UNIVERSIDADES FEDERAIS BRASILEIRAS E O USO DO OPEN JOURNAL SYSTEMS

Gilmar Gomes de Barros, Edna Karina da Silva Lira, Josiane Ribeiro Prestes, Tatieli Moraes, Angélica Conceição Dias Miranda

Resumo


A internet mudou os padrões da disseminação de informação científica, permitindo maior abrangência do acesso à essa produção. As Universidades federais participam desse cenário com os portais de periódicos científicos. No Brasil, é usado o Open Journal Systems – OJS. Diante disso, o presente estudo buscou analisar quais Universidade Federais brasileiras possuem Portal de periódicos. Tendo por objetivos específicos: a) analisar se utilizam o Open Journal Systems; b) Verificar qual versão utilizam e c) quantas revistas possuem. Trata-se de um estudo exploratório, porque busca-se mais subsídios ao tema, e descritivo, por apenas descrever um cenário, sem nele interferir. O universo da pesquisa são 52 universidades federais brasileiras. Pesquisou-se, em cada portal de periódicos, a versão utilizada do OJS. Dentre os resultados, destaca-se o maior número de revistas portais e revistas na região Sudeste, sendo a versão 2.4.8.0 do OJS a mais utilizada. Nesse sentido, convém ampliar as discussões sobre gestão de dados científicos e a promoção do conhecimento produzido em instituições públicas de ensino.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Gilmar Gomes de Barros, Edna Karina da Silva Lira, Josiane Ribeiro Prestes, Tatieli Moraes, Angélica Conceição Dias Miranda

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.