As relações entre a arquivologia e as humanidades digitais: a literacia arquivística como meio de interação arquivo e comunidade no acesso à informação

Autores

  • Thiago de Oliveira Vieira Arquivista do Arquivo Nacional (Brasil) Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade de Coimbra https://orcid.org/0000-0002-5736-1689
  • Paola Rodrigues Bittencourt Arquivista do Arquivo Nacional (Brasil) Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade de Coimbra https://orcid.org/0000-0002-5946-8121
  • Anna Carla Almeida Mariz Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO (Brasil)

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v15i1.4548

Resumo

RESUMO Pontua algumas relações entre os campos da arquivologia e das humanidades digitais. Expõe a noção da literacia arquivística como um meio de reconceitualização dos arquivos e a interação entre as instituições arquivísticas e a comunidade, a partir da partilha de um conhecimento arquivístico, com o objetivo de oferecer aos usuários de um arquivo um conjunto de competências que o auxiliem em potencializar as formas de pesquisa e acesso às informações. Caracteriza-se como uma pesquisa de natureza exploratória, com caráter qualitativo e que utiliza como procedimento a revisão bibliográfica para cumprir os seus objetivos. Os resultados apontam para a existência de pontos de relacionamentos entre a arquivologia e as humanidades digitais, tendo a noção de literacia arquivística uma importante função no acesso e uso dos arquivos.

Palavras-chave: Arquivologia; Humanidades Digitais; Literacia Arquivística; Literacia Informacional; Instituição Arquivística.

Biografia do Autor

  • Thiago de Oliveira Vieira, Arquivista do Arquivo Nacional (Brasil) Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade de Coimbra

    Doutorando em Ciência da Informação pela Universidade de Coimbra. Mestre em Gestão de Documentos e Arquivos pelo Programa de Pós-Graduação em Gestão de Documentos e Arquivos - PPGARQ/Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO (2014). Especialista em Docência do Ensino Superior pela Universidade Cândido Mendes - UCAM (2007). Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO (2006). Atualmente é Arquivista do Arquivo Nacional (Brasil) e Membro da Câmara Técnica de Documentos Audiovisuais, Iconográficos e Sonoros do Conselho Nacional de Arquivos - CONARQ. Tem experiências profissionais na área de gestão de arquivos permanentes e arquivos audiovisuais e sonoros. Atua principalmente nos seguintes temas de pesquisa: Arquivologia, literacia arquivística, gestão de documentos; patrimônio arquivístico, arquivos permanentes e arquivos audiovisuais e sonoros.

     
  • Paola Rodrigues Bittencourt, Arquivista do Arquivo Nacional (Brasil) Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade de Coimbra
    Doutoranda em Ciência da Informação na Universidade de Coimbra. Mestre em Gestão de Documentos e Arquivos pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Pós-graduada em Docência do Ensino Superior pela Universidade Cândido Mendes. Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Servidora do Arquivo Nacional, atua como arquivista da Coordenação-Geral de Gestão de Documentos, fornecendo orientação técnica aos órgãos e entidades do Poder Executivo Federal. Tem experiência em: gestão de documentos, classificação de documentos de arquivo e avaliação de documentos de arquivo. Pesquisa nas áreas: Arquivologia, gestão de documentos, acesso a informação e legislação arquivística.
  • Anna Carla Almeida Mariz, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO (Brasil)

    Professora Associada do Departamento de Arquivologia da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1991). Leciona na graduação em Arquivologia e no Programa de Pós-graduação em Gestão de Documentos e Arquivo, ambos na UNIRIO. Graduada em Arquivologia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1988), com Especialização em Documentação e Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1994), Mestrado em Memória Social e Documento pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (1997) e Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005). Foi Diretora da Escola de Arquivologia de 2006 a 2017 e pertence ao núcleo de professores fundadores do Mestrado Profissional em Gestão de Documentos e Arquivos que teve sua primeira turma em 2012. Líder do Grupo de Pesquisa Registros Visuais e Sonoros: Arquivo e Memória do CNPq. Tem experiência na área de Ciência da Informação , com ênfase em Arquivologia. Atuando principalmente nos seguintes temas: Acervos fotográficos, Internet, Correio Eletrônico, Instituições Arquivísticas Públicas, Memória, Arquivos Empresariais.

     

Downloads

Publicado

28/06/2019

Edição

Seção

Humanidades digitais: olhares do sul

Como Citar

As relações entre a arquivologia e as humanidades digitais: a literacia arquivística como meio de interação arquivo e comunidade no acesso à informação. Liinc em Revista, [S. l.], v. 15, n. 1, 2019. DOI: 10.18617/liinc.v15i1.4548. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/4548.. Acesso em: 14 jul. 2024.