COMPETÊNCIAS DOS BIBLIOTECÁRIOS NA GESTÃO DOS DADOS DE PESQUISA

Maria Helena Ferreira Xavier da Silva Silva, Luana Farias Sales, Luis Fernando Sayão, Geisa Meirelles Drumond, Ana Maria Neves Maranhão

Resumo


No cenário científico, e-Science é o ambiente de profusão dos dados científicos, que demandam práticas de gestão, que, por sua vez, implicam no surgimento de competências para sua implementação. Conforme análise da literatura, os bibliotecários desempenham um papel importante nos serviços de gestão de dados, o que reforça a necessidade de desenvolvimento de competências, buscando melhorar suas habilidades a fim de dar o suporte necessário aos pesquisadores para a construção de uma metodologia para difundir dados de pesquisa de maneira que possam ser reutilizados. Desse modo, a discussão a respeito de dados de pesquisa e seu impacto no modus operandi da biblioteca tem contribuído para a construção do perfil profissional dos bibliotecários de dados.

 

Palavras-chave: Gestão de dados; Bibliotecários de dados; Competência dos bibliotecários.


Palavras-chave


Gestão de dados; Bibliotecários de dados; Competência dos bibliotecários

Texto completo:

PDF

Referências


BARBROW, S.; BRUSH, D.; GOLDMAN, J. Research data management and services: Resources for novice data librarians. College and Research Libraries News, v. 78, n. 5, p. 274-278, 2017.

BORGMAN, C.L. et al. Knowledge infrastructures in science: data, diversity, and digital libraries. Int J Digit Libr, 16, p. 207–227, 2015. DOI 10.1007/s00799-015-0157-z

CHRISTENSEN-DALSGAARD, B. et al. Ten recommendations for libraries to get started with research data management: final report of the LIBER working group on e-science / research data management. ligue des bibliothèqueseuropéennes de recherche (LIBER). 2012. Disponível em: < http://libereurope.eu/wp-content/uploads/The%20research%20data%20group%202012%20v7%20final.pdf.>. Acesso em: 25 jul. 2018.

CORRÊA, C. F. O papel dos bibliotecários na gestão de dados científicos. Rev. Digit. Bibliotecon. Cienc. Inf., Campinas, SP, v. 14, n. 3. p. 387-406 set./dez. 2016. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2018.

CUNHA, M. V. da. O papel social do bibliotecário. Ene. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf, Florianópolis, n. 15, 1° sem. 2005. Disponível em: . Acesso em 25 jul. 2018.

DATAONE. Disponível em: https://www.dataone.org/. Acesso em: 25 jul. 2018.

DUDZIAK, E. A. Competências do Bibliotecário na Gestão de Dados de Pesquisa, Comunicação Científica e Acesso Aberto. 2016. Disponível em: Acesso em: 25 jul. 2018.

DUDZIAK, E. Dados de Pesquisa agora devem ser armazenados e citados. 2016. Disponível em: Acesso em: 25 jul. 2018.

KOLTAY, T. Data governance, data literacy and the management of data quality. International Federation of Library Associations and Institutions, v. 42, n. 4, p. 303-312, 2016.

¬¬¬¬_______. Data literacy for researchers and data librarians. Journal of Librarianship and Information Science, v. 49, n. 1, p. 3-14, 2017.

LAGE, K.; LOSOFF, B.; MANESS, J. Receptivity to library involvement in scientific data curation: a case study at the university of Colorado Boulder. Libraries and the Academy, v. 11, n 4, p. 915-937, October 2011. https://doi.org/10.1353/pla.2011.0049

LI, S. et al. The cultivation of scientific data specialists: Development of LIS education oriented to e-science service requirements. Library Hi Tech, v. 31, Iss. 4, p.700-724, 2013. https://

doi.org/10.1108/LHT-06-2013-0070

MARTINEZ-URIBE, L.; FERNÁNDEZ, P. Servicios de datos: función estratégica de lãs bibliotecas del siglo XXI. El profesional de la información, v. 24, n. 2, p. 193-199, 2015.

_______; MACDONALD, S. Un nuevo cometido para los bibliotecarios académicos: data curation. El profesional de la información, v.17, n. 3, p. 273-280, mayo-junio 2008.

MERLO-VEGA, J. A. Servicios de referencia digital: para una sociedad digital. El profesional de la información, v. 18, n. 6, p. 581-586, 2009.

ROBINSON, L.; BAWDEN, D. The story of data: A socio-technical approach to education for the data librarian role in the CityLIS library school at City, University of London. Library Management, v. 38, iss. 6/7, p.312-322, 2017. https://doi.org/10.1108/LM-01-2017-0009

RODRIGUES, M.E.F. A formação profissional em biblioteconomia: superando limites e construindo possibilidades. Encontros Bibli, Florianópolis, n.13, 2002. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2018.

SALES, L. F. Gestão de dados de pesquisa e o papel do bibliotecário. In: FÓRUM SOBRE COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO: PESQUISA E PRÁTICAS NO RIO DE JANEIRO, 4, 2018. Anais...Rio de Janeiro: BNDES, 2018.

SAYÃO, L. F.; SALES, L. F. Algumas considerações sobre os repositórios digitais de dados de pesquisa. Inf. Inf., Londrina, v. 21, n. 2, p. 90-115, maio/ago. 2016.

______; _______. Guia de Gestão de Dados de Pesquisa para Bibliotecários e Pesquisadores. CNEN/IEN, 2015. Disponível em: http://www.cnen.gov.br/component/content/article/75-cin/material-didatico-cnen/160-guia-de-gestao-de-dados-de-pesquisa. Acesso em: 25 jul. 2018.

SEMELER, A. R. Ciência da Informação em Contexto da E-science: bibliotecários de dados em tempos de Data-Science. 2017. 175f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal de Santa Catarina, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/185593. Acesso em: 25 jul 2018.

SHEN, Y.; VARVEL, V. E. Developing Data Management Services at the Johns Hopkins University. The Journal of Academic Librarianship, 39, p. 552–557, 2013.

VERHAAR, P. Fostering Effective Data Management Practices at Leiden University. Liber Quarterly: the Journal of the Association of European Research Libraries, v. 27, n. 1, p. 1-22, 2017.

WANG, M. Supporting the research process through expanded library data services. Program, v. 47, iss. 3, p. 282-303, 2013. https://doi.org/10.1108/PROG-04-2012-0010


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Maria Helena Ferreira Xavier da Silva Silva, Luana Farias Sales, Luis Fernando Sayão, Geisa Meirelles Drumond, Ana Maria Neves Maranhão

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.