O processo de construção da Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento da Embrapa

Patrícia Rocha Bello Bertin, Juliana Meireles Fortaleza

Resumo


Dados, informação e conhecimento são ativos corporativos valiosos e, por isso, devem ser bem governados e geridos de modo a maximizar o seu valor. Um dos mecanismos de governança é a implementação de políticas, que são instrumentos formais onde estão definidos os princípios a serem adotados, assim como as diretrizes, responsabilidades e como a estrutura organizacional irá conduzir e monitorar a governança. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), assim como outras instituições de P&D que integram a Administração Pública Federal, tem refletido e mobilizado esforços para atender ao arcabouço legal vigente, acompanhar e beneficiar-se das oportunidades trazidas pela nova economia digital e, ainda, fortalecer-se no novo paradigma científico global. Como parte desse esforço, a Embrapa publicou, em 5 de abril de 2019, a sua ‘Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento’. A elaboração dessa política foi um processo complexo e contou com a participação de diversas instâncias organizacionais, inclusive das 42 Unidades de Pesquisa distribuídas pelo País. Esse trabalho relata o processo de construção da Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento da Embrapa e os resultados de análise qualitativa das contribuições recebidas dos diversos atores institucionais na fase de elaboração do documento, destacando as principais dúvidas, preocupações e questionamentos que emergiram. Como principal resultado, constatou-se uma grande assimetria no entendimento dos principais conceitos abarcados na Política e resistência a alguns dos princípios e diretrizes.


Palavras-chave


Política institucional; Pesquisa, desenvolvimento e inovação; E-Science; Ativos informacionais; Gestão

Texto completo:

PDF

Referências


ALBAGLI, S. Ciência aberta em questão. In.: ALBAGLI, S.; MACIEL, M. L.; ABDO, A. H. (org.). Ciência aberta, questões abertas. Brasília: IBICT; Rio de Janeiro: UNIRIO, 2015. p. 9-25.

ALVARENGA NETO, R. C.; VIEIRA, J. L. G. (2011). Knowledge Management at Embrapa: sharing our experience on the building of a collaborative model. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 1, n. 2, p. 191-208, jul./dez. 2011. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/10805/6911. Acesso em: 26 set. 2019.

APPEL, A. L. A e-Science e as atuais práticas de pesquisa científica. Dissertação (Mestrado), Universidade do Rio de Janeiro, Escola de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. 2014. 90 p.

BORGMAN, C. L. Scholarship in the digital age: information, Infrastructure and Internet. Cambridge: MIT Press, 2007.

BORGMAN, C. L. Big data, little data, no data: scholarship in the networked world. Cambridge: MIT Press, 2015.

BRASIL. Decreto nº 9.637, de 26 de dezembro de 2018. Institui a Política Nacional de Segurança da Informação, dispõe sobre a governança da segurança da informação, e altera o Decreto nº 2.295, de 4 de agosto de 1997, que regulamenta o disposto no art. 24,caput,inciso IX, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e dispõe sobre a dispensa de licitação nos casos que possam comprometer a segurança nacional. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 248, p. 23, 27 dez. 2018. 2018b.

BRASIL. Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 138, n. 86, p. 1, 5 maio 2000.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; e dá outras providências. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 148, n. 221-A, p. 1-5, 18 nov. 2011. Edição extra.

BRASIL. Lei nº 13.303, de 30 de junho de 2016. Dispõe sobre o estatuto jurídico da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suas subsidiárias, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 153, n. 125, p. 1, 30 jun. 2011.

BRASIL. Lei nº 13.709, de 14 de agosto de 2018. Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 156, n. 130, p. 1, 15 ago. 2018a.

BRASIL. Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União. 4º Plano de Ação Nacional em Governo Aberto. 2018c. Disponível em: . Acesso em: 30 jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União. Inovação e governo aberto na ciência: 1ª Oficina de Cocriação. 2018d. Disponível em: http://governoaberto.cgu.gov.br/no-brasil/planos-de-acao-1/copy_of_3o-plano-de-acao-brasileiro/inovacao-e-governo-aberto-na-ciencia-1o-oficina-de-cocriacao. Acesso em: 26 set. 2019.

BRASIL. Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União. Inovação e governo aberto na ciência: monitoramento e execução. 2019. Disponível em: http://governoaberto.cgu.gov.br/no-brasil/planos-de-acao/4o-plano-de-acao-brasileiro/inovacao-e-governo-aberto-na-ciencia-monitoramento-e-execucao. Acesso em: 26 set. 2019.

DAVENPORT, T. H. Ecologia da informação. São Paulo: Futura, 2001.

DONNELLY, M. Five Steps to Developing a Research Data Policy. DCC 'Quickstart' Leaflets. Edinburgh: Digital Curation Centre. 2014. Disponível em: http://www.dcc.ac.uk/resources/policy-and-legal/five-steps-developing-research-data-policy/five-steps-developing-research. Acesso em: 26 set. 2019.

EMBRAPA. Resolução Consad nº 148, de 2 de outubro de 2014. Política de Segurança da Informação da Embrapa. Boletim de Comunicações Administrativas, ano 60, n. 47, p. 7, 6 out. 2014.

EMBRAPA. Resolução Consad nº 184, de 4 de abril de 2019. Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento da Embrapa. Boletim de Comunicações Administrativas, ano 45, n. 16, p. 1-19, 5 abr. 2019. Disponível em: https://www.embrapa.br/documents/10180/1600893/Pol%C3%ADtica+de+Governan%C3%A7a+de+Dados%2C+Informa%C3%A7%C3%A3o+e+Conhecimento+da+Embrapa/96873780-8e04-b67d-be7c-a0b6a4318556. Acesso em: 1 jul. 2019.

EMBRAPA. Regimento das Secretarias da Embrapa. Boletim de Comunicação Administrativa, ano 44, n. 8, p. 1-26, 1 fev. 2018. Disponível em: . Acesso em: 1 jul. 2019.

EMBRAPA. Secretaria de Gestão e Estratégia. V Plano-Diretor da Embrapa: 2008-2011-2023. Brasília, DF, 2008, 44 p.

EMBRAPA. Secretaria de Gestão e Desenvolvimento Institucional. VI Plano Diretor da Embrapa: 2014-2034. Brasília, DF: Embrapa, 2015. 24 p. Disponível em: https://www.embrapa.br/documents/10180/1600893/VI+Plano+Diretor+da+Embrapa+2014-2034/7f0c7f31-b517-4621-8083-6450224d2f4e. Acesso em: 1 jul. 2019.

EMBRAPA. Resolução Consad nº 184, de 4 de abril de 2019. Política de Governança de Dados, Informação e Conhecimento da Embrapa. Boletim de Comunicações Administrativas, ano 45, n. 16, p. 1-19, 5 abr. 2019. Disponível em: https://www.embrapa.br/documents/10180/1600893/Pol%C3%ADtica+de+Governan%C3%A7a+de+Dados%2C+Informa%C3%A7%C3%A3o+e+Conhecimento+da+Embrapa/96873780-8e04-b67d-be7c-a0b6a4318556. Acesso em: 1 jul. 2019.

EMBRAPA. Resolução Consad nº 179, de 17 de dezembro de 2018. Política de Inovação da Embrapa. Boletim de Comunicações Administrativas, ano 45, n. 2, p. 1-14, 9 jan. 2019. Disponível em: https://www.embrapa.br/politica-de-inovacao. Acesso em: 26 set. 2019.

FAPES. Portaria CTA nº 01/2019. Institui a Política para Acesso Aberto às Publicações Resultantes de Auxílios e Bolsas FAPESP. Disponível em: http://www.fapesp.br/12632. Acesso em: 25 set. 2019.

FRY, J.; PROBETS, S.; CREASER, C.; GREENWOOD, H.;SPEZI, V.; WHITE, S. PEER behavioural research: authors and users vis-à-vis journals and repositories. Loughborough: LISU/Loughborough University, 2011. Disponível em: http://www.peerproject.eu/fileadmin/media/reports/Final_revision_-_behavioural_baseline_report_-_20_01_10.pdf. Acesso em: 24 set. 2019.

GARTNER. Gartner IT Glossary. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/2053951714528481. Acesso em: 7 set. 2019.

GRAY, J. Jim Gray on eScience: a transformed scientific method. In: HEY, T.; TANSLEY, S.; TOLLE, K. (Ed.). In.: The fourth paradigm: data-intensive scientific discovery. Redmond: Microsoft Research, 2009.

KITCHIN, R. Big data and human geography: opportunities, challenges and risks. Dialogues in Human Geography, v. 3, n. 3, 2013. p. 262-267. https://doi.org/10.1177/2043820613513388. Acesso em: 7 set. 2019.

LADLEY, J. Data Governance: How to Design, Deploy and Sustain an Effective Data governance Program. The Morgan Kaufmann Series on Business Intelligence. Morgan Kaufmann. 2012.

LEE, G.; KWAK, Y. H. An Open Government Maturity Model for social media-based public engagement. Government Information Quarterly, v. 29, n. 4, p. 492-503, 2012. https://doi.org/10.1016/j.giq.2012.06.001. Acesso em: 26 set. 2019.

MACHLUP, F.; MANSFIELD, U. The study of information: interdisciplinary messages. New York: Wiley, 1983.

MCAFEE, A.; BRYNJOLFSSON, E. Big data: the management revolution. Harvard Business Review, v. 90, n. 10, p. 61-68, 2012. Disponível em: https://hbr.org/2012/10/big-data-the-management-revolution. Acesso em: 7 set. 2019.

MEADOWS, A. J. Os periódicos científicos e a transição do meio impresso para o eletrônico. Revista de Biblioteconomia de Brasília, Brasília, DF, v. 25, n. 1, p. 5-14, 2001. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/index.php/article/download/12269. Acesso em: 1 jul. 2019.

OLIVEIRA, D. R. M. dos S.; OLIVEIRA, S. R. de M.; SOUZA, M. I. F. Agência de Informação Embrapa: uma ferramenta para gestão do conhecimento em empresas de PD&I. In: CONFERENCIA IBEROAMERICANA EN SISTEMAS, CIBERNÉTICA E INFORMÁTICA, 8.; SIMPOSIM IBEROAMERICANO EN EDUCACIÓN, CIBERNÉTICA E INFORMÁTICA, 6.; SIMPOSIUM INTERNACIONAL EN COMUNICACIÓN DEL CONOCIMIENTO Y CONFERENCIAS, 4.; SIMPOSIUM IBEROAMERICANO EN GENERACIÓN, COMUNICACIÓN Y GERENCIA DEL CONOCIMIENTO; CONFERENCIA IBERO-AMERICANA EN INGENIERÍA E INNOVACIÓN TECNOLÓGICA, 2009, Orlando. Memorias... Florida: International Institute of Informatics and Systemics, 2009.

ORGANIZATION FOR ECONOMIC CO-OPERATION AND DEVELOPMENT. OECD Principles and Guidelines for Access to Research Data from Public Funding. Paris, 2007. Disponível em: http://www.oecd.org/science/inno/38500813.pdf. Acesso em: 1 jul. 2019.

PLAN S. Making full and immediate Open Access a reality. About Plan S. Disponível em: https://www.coalition-s.org/. Acesso em: 25 set. 2019.

STREIT, R. E. Um modelo baseado em agentes para a análise da governança regulamentar do sistema financeiro. 2006. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Tese (Doutorado).

STUMPF, R. D. O porquê de governança de dados em organizações de controle. Revista Tribunal de Contas da União, n. 137, set-dez, 2016. p. 106-115.

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Fundamentos de governança. 2019. Disponível em: https://portal.tcu.gov.br/governanca/governancapublica/governanca-no-setor-publico/. Acesso em: 1º jul. 2019.

SANTOS, J. C. F. dos; MONTEIRO, S. A. Estudo da percepção de pesquisadores da área de ciências agrarias sobre acesso aberto. Revista de Ciência da Informação e Documentação, v. 4, n. 2, p. 34-53, jul./dez 2013.

SAYÃO, L. F.; SALES, L. F. Guia de Gestão de Dados de Pesquisa para Bibliotecários e Pesquisadores. Rio de Janeiro: CNEN/IEN, 2015.

SIMBERLOFF, D.; BARISH, B.C.; DROEGEMEIER, K.K.; ETTER, D.M.; FEDOROFF, N.V.; FORD, K. M.; LANZEROTTI, L. J.; LESHNER, A.; LUBCHENCO, J.; ROSSMANN, M. G.; WHITE JR., A. L. Long-lived Digital data collections: enabling research and education in the 21st century. National Science Board, National Science Foundation, 2005. Disponível em: https://www.nsf.gov/pubs/2005/nsb0540/nsb0540_1.pdf. Acesso em: 26 set. 2019.

TANNER, L. J. Declaration of Open Government. Department of Finance and Deregulation. Australia Government. Camberra, Australia. 2010. Disponível em: http://www.finance.gov.au/sites/default/files/Government-Response-to-Gov-2-0-Report.pdf. Acesso em: 26 set. 2019


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Juliana Meireles Fortaleza, Patrícia Rocha Bello Bertin

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.