CULTURA A UNIR OS POVOS

Celio Turino

Resumo


Este artigo relata a experiência de alguns países da América Latina com a implantação de Pontos de Cultura. Exemplos de ampliação e articulação de uma rede de autonomia e protagonismo sociocultural, em que se realiza na diversidade. A partir de estímulo a diálogos com o governo em defesa da cultura, conclui-se que é necessário que o Estado faça para a Sociedade, mantenha bons equipamentos públicos e serviços de qualidade, mas é necessário também que o Estado faça com a sociedade. Com mais redes o Ponto de Cultura se articula, mais empoderado estará, tanto do ponto de vista social, econômico e político, como nos aspectos criativos e artísticos.

 

CULTURE TO UNITE THE PEOPLE

Abstract

This article reports the experience of some countries in Latin America with the implementation of Points of Culture. Examples of expansion and coordination of a network of autonomy and socio-cultural role, which takes place on diversity. From stimulus to dialogue with the government in defense of culture, concluded that it is necessary for the state maintain good public facilities and services with quality, but it also requires the state to do with society. With more networks Points of Culture is articulated it will be more empowered, both socially, economically and politically, as the creative and artistic aspects.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21721/p2p.2015v1n2.p46-53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 
 
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (cc BY 4.0)
 
 P2P & INOVAÇÃO - e-ISSN 2358-7814, IBICT.