Desinformação e hiperinformação nas redes digitais contemporâneas / Disinformation, misinformation and hyper-information in contemporary digital networks

A Liinc em Revista convida à submissão de artigos, para publicação no n. 2, v. 13, de novembro de 2017. Aceitam-se artigos originais em português, espanhol e inglês. Este número conterá o dossiê “Desinformação e hiperinformação nas redes digitais contemporâneas”, organizado pelos professores Arthur Bezerra (IBICT), Stefania Milan (University of Amsterdam)  e Fabio Malini (UFES), em torno da temática como segue.

As redes digitais ampliaram as possibilidades de produção e socialização da informação. No entanto, os atuais fenômenos de hiperinformação e de desinformação mostram que o volume e a velocidade de difusão, bem como a qualidade e confiabilidade do conteúdo que circula em tais redes, representam desafios para a apropriação social da informação.

Os regimes contemporâneos de verdades têm se mostrado suscetíveis aos processos de automação da informação nas redes e mídias sociais, fazendo emergir processos de robotização da opinião e da distribuição de conteúdos, ao mesmo tempo em que inflam a população de perfis humanos e o espalhamento ideológico de conteúdos (falsos ou verdadeiros). Nesse contexto, é sintomático que o termo “pós-verdade” (relacionado a circunstâncias nas quais fatos objetivos têm menos influência em moldar a opinião pública do que apelos à emoção e a crenças pessoais) tenha sido eleito pelo departamento responsável pelos dicionários da Universidade de Oxford como a palavra de 2016. Discussões sobre a possível transitoriedade do termo não apagam o fato de que a noção de verdade parece estar em questão nos debates políticos travados em redes sociais e outras plataformas digitais.

É, portanto, de análises sensíveis ao atual regime de desinformação e hiperinformação que parte o presente dossiê, que poderá abordar temas como:

  • hiperinformação, desinformação e produção social da ignorância;
  • o debate político em redes sociais;
  • automação computacional e produção de opinião em rede;
  • machine learning e novos modelos metodológicos de estudos da difusão de informação em rede;
  • filtragem algorítmica de informação;
  • algoritmização das relações sociais em rede, produção de crença e regimes de verdade; 
  • “pós-verdade”: análise e crítica do termo; 
  • competência e competência crítica em informação;
  • ética na produção de informação.

Além do dossiê, a Revista está aberta à submissão de artigos e resenhas sobre outros temas em seu escopo de reflexão, conforme suas normas. Regras para submissão em http://liinc.revista.ibict.br/index.php/liinc/about/submissions#authorGuidelines

Prazo de submissão: ATÉ 16 DE JULHO DE 2017, pelo endereço http://www.ibict.br/liinc

Disinformation, misinformation and hyper-information in contemporary digital networks

Liinc em Revista is inviting submission of articles, for publication in V. 13, n. 2 (November 2017). We accept unpublished articles in Portuguese, Spanish and English. This issue will present a dossier on "Disinformation, misinformation and hyper-information in contemporary digital networks", organized by Guest Editors Arthur Bezerra (Ibict), Stefania Milan (University of Amsterdam) and Fabio Malini (UFES), within the theme proposed below.

Digital networks have expanded the possibilities of information production and sharing. However, the ongoing tendencies towards hyper-information, misinformation and disinformation show how the volume and speed of diffusion, as well as the quality and reliability of the content that circulates in such networks, represent severe challenges for the social appropriation of information.

Contemporary truth regimes have become susceptible to the processes of information automation shaping online networks and social media, leading to the emergence of an algorithmic mediation of opinion formation and content distribution. Meanwhile, the population of human profiles keeps growing, contributing to the ideological spread of content (false or true). In this context, it is symptomatic that the term "post-truth" (related to circumstances in which objective facts have less influence in shaping public opinion than appeals to emotion and personal beliefs) has been elected by Oxford Dictionaries the ‘word of the year’ for 2016. Discussions about the possible transitory nature of the phenomenon do not undermine the fact that the notion and perception of truth seems to be at stake particularly when political debates are mediated by social media and other digital platforms.

This special issue wishes to explore these questions. Therefore, we intend to address topics like:

- hyper-information, disinformation, misinformation and the social production of ignorance;
- the evolution of political debate on social media;
- computational automation and network-mediated opinion production;
- machine learning and emerging methods for the study of information diffusion on digital networks;
- algorithmic filtering of information;
- algorithmization of social network relationships, belief production and truth regimes;
- "post-truth": analysis and critique of the term;
- information literacy and critical information literacy;
- ethics in the production of information.

Apart from the dossier, we also accept articles and reviews on other topics within the range of interest of Liinc em Revista. Guidelines for authors can be found at: http://liinc.revista.ibict.br/index.php/liinc/about/submissions#authorGuidelines

SUBMISSIONS UP TO JULY 16, 2017 at http://www.ibict.br/liinc