Desburocratização e desenvolvimento econômico: situação dos municípios para a implantação da RedeSimples em Santa Catarina

  • Diego Wander Demetrio 
  • Ivoneti da Silva Ramos Mestre em Economia (2006) e Graduada em Ciências Econômicas (2004) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professora Efetiva do Departamento de Administração Pública da ESAG na Universidade Estadual de Santa Catarina.
  • Andressa Sasaki Vasques Pacheco

Resumo

A presente pesquisa analisa a situação dos municípios catarinenses para a implantação da Redesimples, apresentando o arcabouço legal que permite a simplificação e integração dos processos de abertura, alteração e baixa empresarial. A pesquisa é classificada como descritiva, do tipo estudo de caso, com pesquisa documental, observação e entrevista semiestrutura, com análises pelos métodos qualitativo e quantitativo em trinta e cinco municípios catarinenses. Com uma contextualização internacional e nacional por pesquisas que avaliam a facilidade de fazer negócios, seguido pelos marcos legais, a pesquisa explora uma análise detalhada para os municípios de Florianópolis e São José, passando a uma análise específica nos demais municípios, representando todas as regiões do estado. Como resultados, verifica-se a não observância legal quanto ao procedimento de Consulta Prévia, desconhecimento do próprio município de sua legislação e exigências, da visão arrecadatória e tempo demasiadamente longo para as análises destes elementos, importantes processos-chave para a dinamização da economia.

Biografia do Autor

Diego Wander Demetrio 

Mestrando em Administração da Universidade Federal de Santa Catarina Especialista em Gestão Pública Municipal (2013) e Gestão Pública. Graduado em Administração (2011) pela Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenador Estadual de Políticas Públicas do Sebrae/SC.

Publicado
07/09/2018
Como Citar
Demetrio D. W.; RamosI. da S.; PachecoA. S. V. Desburocratização e desenvolvimento econômico: situação dos municípios para a implantação da RedeSimples em Santa Catarina. P2P E INOVAÇÃO, v. 5, n. 1, p. 195-218, 7 set. 2018.
Seção
Artigos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)