Boas práticas do Repositório Institucional do IFRN: relato de experiência do campus Natal – Zona Norte

Vanessa Oliveira de Macêdo Cavalcanti

Resumo


O Repositório Institucional (RI) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), o Memoria, conforme a sua Política Institucional de Informação Técnico-Científica objetiva reunir as produções acadêmicas, científicas, artísticas e administrativas do Instituto, a fim de aumentar seu impacto da investigação, sua visibilidade e de seus pesquisadores. Desde a implantação do RI, a Biblioteca do campus Natal – Zona Norte vem desenvolvendo ações positivas objetivando o alinhamento com as diretrizes institucionais, assim, destacamos algumas destas que apontamos como boas práticas. Com relação ao deposito de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), após envio de proposta de Instrução Normativa para os campi pelo Comitê Gestor, iniciou-se, por meio de processo administrativo local, ampla discussão do documento. A princípio em reunião com os coordenadores de curso e, posteriormente, em Colegiado da Diretoria Acadêmica com a apresentação e os esclarecimentos para a comunidade docente e setores administrativos vinculados ao ensino, em última etapa sendo aprovado pelo Conselho Escolar do Campus. Neste diálogo coletivo foi construído o fluxo de deposito dos TCCs do Campus, deixando a biblioteca e a secretaria acadêmica de receberem os documentos em formato impresso e passando estes a estarem disponíveis no repositório. O retorno positivo desta ação facilitou a divulgação em reuniões pedagógicas e em Semanas de Integração e Pesquisa. Sobre a Semana de Integração, a biblioteca apresenta aos novos alunos os serviços oferecidos pelo setor, dentre eles destacamos o RI e enfatizamos a sua relevância para a instituição e para a comunidade científica. Com relação a Semana de Pesquisa, exibimos o RI como fonte de informação confiável, além de pontuar considerações significativas sobre estatísticas de uso e o impacto para a ciência. Outro trabalho colaborativo desenvolvido pela biblioteca juntamente com docentes, foi a construção de um plano de marketing para o RI. A coordenação da biblioteca do Campus assumiu a coorientação do TCC desenvolvido por um ex-bolsista do setor e aluno do Curso Técnico em Comércio. Após a conclusão, a produção acadêmcia foi apresentada no XX Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias (SNBU), no ano de 2018 na cidade de Salvador/BA, Brasil. Ainda sobre as ações em benefício ao RI, o Campus, mais uma vez por intermédio da Biblioteca, desenvolveu um projeto de pesquisa sobre interoperabilidade entre sistemas, sendo o próprio Dspace e o Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP), objetivando ampliar o povoamento do RI, melhorar o fluxo administrativo de deposito de TCCs e maximizar a divulgação da produção científica institucional. O projeto de pesquisa foi apresentado na 9ª ConfOA, no ano de 2018 em Lisboa, Portugal, e envolveu a coordenação da biblioteca, alunos do curso Superior em Informática e bibliotecária de outro campus da instituição. Diante do exposto, consideramos que as ações desenvolvidas localmente promoveram a sensibilização, facilitando a aceitação do RI, além de ter contribuído para a visibilidade pela comunidade local. Entendemos que o diálogo sistemático com a comunidade é fator considerado essencial para o sucesso de um RI e contribui também para a compreensão da sua relevância para a ciência aberta.

Palavras-chave


Repositório institucional; Gestão de repositórios; Ciência aberta

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Vanessa Oliveira de Macêdo Cavalcanti

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.