Explorando o Google Data Search para zika, dengue e chikungunya

Maria Simone de Menezes Alencar, Jorge Lima de Magalhães, Suzanne de Oliveira Rodrigues Schumacher, Juliana de Simone Morais, Mateus Pinheiro Ramos, Adelaide Maria de Souza Antunes

Resumo


O trabalho visa explorar o Google Data Search, ferramenta instrumento de apoio a Ciência Aberta, composto por vários provedores de diferentes assuntos. O estudo teve por base a área de saúde pública com busca de dados sobre as doenças negligenciadas Zika, Dengue e Chikungunya. O levantamento obteve 75 conjuntos de dados que foram tratados em planilha Excel por: título; nome do provedor com respectivo link; no. de artigos que citam os dados; DOI; datas da criação, atualização, publicação; instituição fornecedora dos dados; autores, licença e formato de download. Após análise, foram criadas mais duas variáveis indexando a região geográfica e tipologia dos dados. Os resultados mostraram que experimentos, casos e modelagem estatística são as tipologias mais frequentes, 45% dos conjuntos de dados são citados em artigos científicos e a região que tem com o maior número de conjunto de dados sobre os temas é o Brasil. Os metadados são originados de 13 diferentes provedores. Conclui-se sobre o potencial que o Google Data Search tem para estimular o reuso dos dados abertos de pesquisa, contribuindo para o avanço da ciência e maximização dos investimentos aplicados em pesquisas.

Palavras-chave


Dados de pesquisa; Reuso; Ciência Aberta; Dados abertos de pesquisa.

Texto completo:

PDF

Referências


CHAPMAN, Adriane et al. Dataset search: a survey. arXiv preprint arXiv:1901.00735, 2019.

CREATIVE COMMONS. O que é Creative Commons? Disponível em: . Acesso em: 20 de março de 2019.

HALEVY, Alon et al. Goods: Organizing google's datasets. In: Proceedings of the 2016 International Conference on Management of Data. ACM, 2016. p. 795-806.

HANDBOOK, Open Data. What is open data. Disponível em: . Acesso em: 25 de ago de 2019.

HUBERMAN, B. A. Sociology of Science: Big data deserve a bigger audience. Nature, v.482, n.7385, p. 303-308, 16 fev.2012.

MAGALHÃES, J. L.; MENDES, F. M. L.; ANTUNES, A. M. S.; HARTZ, Z.. The Contribution of Information Science Through Scientific and Technological Knowledge in Intellectual Property. In: JAMIL, G. L.. (Org.). Advances in Business Information Systems and Analytics. 1ed. Pennsylvania: IGI Global, 2018, p. 265-279.

MANUAL DOS DADOS ABERTOS: desenvolvedores / [cooperação técnica científica entre Laboratório Brasileiro de Cultura Digital e o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br)]. -- São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2011. Disponível em: . Acesso em: 20 de março de 2019.

ORGANISATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT. OECD principles and guidelines for access to research data from public funding. Paris: OECD Publications, 2007. Disponível em: http://www.oecd.org/sti/inno/38500813.pdf. Acesso em: 26 ago. 2019.

PAMPEL, Heinz et al. Making research data repositories visible: the re3data. org registry. PloS one, v. 8, n. 11, p. e78080, 2013.

PAMPEL, Heinz; DALLMEIER-TIESSEN, Sünje. Open research data: From vision to practice. In: Opening science. Springer, Cham, 2014. p. 213-224.

SALES, Luana Farias; SAYÃO, Luís Fernando. Uma proposta de taxonomia para dados de pesquisa. Conhecimento em ação, Rio de Janeiro, v. 4, n. 1, jan./jun., 2019. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/rca/article/view/26337/14573. Acesso em: 30 ago. 2019.

SEMELER, Alexandre Ribas; PINTO, Adilson Luiz. Os diferentes conceitos de dados de pesquisa na abordagem da biblioteconomia de dados. Ciência da Informação, v. 48, n. 1, 2019.

UNB. Repositórios de Acesso Aberto e as Licenças Creative Commons. Disponível em: http://repositorio.unb.br/documentos/Creative_Commons.pdf>. Acesso em: 20 de março de 2019.

VOS, Angelica et al. OPENAIRE Monitor Dashboard: an added value service for funders and research initiatives. Disponível em: < https://www.opensciencefair.eu/posters-2019/openaire-monitor-dashboard-an-added-value-service-for-funders-and-research-initiatives>. Acesso em: 25 set. 2019.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Maria Simone de Menezes Alencar, Jorge Lima de Magalhães, Suzanne de Oliveira Rodrigues Schumacher, Juliana de Simone Morais, Mateus Pinheiro Ramos, Adelaide Maria de Souza Antunes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.