Ativos intangíveis e desenvolvimento econômico: a questão marcária | Intangible assets and economic development: the trademark issue

Anderson Moraes de Castro e Silva, Cristina Nunes de Sant´anna

Resumo


Resumo O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), além de outras atribuições inerentes ao campo da propriedade intelectual, é o órgão encarregado de confeccionar o registro de marcas no território brasileiro. Em seu sistema de gestão, a diretoria de marcas do instituto utiliza-se do SINPI, um banco de dados no qual se encontram registradas as tramitações processuais relativas ao exame dos pedidos de registro de marca. Neste estudo, de caráter exploratório, testamos a possibilidade de usar os dados armazenados no SINPI para se pensar aspectos do desenvolvimento econômico brasileiro.

Palavras-chave INPI, marcas, ativos intangíveis, desenvolvimento econômico

Abstract The National Institute of Industrial Property (INPI), is the agency in charge of preparing the trademark registration in Brazil. In its system of management it employs the SINPI, a database in which are recorded the bureaucratic procedures concerning the assessment of aplications for trademark registration. In this study, we tested the possibility of using data stored in the SINPI to think about aspects of Brazilian economic development.

Keywords INPI, trademarks, intangible assets, economic development


Palavras-chave


INPI; marcas; ativos intangíveis; desenvolvimento econômico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v8i1.464

Apontamentos

  • Não há apontamentos.