A figura do autor

proposta de um exercício comparativo entre as definições de autor em Paul Otlet e Michel Foucault

Autores

  • Carlos Eduardo da Silva Carvalho Universidade Estadual de Londrina
  • Fábio Parra Furlanete
  • Ana Cristina de Albuquerque

DOI:

https://doi.org/10.21728/logeion.2024v10n2e-6914

Palavras-chave:

Autor, Função-autor, Michel Foucault, Paul Otlet, Obra

Resumo

O presente trabalho procura discutir a função-autor a partir de Michel Foucault em suas possíveis contribuições ao campo da Ciência da Informação. Tratando-se de trabalho de caráter qualitativo, a partir de material bibliográfico, realizou-se a leitura da literatura pertinente à temática em textos de Michel Foucault e Paul Otlet, a fim de identificar o tratamento dispensado à figura do autor em ambos, procedendo à realização de um exercício comparativo. Identificou-se em Paul Otlet a presença da atribuição à figura do autor o papel explorado por Michel Foucault em seus textos, correspondendo a um sentido ordenador e a uma espécie de chave de leitura para um conjunto a que se compreende por “obra”. Concluiu-se a necessidade de aprofundar o tratamento dos textos foucaultianos no campo da Ciência da Informação, procurando compreender as condições de possibilidade dos nossos objetos.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

BARTHES, Roland. A morte do autor. In: BARTHES, Roland. O rumor da língua. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004. p. 57-64

BUCKLAND, Michael K. Information as thing. Journal of the American Society for information science, v. 42, n. 5, p. 351-360, 1991. DOI: https://doi.org/10.1002/(SICI)1097-4571(199106)42:5<351::AID-ASI5>3.0.CO;2-3

COUTINHO, Carlos. Introdução. In: GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999. v. 1.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. 18. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2009a.

FOUCAULT, Michel. O que é um autor? In: FOUCAULT, Michel. Estética: literatura e pintura, música e cinema. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009b.

FURLANETE, Fábio. De que serve o autor em Ciência da Informação? um estudo sobre a relação entre a noção de autor e o indivíduo que escreve. In: TOGNOLI, Natália; ALBUQUERQUE, Ana Cristina; CERVANTES, Brígida (org.). Organização e representação do conhecimento em diferentes contextos: desafios e perspectivas na era da datificação. Londrina: ISKO-Brasil : PPGCI-UEL, 2023. p. 29-36.

HILÁRIO, Carla Mara; MARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel; GRÁCIO, Maria Cláudia C.; WOLFRAM, Dietmar. Authorship in science: a critical analysis from a Foucauldian perspective. In: Research evaluation, v. 27(2), 63-72, 2018. DOI: https://doi.org/10.1093/reseval/rvx041

JUVÊNCIO, Carlos. Arquitetura das ideias: Paul Otlet, o objeto, o livro e o documento. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 26, p. 01-17, 2021. DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2021.e73450

JUVÊNCIO, Carlos. O Mundaneum no Brasil: o Serviço de Bibliographia e Documentação da Biblioteca Nacional e seu papel na implementação de uma rede de informações científicas. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Faculdade de Ciência da Informação, Universidade de Brasília, Brasília, 2014.

JUVÊNCIO, Carlos. Paul Otlet no Brasil: da bibliografia à documentação, uma história sendo contada. In: OTLET, Paul. Tratado de Documentação: o livro sobre o livro. Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2018.

LÓPEZ-YEPES, José. La influencia de Otlet en la Documentación española: aportaciones a la formación del pensamiento documentario español. Revista Gereral de Información y Documentación, Madrid, v. 4, n. 2, p. 239-256, 1994.

MARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel; SMIRAGLIA, Richard; LEE, Hur-Li; FOX, Melodie. What is an author now? Discourse analysis applied to the idea of an author. In: Journal of documentation, v. 71(5), p. 1094-1114, 2015. DOI: https://doi.org/10.1108/JD-05-2014-0068

NETTO, José. Introdução ao estudo do método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

OTLET, Paul. Tratado de Documentação: o livro sobre o livro. Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2018.

RAYWARD, Warden. Organização do conhecimento e um novo sistema político mundial: ascensão e queda e ascensão das ideias de Paul Otlet. In: OTLET, Paul. Tratado de Documentação: o livro sobre o livro. Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2018.

SILVA, Eduardo G.; MARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel; GRACIOSO, Luciana de S. A não univocidade do conceito de “autor” sob a perspectiva de Wittgenstein e Foucault. In: Scire: representación y organización del conocimiento. v. 23(2), p. 45-52, 2017. DOI: https://doi.org/10.54886/scire.v1i2.4438

SMIRAGLIA, Richard P.; LEE, Hur-Li; OLSON, Hope A. The flimsy fabric of authorship. In: Proceedings of the Annual Conference of CAIS/Actes du congrès annuel de l'ACSI. 2013.

SMIRAGLIA, Richard P.; LEE, Hur-Li; OLSON, Hope A. Epistemic presumptions of authorship. In: Proceedings of the 2011 iConference. 2011. p. 137-143. DOI: https://doi.org/10.1145/1940761.1940780

SMITH, David. ‘It was shocking’: the author under attack for doubting Shakespeare. The Guardian, Londres, 27 jun. 2023. Disponível em: https://www.theguardian.com/culture/2023/jun/27/elizabeth-winkler-shakespeare-was-woman-author. Acesso em: 03 out. 2023.

Downloads

Publicado

23/05/2024

Como Citar

A figura do autor: proposta de um exercício comparativo entre as definições de autor em Paul Otlet e Michel Foucault. Logeion: Filosofia da Informação, Rio de Janeiro, RJ, v. 10, n. 2, p. e-6914, 2024. DOI: 10.21728/logeion.2024v10n2e-6914. Disponível em: https://revista.ibict.br/fiinf/article/view/6914.. Acesso em: 22 jun. 2024.