O AGENTE DE CONHECIMENTO PERSPECTIVAS NO ÂMBITO DA TRADUÇÃO DO CONHECIMENTO NA SAÚDE PÚBLICA

Autores

  • Juliana Gonçalves Reis Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio

DOI:

https://doi.org/10.21721/p2p.2019v6n1.p126-132

Resumo

Este artigo apresenta o Knowledge Broker como um agente de conhecimento para intermediar informação e comunicação bidirecionada a pesquisadores e às partes interessadas em utilizarem os resultados de pesquisa. Com finalidade de facilitar a tradução de conhecimento na saúde pública. Destaca a ausência deste perfil no Brasil e propõe uma agenda de trabalho focada em 1- Delineamento de ecossistemas de conhecimento para garantir a especificidade de interlocução com as partes interessadas; 2- Estratégias de fortalecimento de redes de colaboração; 3 - Boas práticas de mobilização de conhecimento com a finalidade de desenvolver, aplicar e avaliar estratégias e métodos para que o conhecimento faça diferença positiva e 4 – Desenvolvimento de competência para o impacto da pesquisa com objetivo de tornar os resultados de pesquisa e avaliação de dados úteis para a vida das pessoas e da sociedade.

Downloads

Publicado

10/10/2019

Como citar

REIS, J. G. O AGENTE DE CONHECIMENTO PERSPECTIVAS NO ÂMBITO DA TRADUÇÃO DO CONHECIMENTO NA SAÚDE PÚBLICA. P2P E INOVAÇÃO, [S. l.], v. 6, n. 1, p. 126–132, 2019. DOI: 10.21721/p2p.2019v6n1.p126-132. Disponível em: http://revista.ibict.br/p2p/article/view/4965. Acesso em: 27 out. 2021.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)