A competência em informação e a vulnerabilidade: construindo sentidos à temática da “vulnerabilidade em informação”

Elizete Vieira Vitorino

Resumo


Examina o tema da competência em informação sob uma nova perspectiva: a conexão dele com a vulnerabilidade. Aborda o conceito e as características da competência em informação e da vulnerabilidade. Trata das populações e grupos vulneráveis, com o intuito de construir sentidos à temática da “vulnerabilidade em informação” sob o enfoque da vulnerabilidade social. Pondera, a partir desta perspectiva, que todos nós somos, em algum momento de nossa vida, vulneráveis em alguma situação, ou seja, a vulnerabilidade é intrínseca ao ser humano e, por isso, resguarda uma complexidade própria, fato este que também se apresenta à informação e à competência em informação. Apresenta uma via possível de conexão que se coloca às duas temáticas por meio da resiliência. Propõe um conceito à “vulnerabilidade em informação”, considerando que há ainda muitas possibilidades de aprofundamento à nova temática.

Palavras-chave


Competência em informação; Vulnerabilidade; Populações vulneráveis; Grupos vulneráveis; Vulnerabilidade em informação

Texto completo:

PDF

Referências


ADGER, W. Neil. Vulnerability. Global Environmental Change, v. 16, n.3, p. 268–281, Aug. 2006. Disponível em: . Acesso em 20 set. 2016.

ADORNO, Rubens de Camargo Ferreira. Capacitação solidária: um olhar sobre os jovens e sua vulnerabilidade social. São Paulo: Associação de Apoio ao Programa Capacitação Solidária (AAPCS), 2001. Disponível em: . Acesso em 06 fev. 2018.

AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION (ALA). ASSOCIATION OF COLLEGE AND RESEARCH LIBRARIES (ACRL). Framework for Information Literacy for Higher Education. Chicago: ALA, 2016. Disponível em: . Acesso em: 02 out. 2017.

ARÁN, Márcia; PEIXOTO JÚNIOR, Carlos Augusto. Vulnerabilidade e vida nua: bioética e biopolítica na atualidade. Revista de Saúde Pública, v. 41, n. 5, p. 849-57, 2007. Disponível em: . Acesso em 02 fev. 2017.

AYRES, José Ricardo de Carvalho Mesquita et al. O conceito de vulnerabilidade e as práticas de saúde: novas perspectivas e desafios. In: CZERESNIA, Dina; FREITAS, Carlos Machado de (orgs.). Promoção da saúde: conceitos, reflexões, tendências. 2. ed. rev. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2009. E-book. Disponível em: . Acesso em 07 ago. 2015.

BROMBACHER, Aarnout. Vulnerability. Quality and Reliability Engineering International, v. 27, n.1, p. 1, fev. 2011. Disponível em: . Acesso em 16 maio 2016.

CAPURRO, Rafael. Ética intercultural de la información. In: GOMES, Henriette Ferreira; BOTTENTUIT, Aldinar Martins; OLIVEIRA, Maria Odaisa Espinheiro de (Orgs.). A ética na sociedade, na área da informação e da atuação profissional: o olhar da Filosofia, da Sociologia, da Ciência da Informação e da formação e do exercício profissional do bibliotecário no Brasil. Brasília, DF: Conselho Federal de Biblioteconomia, 2009. p. 43-64. Disponível em: . Acesso em: 26 fev. 2015.

CUNHA, Thiago; GARRAFA, Volnei. Vulnerability: a key principle for global bioethics? Cambridge Quarterly of Healthcare Ethics, v. 25, n. 2, p.197-208, 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 jun. 2016.

DEMO, Pedro. Ambivalências da Sociedade da Informação. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 29, n. 2, p. 37-42, maio/ago. 2000. Disponível em: . Acesso em: 09 fev. 2018.

DEPARTMENT OF HEALTH (UK) (DoH) (2000) No Secrets: Guidance on Developing and Implementing Multi-agency Policies and Procedures to Protect Vulnerable Adults from Abuse. London: The Stationery Office. 2000. Published: 20 March 2000, last updated: 22 January 2015. Disponível em: . Acesso em: 02 ago. 2017.

FAWCETT, Barbara. Vulnerability: questioning the certainties in social work and health. International social work, v. 52, n. 4, p. 473-484, jul. 2009. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2016.

FEITO, Lydia. Vulnerabilidad. Anales del Sistema Sanitario de Navarra, 30 (Supl. 3), p. 7-22, 2007. Disponível em: . Acesso em: 01 maio 2017.

GONZÁLEZ DE GÓMEZ, Maria Nélida. Perspectivas em ética da informação: acerca das premissas, das questões normativas e dos contextos da reflexão. In: FREIRE, Gustavo Henrique de Araújo (Org.). Ética da informação: conceitos, abordagens, aplicações. João Pessoa: Ideia, 2010. p. 147-163. Disponível em: . Acesso em: 26 fev. 2015.

LEAL, Mayara L. ; VITORINO, Elizete V. ; ORELO, Eliane R. M. ; SILVA, Ana Cláudia P. O. ; LUCCA, Djuli Machado de . O tema “vulnerabilidade” no Portal BU-UFSC: subsídios para a construção de um conceito de vulnerabilidade em informação no âmbito da competência em informação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - RBBD (Online), v. 13, p. 53-80, 2017. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2018.

MACKLIN, Ruth. Bioética, vulnerabilidade e proteção. In: GARRAFA V, PESSINI L, (orgs.). Bioética: poder e injustiça. São Paulo: Loyola, 2004. p. 59-70.

PAIANO, Géssica. S. ; VITORINO, Elizete V. ; ORELO, Eliane R. M. ; SILVA, Ana Cláudia P. O. ; LUCCA, Djuli Machado de . O tema “vulnerabilidade” na SciELO: contribuições para a construção conceitual de “vulnerabilidade em informação”. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação – RBBD (Online), v. 13, p. 81-101, 2017. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2018.

GARCIA, Thábata. K. ; VITORINO, Elizete V. ; ORELO, Eliane R. M. ; SILVA, Ana Cláudia P. O. ; LUCCA, Djuli Machado de . Os temas “vulnerabilidade” e “vulnerabilidade em informação” no buscador Google. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação – RBBD (Online), v. 13, p. 102-122, 2017. Disponível em: . Acesso em: 22 fev. 2018.

SVEINSDÓTTIR, Herdís; REHNSFELDT, Arne. Vulnerability. Scandinavian journal of caring sciences, v.19, n. 2, p. 85, 2005. Disponível em: . Acesso em 20 set. 2016.

UNESCO. Education 2030: Incheon Declaration and Framework for Action (2015). Disponível em: . Acesso em: 09 ago. 2017.

UNESCO. Proclamation of 28 September as the “International day for the universal access to information”. General Conference, 38th Session, Paris, nov. 2015. Disponível em: . Acesso em: 06 jan. 2018.

VITORINO, Elizete Vieira. Análise dimensional da competência em informação: bases teóricas e conceituais para reflexão. Revista Ibero-Americana de Ciência da Informação, v. 9, p. 421-440, jul. / dez., 2016a. Disponível em: . Acesso em 19 dez. 2016.

VITORINO, Elizete Vieira. Competência em informação: relatório de pesquisa realizada com os dirigentes de Bibliotecas de Instituições de

Educação Superior do Sul do Brasil. In: ALVES, Fernanda Maria Melo; CORRÊA, Elisa Cristina Delfini; LUCAS, Elaine Rosangela de Oliveira. (Orgs.). Competência em informação: políticas públicas, teoria e prática. Salvador: EDUFBA, 2016b, p. 387-407.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Competência informacional: bases históricas e conceituais: construindo significados. Ciência da Informação; Brasília, DF, v. 38, n. 3, p. 130-141, set./dez., 2009. Disponível em: . Acesso em: 16 out. 2016.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Dimensões da competência informacional. Ciência da Informação, Brasília, DF, v.40, n.1, p.99-110, jan./abr., 2011. Disponível em: . Acesso em: 16 out. 2016.

WERTHEIN, Jorge. A sociedade da informação e seus desafios. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n.2, p.71-77, maio/ago. 2000. Disponível em: . Acesso em: 09 fev. 2018.

ZURKOWSKI, Paul G. Information services environment relationships and priorities. Related Paper No. 5.Washington, D.C: National Commission on Libraries and Information Science, 1974. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Elizete Vieira Vitorino

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.