HISTÓRIA, MEMÓRIA E ESQUECIMENTO NO CINEMA BRASILEIRO: A CONTRIBUIÇÃO DA ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO NA RECOSNTRUÇÃO DA IMAGEM SOCIAL DO PERSONAGEM HOMOSSEXUAL

Fabio Assis Pinho, Francisco Arrais Nascimento

Resumo


O presente estudo foi desenvolvido a partir de uma perspectiva imagético discursiva, de reconstrução memorial da representação social do personagem homossexual no cinema brasileiro. Objetivamos compreender como a Organização da Informação (OI) auxilia, por meio da reconstrução da memória cinematográfica, na identificação temática relacionada à imagem social dos personagens homossexuais no cinema brasileiro. Utilizou-se de uma cartografia de telas com recorte cronológico compreendido entre os anos de 1980 a 2014. O recorte analisado explicita que a utilização de um modelo preponderante com características, padrões, constitui um estereótipo, consolidando e arraigado em uma visão que representa o preconceito social e um proselitismo da sociedade com relação às homossexualidades. 


Palavras-chave


Memória. Artefatos culturais. Cinema. Análise fílmica. Organização da informação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE JÚNIOR, D. M. de. A invenção do Brasil e outras artes. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2009.

BHABHA, H. K. O local da cultura. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

BUTLER, J. Deshacer el género. Barcelona: Paidós, 2006.

CANEVACCI, M. Antropologia do Cinema. São Paulo: Brasiliense, 1990.

CHARTIER, Roger. A História cultural: entre práticas e representações. Lisboa: DIFEL, 1990.

FERRO, M. Y a-t-il une vision filmique de l’histoire. In: ____. L’histoire sous surveillance. Paris:

Calman-Lévy, 1985.

FOUCAULT, M. História da sexualidade: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Graal, 1988.

FOUCAULT, Michel. Sobre a história da sexualidade. In: ____. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 2000, p. 243 – 27.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes, 2009.

FOSKETT, A. C. Abordagem temática da informação. São Paulo: Polígono; Brasília: Ed. da UnB, 1973.

GONDAR, J.; DODEBEI, V. O que é memória social? Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria/ Programa de Pós-Graduação em Memória Social da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, 2005.

GUEDES, E. G. F. O conceito aboutness na Organização e Representação do Conhecimento. 2009. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)– Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2009.

HALBWACHS, Maurice. Les cadres sociaux de la mémoire. Paris: Presses Universitaires de France, 1925.

HALBAWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, [1950] 2006.

KESSEL, Zilda. Memória e memória coletiva. São Paulo: Museu da Pessoa, Artigos, 2014. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2016.

LEUTRAT, Jean-Luis. Uma relação de diversos andares: cinema e história. Imagens, Campinas, n. 5, p. 28-32, ago./dez. 1995.

MORENO, A. do N. A personagem homossexual no cinema brasileiro. Campinas: Eduff, 1995.

MORENO, A. do N. A personagem homossexual no cinema brasileiro. Niterói: Eduff, 2001.

NOVELLINO, M. S. F. Instrumentos e metodologias de representação da informação. Informação & Informação, v.1, n.2, p. 37-45, jul./dez., 1996.Disponível em: . Acesso em 10 set. 2016.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Tradução: Yara Aun Khoury. Projeto História, São Paulo, v. 10, p. 7-28, 1993. Disponível em: . Acesso em: 5 set. 2016.

OTLET, Paul. Documentos e documentação. Tradução livre. Responsável: Hagar Espanha Gomes. [introdução aos trabalhos do Congresso mundial da Documentação Universal, realizado em Paris, em 1937]. Disponível em: < http://www.conexaorio.com/biti/otlet/>. Acesso em: 03 ago. 2015.

PERET, Luiz Eduardo Neves. Do armário à tela global: a representação social da homossexualidade na telenovela brasileira. 2005, 246f. Dissertação (Mestrado em Comunicação)- Faculdade de Ciências Sociais, UERJ, Rio de Janeiro, 2001.

PINTO-MOLINA, Maria. Analisis documental: fundamentos y procedimientos. Madrid: Eudema. 1993.

POLLAK, M. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 3-15, 1989.

ROSSINI, M. de S. Discursos sobre identidades culturais no cinema brasileiro dos anos 90. In: ENCONTRO DE NÚCLEOS DE PESQUISA DA INTERCOM, 4., Porto Alegre, 2004.

SPARGO, T. Foucault y la teoria queer. Barcelona: Gedisa, 2004.

WOODWARD, K. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: SILVA, T. (Org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.




DOI: https://doi.org/10.21728/logeion.2016v3n1.p42-63

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY-NC-SA 4.0).
 
Logeion: Filosofia da Informação - e-ISSN 2358-7806, IBICT.