Projeto febre amarela: ciclo de vida e tipologia de dados

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v15i2.4775

Resumo

RESUMO Dados de pesquisa são insumos importantes para a produção de conhecimento. A gestão e a curadoria adequada dos mesmos são formas de se evitar as constantes perdas de dados relatadas na literatura. Assim, apresenta-se a modelagem dos ciclos de vida de dados de pesquisa e a tipificação desses como forma de orientar a promoção de boas práticas de gestão e curadoria. Partindo desses pressupostos, o ciclo de vida dos dados gerados pelo Projeto Febre Amarela – Fiocruz-Minas é modelado e os dados são tipificados. Adicionalmente, são apontadas fragilidades e possibilidades para a gestão dos dados de pesquisa do referido projeto.

Palavras-chave: Dados de Pesquisa; Ciclo de Vida dos Dados de Pesquisa; Gestão dos Dados de Pesquisa.

Biografia do Autor

  • Janicy Aparecida Pereira Rocha, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

    Professora Adjunta do Departamento de Processos Técnicos e Documentais da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

    Mestra e Doutora em Ciência da Informação - PPGCI/UFMG.

    Bacharel em Sistemas de Informação - PUC-Minas.

Downloads

Publicado

11/12/2019

Edição

Seção

Dados de Pesquisa

Como Citar

Projeto febre amarela: ciclo de vida e tipologia de dados. Liinc em Revista, [S. l.], v. 15, n. 2, 2019. DOI: 10.18617/liinc.v15i2.4775. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/4775.. Acesso em: 20 jul. 2024.