Desburocratização e desenvolvimento econômico: situação dos municípios para a implantação da RedeSimples em Santa Catarina

Diego Wander Demetrio , Ivoneti da Silva Ramos, Andressa Sasaki Vasques Pacheco

Resumo


A presente pesquisa analisa a situação dos municípios catarinenses para a implantação da Redesimples, apresentando o arcabouço legal que permite a simplificação e integração dos processos de abertura, alteração e baixa empresarial. A pesquisa é classificada como descritiva, do tipo estudo de caso, com pesquisa documental, observação e entrevista semiestrutura, com análises pelos métodos qualitativo e quantitativo em trinta e cinco municípios catarinenses. Com uma contextualização internacional e nacional por pesquisas que avaliam a facilidade de fazer negócios, seguido pelos marcos legais, a pesquisa explora uma análise detalhada para os municípios de Florianópolis e São José, passando a uma análise específica nos demais municípios, representando todas as regiões do estado. Como resultados, verifica-se a não observância legal quanto ao procedimento de Consulta Prévia, desconhecimento do próprio município de sua legislação e exigências, da visão arrecadatória e tempo demasiadamente longo para as análises destes elementos, importantes processos-chave para a dinamização da economia.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21721/p2p.2018v5n1.p195-218

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/3.0/

 
 
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (cc BY 4.0)
 
 P2P & INOVAÇÃO - e-ISSN 2358-7814, IBICT.