Práticas e percepções dos pesquisadores brasileiros sobre serviços de acesso aberto a dados de pesquisa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v15i2.4771

Resumo

RESUMO O artigo apresenta análise exploratória das práticas e das percepções a respeito do acesso aberto a dados de pesquisa embasada em dados coletados por meio de survey, realizada com pesquisadores brasileiros. As 4.676 respostas obtidas demonstram que, apesar do grande interesse pelo tema, evidenciado pela prevalência de variáveis relacionadas ao compartilhamento e ao uso de dados e aos repositórios institucionais, não há clareza por parte dos sujeitos sobre os principais tópicos relacionados. Conclui-se que, apesar da maioria dos pesquisadores afirmar que compartilha dados de pesquisa, a disponibilização desses dados de forma aberta e irrestrita ainda não é amplamente aceita.

Palavras-chave: Dados Abertos de Pesquisa; Compartilhamento de Dados; Reuso de Dados.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

11/12/2019

Edição

Seção

Dados de Pesquisa

Como Citar

Práticas e percepções dos pesquisadores brasileiros sobre serviços de acesso aberto a dados de pesquisa. Liinc em Revista, [S. l.], v. 15, n. 2, 2019. DOI: 10.18617/liinc.v15i2.4771. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/4771.. Acesso em: 20 jul. 2024.