Caracterização de usuários e adequação dos serviços de biblioteca: uma abordagem preliminar das bibliotecas da PUC/RJ

Cecília Malizia Alves, Paulo Afonso Lopes da Silva

Resumo


As respostas a um questionário sobre o "Uso de Bibliotecas da PUC/RJ" foram analisadas através de teste"qui-quadrado", objetivando-se verificar se existiam diferenças significativas entre os diversos grupos de usuários quanto aos padrões de uso das bibliotecas e hábitos de utilização da informação. Procurou-se avaliar,também, a adequação dos serviços de bibliotecas às necessidades dos usuários. Os resultados indicaram poucas diferenças por grupo de usuários e inadequação dos serviços de bibliotecas, emergindo, em consequência,diretrizes importantes para o planejamento dos serviços.

Descritores

Usuários.Biblioteca Universitária

Abstract

Questionnaire techniques were used to conduct a surveyon the use of libraries at the Catholic University, Rio e Janeiro (PUC/RJ). The Chi-Square test was used to etect possible differences among groups of patrons in relation to the use of libraries and habits of information use.The adequacy of library services were evaluated in relation to patrons needs. Results showed no significant differences among groups of users; library services were found inadequate. In consequence of these results, new guidelines for planning were formulated.

 


Palavras-chave


Usuários.Biblioteca Universitária

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1969 Cecília Malizia Alves, Paulo Afonso Lopes da Silva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.