A estratégia para acessibilidade no sistema de educação corporativa e a contribuição para a relação de equidade dos stakeholders

Autores

  • Marta Silva Neves Universidade Federal de Santa Catarina
  • Rafael Martins dos Santos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Resumo

Este artigo tem o objetivo de analisar a relação de equidade de stakeholders a partir de uma estratégia de educação corporativa para acessibilidade. Para tal, relata uma experiência para a promoção da equidade e democratização ao acesso a espaços e serviços a partir de estratégia educativa que integra recursos de acessibilidade e tecnologias assistivas, por meio de filmes, envolvendo colaboradores de uma instituição financeira da região sul do Brasil e as comunidade locais para a acessibilidade de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Para tal, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa, exploratória e descritiva, por meio de uma pesquisa-ação. Como resultados, ao analisar a estratégia educativa para acessibilidade frente ao contexto organizacional, percebe-se que conhecer todas essas tecnologias assistivas e outras existentes, favorece ao gestor reconhecer a diversidade presente. Inicialmente, a revisão da literatura possibilitou identificar aspectos da educação corporativa que contribuem para a relação de equidade dos stakeholders, que perpassam pelo foco de reconhecimento deles, pelos mecanismos para envolvê-los e pelas suas participações nos programas de educação corporativa, de forma a desenvolverem uma caminhada conjunta para a aprendizagem organizacional. Em conclusão, a maturidade alcançada no sistema de educação corporativa, ao proporcionar a interconexão, produção e cocriação, envolvendo todas as partes interessadas, pode contribuir para a relação de equidade com as mesmas, oportunizando o equilíbrio das expectativas, responsabilidades e minimização de riscos para reputação e resultados organizacionais, bem como coletivo. Confirma-se então, o pressuposto teórico de que a estratégia de educação corporativa para acessibilidade favorece a relação de equidade dos stakeholders. Este estudo traz contribuições que avançam sobre as teorias existentes e práticas, considerando a diversidade frente às estratégias desenvolvidas para assegurar uma gestão eficiente e agregadora de valor para as organizações.

Biografia do autor

Marta Silva Neves, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestre em Ensino na Saúde, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutoranda no Pograma de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC, Brasil.

Rafael Martins dos Santos, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Administrador, Especialista em Inteligência Estratégica e Competitiva, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Graduando em Direito, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Downloads

Publicado

10/03/2022

Como citar

Silva Neves, M. ., & Martins dos Santos, R. . (2022). A estratégia para acessibilidade no sistema de educação corporativa e a contribuição para a relação de equidade dos stakeholders. Inclusão Social, 14(1). Recuperado de https://revista.ibict.br/inclusao/article/view/5892