Pré-registro de teses e dissertações no Repositório Institucional da Universidade Federal de Juiz de Fora: uma alusão aos preprints

Palavras-chave: Repositório Institucional. Acesso aberto. Comunicação científica. Divulgação científica.

Resumo

A disponibilização de teses e dissertações no Repositório Institucional da Universidade Federal de Juiz de Fora (RI-UFJF) ocorre aproximadamente 90 dias após a defesa do trabalho e aprovação pela banca examinadora. A lacuna existente entre o aceite e o acesso ocorre devido ao processo de homologação tramitado dentro da instituição para registro e validação do título obtido. Em alusão aos preprints utilizados para acelerar o processo de comunicação dos resultados de pesquisas em periódicos, o registro prévio dos principais dados da pesquisa acadêmica foi a solução encontrada para trazer a celeridade para divulgação das produções. O pré-registro de teses e dissertações é realizado a partir das informações contidas na matéria jornalística realizada pela Equipe de Divulgação Científica da Diretoria de Imagem Institucional da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e divulgada no site da instituição. A coleção “Defesas Recentes – Teses e Dissertações” contém os pré-registros – título do trabalho, orientador, autor, banca – e utiliza a matéria como se fosse o resumo do trabalho. O texto completo do arquivo fica pendente e é inserido por ocasião do recebimento do processo homologado no Repositório Institucional. Com a divulgação do pré-registro imediatamente após a defesa, as principais informações, bem como os resultados das pesquisas que foram objeto de tese e dissertações já podem ser recuperados em pesquisas realizadas no RI-UFJF e em serviços de busca.

Referências

ALVAREZ, G.R.; CAREGNATO, S.E. Open pre-review: avaliação de preprints em repositórios. 2018. Disponível em: http://preprints.scielo.org/documents/article/ view/103/73. Acesso em: 10 abr. 2019.

JACOBSEN, P. Preprints: o caminho a seguir para o compartilhamento rápido e aberto do conhecimento. 2017. Disponível em: https://www.ufrgs.br/blogdabc/preprints-o-caminho-a-seguir-para-o-compartilhamento-rapido-e-aberto-do-conhecimento/. Acesso em: 10 abr. 2019.

MEADOWS, A.J. A comunicação científica. Brasília: Briquet de Lemos, 1999.

PIERRO, B. Revisão em praça pública. Revista Fapesp, São Paulo, n. 254, p.32-36, abr. 2017. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/2017/04/19/revisao-em-praca-publica/#prettyPhoto. Acesso em: 11 abr. 2019.

SPINAK, E. O que é este tema dos preprints? 2016. Disponível em: https://blog.scielo.org/ blog/2016/11/22/o-que-e-este-tema-dos-preprints/#.XLVCvehKgdU. Acesso em: 10 abr. 2019.

Publicado
20/03/2020