro da Luz Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5130 e5130 10.18617/liinc.v16i1.5130 A Forma Social da Comunicação no Contexto Soviético: Pertinência de Categorias da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura para o Estudo da Comunicação na URSS | The social form of communication in the Soviet context: Relevance of Political Economy of Information, Culture and Communication Categories for the Study of Communication in the USSR http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5118 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>O presente artigo investiga os fundamentos lógicos da forma social da comunicação no âmbito soviético, reconhecendo a pertinência das categorias da Economia Política da Informação, Comunicação e Cultura para o estudo da comunicação na URSS. Primeiramente foram avaliadas duas interpretações dialéticas da experiência soviética (Arthur, 2016 e Kurz, 1999), a fim de entendê-la como parte de um sistema mundial produtor de mercadorias. Observada a permanência peculiar da forma do capital como substância das relações sociais no contexto soviético, avalia-se em que termos a derivação da forma social da comunicação, sua materialidade e funções (Bolaño, 2000) são pertinentes para uma interpretação da comunicação na URSS.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Forma Social da Comunicação; URSS; Função Publicidade; Função Propaganda; Informação para a Dinâmica de Trabalho. </p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This article investigates the logical foundations of the social form of communication in the Soviet context, recognizing the relevance of the Political Economy of Information, Culture and Communication categories for the study of communication in the USSR. First, two dialectical interpretations of the Soviet experience were evaluated (Arthur, 2016 and Kurz, 1999), in order to understand it as part of a global commodity-producing system. Observing the peculiar permanence of the form of capital as a substance of social relations in the Soviet context, it is evaluated in what terms the derivation of the social form of communication, its materiality and functions (Bolaño, 2000) are relevant for an interpretation of communication in the USSR</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Social Form of Communication; USSR; Advertising Function; Propaganda Function; Information for Labour Dynamics.</p> Manoel Dourado Bastos Tatiana Iaquinto Ywatsugu Willian Casagrande Fusaro Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5118 e5118 10.18617/liinc.v16i1.5118 A comunicação contra-hegemônica no capitalismo digital: limites e contradições | Counter-hegemonic communication in digital capitalism: limits and contradictions http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5133 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>O artigo propõe um diagnóstico do território digital como via para analisar as possibilidades de uma ação comunicativa contra-hegemônica em seu interior. A investigação segue as trilhas do materialismo histórico e percorre a indissociabilidade entre as dimensões econômico-materiais, os elementos culturais e as práticas comunicacionais centralizadas pela internet. Assim, o texto põe em relevo as amarrações estruturais existentes entre o capitalismo e a comunicação no contexto da internet. Os resultados apontam para um reconhecimento dos limites da atuação no ambiente digital, bem como a atualidade de elaboração de um novo projeto societário.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Internet; Contra-hegemonia; Materialismo Histórico; Capitalismo Digital.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>The article proposes a diagnosis of the digital territory as a way to analyze the possibilities of a counter-hegemonic communicative action within it. The investigation follows the trails of historical materialism and covers the inseparability between the economic-material dimensions, the cultural elements and the communicational practices centralized by the internet. Thus, the text highlights the structural ties between capitalism and communication in the context of the internet. The results point to a recognition of the limits of performance in the digital environment, as well as the timeliness of the elaboration of a new civilizing project.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Internet; Counter-hegemony; Historical Materialism; Digital Capitalism.</p> Rafael Bellan Rodrigues de Souza Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5133 e5133 10.18617/liinc.v16i1.5133 O poder de narrar: geopolítica da distribuição cinematográfica no Brasil | The power of tell: geopolitics of cinematographic distribution at Brazil http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5144 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>O presente ensaio desenvolve uma investigação dentro do campo da economia política da cultura que objetiva problematizar e desvendar caminhos para o entendimento do quadro de hegemonia do cinema hollywoodiano no Brasil, tendo como foco a distribuição em salas. Coloca-se como hipótese que o subdesenvolvimento econômico do cinema nacional tem origem em questões de ordem macroeconômica, a saber, na estrutura oligopolista da indústria cinematográfica em escala mundial que logrou a dominação do mercado, especialmente da esfera da distribuição, pelas majors. À luz do que escreve Ellen Wood sobre o imperialismo contemporâneo, opera-se com as ideias de tríade competitiva de Alfred Chandler, centralização do capital de Harry Braverman e mundialização do capital de François Chesnais, para entender a estrutura e a organização contemporânea das grandes corporações de mídia. A partir de dados publicados pelo Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual (OCA-ANCINE), analisa-se a atuação das distribuidoras estrangeiras no Brasil, bem como dois movimentos contemporâneos que reconfiguram o mercado: a digitalização das salas e a emergência do streaming.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Economia Política do Cinema; Distribuição Cinematográfica; Cultura e Imperialismo; Cinema Brasileiro.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>This essay develops an investigation inside political economy of culture field aiming to problematize and unveil ways to understand the Hollywood cinema hegemony in Brazil, focusing on distribution in movie theaters. We hypothesize that the Brazilian cinema economic underdevelopment has its origin in macroeconomic issues, namely, in the film industry oligopolistic structure on a world scale that has achieved market domination, especially in the sphere of distribution, by the majors. Observing what Ellen Wood writes about contemporary imperialism, we operate with the ideas of the competitive triad of Alfred Chandler, centralization of the capital of Harry Braverman and globalization of the capital of François Chesnais, to understand the structure and contemporary organization of the great media corporations. Based on data published by the Brazilian Cinema and Audiovisual Observatory (OCA-ANCINE), we analyzed the performance of foreign distributors in Brazil, as well as two contemporary movements that reconfigure the market: the digitalization of theaters and the emergence of streaming.</p><p><strong><em>Kewords:</em></strong> Cinema Political Economy; Cinematographic Distribution; Culture and Imperialism; Brazilian Cinema.</p> Renata Rogowski Pozzo Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5144 e5144 10.18617/liinc.v16i1.5144 A Economia Política da Informação e os contributos sociocognitivos de sua institucionalização na produção científica brasileira em Ciência da Informação | The Political Economy of Information and the socio-cognitive contributions of its institutionalization in the Brazilian scientific production in Information Science http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5122 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Apresenta os resultados de uma análise cujo objetivo geral é verificar os contributos sociais e cognitivos no processo de institucionalização científica da economia política da informação na produção científica brasileira em Ciência da Informação. Assim, constitui-se como um trabalho descritivo e documental, com utilização de análise bibliométrica. Conclui-se, a partir dos dados analisados, que a economia política da informação caminha em sua institucionalização social na produção científica e grupos de pesquisa no campo da Ciência da Informação brasileira, mas a sua institucionalização cognitiva permanece como um desafio.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Institucionalização Científica; Institucionalização Social; Institucionalização Cognitiva; Economia Política da Informação; Ciência da Informação. </p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>It presents the results of an analysis whose general objective is to verify the social and cognitive contributions in the process of scientific institutionalization of the political economy of information in the Brazilian scientific production in Information Science. Thus, it is constituted as a descriptive and documentary work, using bibliometric analysis. It is concluded, from the analyzed data, that the political economy of information goes in its social institutionalization in the scientific production and research groups in the field of Information Science in Brazil, but its cognitive institutionalization remains a challenge.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Scientific Institutionalization; Social Institutionalization; Cognitive Institutionalization; Political Economy of Information; Information Science.</p> Rafael Silva da Câmara Edvaldo Carvalho Alves Leilah Santiago Bufrem Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5122 e5122 10.18617/liinc.v16i1.5122 Da (re) configuração do capitalismo informacional no Haiti à economia de violência | From the (re) configuration of informational capitalism in Haiti to the Economy of violence http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5134 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Trata-se de uma análise do capitalismo informacional no Haiti, na sua proposta mais emblemática em sociedade da informação e do conhecimento. Objetiva apreender a dimensão e instrumentalização das categorias “informação-conhecimento-tecnologia” como matrizes de desenvolvimento social e econômico, nas aspirações de configuração de processos (re)produtivos, organização social de trabalho e dinâmicas de desencadeamentos de processos sociais, culturais e políticos decorrentes dos ideais de bem-estar emanados das apostas da sociedade da informação e do conhecimento. Mediante uma análise documental, se estuda tanto as condições, possibilidades de (re)configuração deste modelo econômico no país como os impactos das suas procedências e aplicações na sociedade. Na configuração do capitalismo informacional no Haiti, se dá uma nova direção de causalidade que é estabelecida entre grupos de interesse, instituições políticas e econômicas; e a captura do Estado que resulta dela se torna o “modus operandi”, com seus efeitos perversos na criação e distribuição de riqueza na economia. Estes efeitos são reprodutores de uma organização econômica dilacerada pela pobreza e desigualdade social no país, inclusive a emigração da força de trabalho do país.</p><p><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Capitalismo Informacional; Sociedade da Informação e do Conhecimento; Informação-Conhecimento-Tecnologia; Desenvolvimento; Governança Territorial.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>It is an analysis of informational capitalism in Haiti, in its most emblematic proposal in the information and knowledge society. It aims to apprehend the dimension and instrumentalization of the categories “information-knowledge-technology” as matrices of social and economic development, in the aspirations of configuring (re) productive processes, social work organization and dynamics of the triggering of social, cultural and political processes resulting from the ideals of well-being emanating from the bets of the information and knowledge society. Through a documentary analysis, the conditions, possibilities of (re) configuration of this economic model in the country and the impacts of its origins and applications on the society are studied. In the configuration of informational capitalism in Haiti, there is a new direction of causality that is established among interest groups, political and economic institutions; and the capture of the state that results from it becomes the “modus operandi”, with its perverse effects on the creation and distribution of wealth in the economy. These effects are reproductive of an economic organization torn by poverty and social inequality in the country, including the emigration of the country's workforce.</p><p><strong><em>Keywords:</em></strong> Informational Capitalism; Information and Knowledge Society; Information-Knowledge-Technology; Development; Territorial Governance.</p> Mardochee Ogecime Maria Aparecida Moura Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5134 e5134 10.18617/liinc.v16i1.5134 Mercado de trabalho sob mediação digital: um estudo de termos em plataformas digitais às ofertas de vagas no setor de arquivos | Laboral Market under digital mediation: a study of terms on digital platforms in job offers in the archival sector http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5137 <p class="ResumoLiinc"><strong>RESUMO </strong>Objetiva mapear os termos que designam o profissional de arquivo em plataformas digitais e identificar os nichos ao mercado de trabalho. Adota pesquisa documental considerando as ocorrências semânticas de informações laborais relativas às vagas ofertadas, ocupadas e/ou mediadas nas plataformas digitais Indeed, LikedIn e Catho. Conclui que há 21 designações semânticas distintas em uso para a vaga de emprego deste profissional no mercado e é possível identificar os seguintes nichos representados em plataformas: Documentação Técnica, Sistemas de Informação, Processamento Arquivístico e Gerenciamento de Registros.</p><p lang="pt-BR" align="JUSTIFY"><strong><em>Palavras-chave:</em></strong> Mercado de Trabalho; Mediação Digital; Profissional de Arquivo; Plataformas Digitais; Web.</p><p class="AbstractLiinc"><strong>ABSTRACT </strong>The goal is to map the terms that designate archival professional on digital platforms and identify the niches in the job market. This study adopted the documentary research considering the semantic occurrences of job information related to offered, occupied and/or mediated vacancies on the digital platforms Indeed, LikedIn and Catho. The study concludes that there are actually 21 different semantic variations to represent these professional in the market and identifies the following niches represented on the digital platforms: Technical Documentation, Information Systems, Archival Processing and Records Management.</p><p lang="pt-BR" align="JUSTIFY"><strong><em>Keywords:</em></strong> Labour Market; Digital Mediation; Achival Professional, Digital Platforms; Web.</p> Taiguara Villela Aldabalde Kátia Isabelli Melo Jean-Rémi Bourguet Copyright (c) 2020 Liinc em Revista https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5137 e5137 10.18617/liinc.v16i1.5137 Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura: dimensões cruzadas entre ética e epistemologia: entrevista com Graham Murdock | Political Economy of Information, Communication and Cultures ethical and epistemological crossed dimensions: : an interview with Graham Murdock http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5241 Entrevista de Marco Schneider com Graham Murdock Marco André Feldman Schneider Copyright (c) 2020 Marco André Feldman Schneider https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5241 e5241 10.18617/liinc.v16i1.5241 BEZERRA, Arthur Coelho; SCHNEIDER, Marco; PIMENTA, Ricardo Medeiros; SALDANHA, Gustavo Silva. iKRITIKA: Estudos críticos em informação. 1a ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2019. 252 p. http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5207 <p>BEZERRA, Arthur Coelho; SCHNEIDER, Marco; PIMENTA, Ricardo Medeiros; SALDANHA, Gustavo Silva. iKRITIKA: <em>Estudos críticos em informação</em>. 1a ed. Rio de Janeiro: Garamond, 2019. 252 p.</p> Rodrigo Moreno Marques Copyright (c) 2020 Rodrigo Moreno Marques https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5207 e5207 10.18617/liinc.v16i1.5207 Agradecimentos | Acknowledments http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5242 Agradecimentos | Acknowledments Sarita Albagli Copyright (c) 2020 Sarita Albagli https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2020-05-30 2020-05-30 16 1 e5242 e5242 10.18617/liinc.v16i1.5242