As mudanças climáticas e a transformação das agendas de pesquisa | Climate change and the transformation of research agendas

Autores

  • Fabrício Monteiro Neves Universidade Federal de Santa Maria
  • João Vicente Costa Lima Universidade Federal de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v8i1.475

Palavras-chave:

Sociologia da ciência, centro/periferia, sistema científico e tecnológico

Resumo

Resumo Este trabalho pretende discutir a formação de agendas científicas globais e a relação deste processo com a definição da posição dos países no sistema internacional de ciência e tecnologia (SICT). A circulação de conhecimento tecnocientífico pelo globo se acentuou nas últimas décadas. Cada vez mais emerge um sistema integrado com fluxos mais intensos de informação e que, de acordo com alguns autores, estaria sem um centro hegemônico de produção, ou “centrais de cálculo”. No entanto, argumenta-se aqui que uma nova hegemonia tem-se formado por meio da distinção de uma nova agenda tecnocientífica global. Esta agenda se instala em função da controvérsia das mudanças climáticas, que exigirá, neste século, uma corrida pela  produção de um novo paradigma tecnológico, “produtivo”, mas “sustentável”. Esta é a nova fronteira do conhecimento científico e tecnológico, que reconfigura os padrões de centro e periferia no sistema internacional de ciência e tecnologia.

Palavras-chave
Sociologia da ciência, centro/periferia, sistema científico e tecnológico

Abstract
This article discusses the elaboration of global scientific agendas in relation to the definition of countries' positions in the international system of S&T. The circulation of techno-scientific knowledge around the globe has grown in the last decades. There emerges an integrated system with intense flows of information that, according to some authors, does not have a hegemonic centre of production or "calculation centrals". Yet it is argued here that a new hegemony is being formed with the distinction of a new global techno-scientific agenda. This is implemented by the controversy on climate change, which will demand a rush for the production of a new technological paradigm - productive, but sustainable. This is the new frontier of scientific and technological knowledge, reconfigurating the patterns of center and periphery in the international system of science and technology.

Keywords
sociology of science, center/periphery, scientific and technological system

Biografia do Autor

Fabrício Monteiro Neves, Universidade Federal de Santa Maria

Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professor adjunto do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

João Vicente Costa Lima, Universidade Federal de Alagoas

Doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília (UnB) e professor associado da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Downloads

Publicado

19/03/2012

Edição

Seção

Dossiê Ciência, tecnologia e inovação social |