O Combate à desinformação sobre a pandemia de covid-19 na amazônia

o caso do perfil da Sespa (PA) no Instagram

  • Ivana Oliveira Universidade da Amazônia (UNAMA)
  • Maíra Evangelista de Sousa Universidade da Amazônia (UNAMA)
  • Giovanna Figueiredo de Abreu Universidade da Amazônia (UNAMA)
Palavras-chave: Desinformação, Pandemia de Covid-19, Amazônia, Instagram, Sespa

Resumo

Em março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou que o mundo vive a pandemia de Covid-19, uma doença respiratória aguda causada pelo Coronavírus SARS-CoV-2. A região Amazônica foi um dos primeiros epicentros da enfermidade no Brasil. Em um contexto de sociedade conectada por redes (CASTELLS, 1999), a propagação de informações falsas sobre a Pandemia foi um dos desafios a ser enfrentado. Nesse sentido, este artigo de caráter descritivo tem o objetivo de compreender como a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) iniciou o combate à desinformação sobre a pandemia de Covid-19. Adotou-se como objeto empírico as postagens do perfil @sespapara no Instagram sobre informações falsas publicadas entre março e maio deste ano.

Biografia do Autor

Ivana Oliveira, Universidade da Amazônia (UNAMA)

Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura da Universidade da Amazônia (PPGCLC/UNAMA).

Maíra Evangelista de Sousa, Universidade da Amazônia (UNAMA)

Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura da Universidade da Amazônia (PPGCLC/UNAMA).

Giovanna Figueiredo de Abreu, Universidade da Amazônia (UNAMA)

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação, Linguagens e Cultura da Universidade da Amazônia (PPGCLC/UNAMA).

Referências

ALLCOTT, Hunt; GENTZKOW, Matthew. Social Media and Fake News in the 2016 Election. Journal of Economic Perspectives, v. 31, n. 2, p. 211-36, 2017.

BENTES, Anna. O texto além do texto. Revista do Instituto Humanitas Unisinos. IHU On-line. n. 520, p. 41-46, 2018.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede (v. 01.). São Paulo: Paz e Terra, 1999.

CASTELLS, Manuel. O poder da comunicação. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

CHRISTOFOLETTI, Rogério. Padrões de manipulação no jornalismo brasileiro: fake news e a crítica de Perseu Abramo 30 anos depois. Rumores, v. 12, n. 23, p. 56-82, 2018.

DENNETT, Daniel. A perigosa ideia de Darwin. São Paulo: Companhia das Letras. 1998.

DUARTE, Jorge. Instrumentos de Comunicação Pública. In: DUARTE, Jorge (Org). Comunicação Pública: Estado, mercado, sociedade e interesse público. São Paulo: Atlas, 2012

FABIO, André Cabette. O que é 'pós-verdade', a palavra do ano segundo a Universidade de Oxford. Disponível em: https://cutt.ly/kfCT2iK Acesso em 18 set. 2020.

FLORIDI, Luciano. What is the Philosophy of Information? Metaphilosophy, v. 33, n. 1-2, p. 123–145, 2002.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2010.

HJARVARD, Stig. Da Mediação à Midiatização: a institucionalização das novas mídias. Parágrafo. v. 2, n. 3, 2015.

JENKINS, Henry; FORD, Sam; GREEN, Joshua. Cultura da conexão: criando valor e significado por meio da mídia propagável. São Paulo: Aleph, 2014.

MERRIAN-WEBSTER DICTIONARY. Disponível em: https://cutt.ly/1fCT4q7 . Acesso em: 21 set. 2020.

OMS. Entenda a infodemia e a desinformação na luta contra a Covid-19. Disponível em https://cutt.ly/DfCT6bH . Acesso: em 21 set. 2020.

ONU. COVID-19: Chefe da ONU alerta para ‘epidemia de desinformação. Disponível em: https://cutt.ly/tfCYwpE. Acesso em: 20 set. 2020.

RECUERO, Raquel; FRAGOSO, Suely; AMARAL, Adriana. Métodos de pesquisa para internet. Porto Alegre: Sulina, 2011.

ROLNIK, Suely. Cartografia sentimental: transformações contemporâneas do desejo. Porto Alegre: Sulina; Editora da UFRGS, 2011.

SESPA PARÁ (Perfil no Instagram). Disponível em: https://www.instagram.com/sespapara. Acesso em: 20 set. 2020.

SOUSA JÚNIOR, João Henriques de; RAASCH, Michele; SOARES, João Coelho; RIBEIRO, Letícia Virgínia Henriques Alves de Sousa. Da Desinformação ao Caos: uma análise das Fake News frente à pandemia do Coronavírus (COVID-19) no Brasil. Cadernos de Prospecção. v. 13, n. 2, p. 331-346, 2020.

WARDLE, Claire. Por que diferenciar desinformação de "fake news"? Disponível em: https://cutt.ly/ZfCYrAK Acesso em: 18 set. 2020.

Publicado
26/09/2020
Como Citar
OliveiraI.; SousaM. E. de; AbreuG. F. de. O Combate à desinformação sobre a pandemia de covid-19 na amazônia: o caso do perfil da Sespa (PA) no Instagram. P2P E INOVAÇÃO, v. 7, n. 1, p. 141-160, 26 set. 2020.