A comunicação científica e o movimento de acesso livre ao conhecimento

Suzana Pinheiro Machado Mueller

Resumo




Trata do problema da aceitação, pela comunidade científica, dos periódicos eletrônicos de acesso aberto. Propõe a questão da legitimação e legitimidade dessas publicações como elemento essencial para sua plena aceitação. Define legitimação e legitimidade com base em alguns autores. Mostra como a crise dos periódicos da década de 1980 detonou o início do processo de aceitação dos periódicos eletrônicos e como agora o movimento pelo acesso aberto vem crescendo e, ao mesmo tempo, enfrentando barreiras do preconceito e interesses. Nota, como grandes empecilhos ao pleno reconhecimento, o processo de avaliação pelos pares, interesses de segmentos da comunidade científica e interesses das editoras comerciais. Conclui notando o fortalecimento do conceito da necessidade da avaliação prévia e amadurecimento nas idéias pioneiras de democratização na publicação do conhecimento científico e avanço na aceitação das idéias. Mas reconhece também o papel das editoras e das elites de cada área como os poderes com maior influência na direção e velocidade do percurso das publicações eletrônicas de acesso livre e sua incorporação ao sistema de comunicação científica como canais legítimos.



Palavras-chaves


Acesso livre ao conhecimento científico. Arquivos abertos. Comunicação científica de acesso livre. Legitimação e legitimidade das publicações eletrônicas.



Scientific communication and the open access movement in scholarly publishing


Abstract



The open access movement acceptance by the scientific community has met many barriers. It is argued that understanding the processes of legitimation and legitimacy is essential to the issue. Bringing forward some definition by scholars on the subject of legitimation and legitimacy, the article tries to show how the periodical crisis of the 80’s triggered the processes of acceptance of the electronic periodical. The open access movement followed, and today it is currently trying to overcome barriers of prejudice and vested interests. It concludes by noting the strengthening of the concept of the necessity of peer review, but also the maturing of the movement, today less utopian and more realistic. It recognizes the role of the publishers and of segments of the scientific communities as the main forces in shaping scientific communication system and allowing advances of the open access channels towards legitimacy.



Keywords


Open access movement. Open archives. Legitimation and legitimacy of open access scientific publications.


Palavras-chave


acesso livre ao conhecimento científico; arquivos abertos; comunicação científica de acesso livre; legitimação e legitimidade das publicações eletrônicas.

Texto completo:

HTML PDF


DOI: https://doi.org/10.18225/ci.inf..v35i2.1138

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2006 Suzana Pinheiro Machado Mueller

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil