CULTURA DE SEGURANÇA DO PACIENTE EM HOSPITAIS: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Alexssandro da Silva, Paulo Roberto Borges de Souza Júnior, Ana Luiza Braz Pavão, Garibaldi Dantas Gurgel Júnior, James Anthony Falk

Resumo


Este estudo tem como OBJETIVOdescrever as principais publicações referentes à cultura de segurança do paciente em hospitais, buscando um melhor entendimento das pesquisas que utilizam o Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC). MÉTODO:Trata-se de uma pesquisa bibliográfica do tipo revisão integrativa da literatura, estruturada em seis etapas que inicia na identificação do tema e seleção da hipótese ou questão de pesquisa para a elaboração da revisão integrativa e finaliza com a apresentação da revisão/síntese do conhecimento. RESULTADOS: após aplicação da equação de busca na base Medline, o HSOPSC foi utilizado como instrumento de avaliação da cultura de segurança do paciente em 94,8% das publicações. Os EUA, país de origem do HSOPSC, encabeça a lista com 56 (30,4% de n=184) publicações, seguido pelo Irã (13). O Brasil, com oito publicações (4,3%), ocupou juntamente com a China a 5ª posição desta lista. CONCLUSÃO: observa que as publicações referentes à cultura de segurança do paciente têm aumentado muito na literatura internacional e o Brasil acompanha essa tendência de crescimento, tendo seu pico em 2013, coincidindo com o ano de publicação da Resolução da Diretoria Colegiada RDC Nº 36/ANVISA, que institui ações para a segurança do paciente em serviços de saúde.


Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.21721/p2p.2019v6n1.p193-211

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/3.0/

 
 
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (cc BY 4.0)
 
 P2P & INOVAÇÃO - e-ISSN 2358-7814, IBICT.