Proposta de representação temática para o documento audiovisual jornalístico universitário

Palavras-chave: Representação temática da informação. Documento audiovisual jornalístico. Indexação.

Resumo

O estudo tem como proposta identificar e discutir as dinâmicas, que envolvem os processos de uso, apropriação e reapropriação da informação audiovisual jornalística, partindo de uma proposta de aplicação da representação temática da informação especificamente para o documento audiovisual jornalístico. O estudo é visualizado a partir do histórico do documento audiovisual, em especial no cenário jornalístico universitário, na interdisciplinaridade de estudos de áreas como a Biblioteconomia, Ciência da Informação e Jornalismo, visualizando a necessidade de alargamento de pesquisas. A metodologia parte de uma abordagem qualitativa, pesquisa documental e descritiva, apresentando uma proposta de aplicação de representação temática. Dessa forma, é possível fazer alguns apontamento como, por exemplo, a necessidade de uma melhor representação da informação, que identifique a multimidiática (textual, iconográfica e sonora) das características do documento audiovisual jornalístico, propiciando o acesso, uso, recuperação e apropriação da informação em seu caráter audiovisual.

Biografia do Autor

José Jullian Gomes de Souza, Universidade Federal do Cariri
Jornalismo e Mestre em Biblioteconomia, pelo Programa de Pós-graduação em Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri (PPGB/UFCA).
Paulo Eduardo Silva Lins Cajazeira, Universidade Federal do Cariri
Doutor em Comunicação e Semiótica, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Professor da Universidade Federal do Cariri no Curso de Jornalismo e no Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia.

Referências

ALMEIDA, Alcina Laiany Braga; NASCIMENTO, Iúrio Ferreira do. A imagem vale mais. Juazeiro do Norte, 2017. Vídeo (21 min), 3,8 GB, formato MP4.

BARITÉ, Mário. Formación de recursos humanos en el área de información en el Mercosur: compatibilización curricular y competencias del profesional de la información en el Mercosur. Santiago, Chile: Universidad Tecnológica Metropolitana, 1999.

BARRETO. Aldo de Albuquerque. A condição da informação. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 16. n. 3, p. 67-74, 2002.

BARRETO, Aldo de Albuquerque. Uma história da ciência da informação. In: TOUTAIN, Lídia Maria Batista Brandão. (Org.). Para entender a ciência da informação. Salvador: EDUFBA, 2007.

BRASCHER, Marisa; CAFÉ, Lígia. Organização da Informação ou Organização do Conhecimento. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 9., 2008, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: USP, 2008. Disponível em: http://enancib.ibict.br/index.php/enancib/ixenancib/paper/view/3016. Acesso em: 19 ago. 2019.

BELLOTTO, Heloisa Liberralli. Arquivos permanentes: tratamento documental. São Paulo: T. A. Queiroz Editor, 1991.

BUARQUE, Marco Dreer. Estratégias de preservação de longo prazo em acervos sonoros e audiovisuais. In: ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA ORAL, 9., 2008, São Leopoldo, RS. Anais [...]. São Leopoldo, RS: UNISINOS, 2008.

CALDERA-SERRANO, Jorge; MORAL, María Victoria Nuño. Etapas del tratamiento documental de imagen en movimiento para televisión. Revista General de Información y Documentación, v. 12, n. 2, p. 375-392, 2002.

CAPURRO, Rafael. Epistemologia e ciência da informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 5., 2003, Belo Horizonte. Anais [...].

Belo Horizonte: ANCIB, 2003.

CUNHA, Isabel Maria Ribeiro Ferín; MAZINI, Elisabeth Sardelli. Análise documentária: considerações teóricas e experimentações. São Paulo: FEBAB, 1989.

EDMONDSON, Ray. Uma filosofia dos arquivos audiovisuais. Paris: UNESCO, 1998.

FOURNIAL, Catherine. Análisis documental de imágenes en movimiento. Panorama de los archivos audiovisuales. Madrid, Servicios de Publicaciones de RTVE, 1986, p. 249- 258.

FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. A identificação de conceitos no processo de análise de assunto para indexação. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 1, n. 1, p. 60- 90, jul./dez., 2003. Disponível em: http://server01.bc.unicamp.br/revbib/artigos/art_5.pdf. Acesso em: 24 jan. 2020.

FUJITA, Mariângela Spotti. Lopes; LEIVA, Isidoro Gil. Política de indexação latino- americana. In: LEIVA, Isidoro Gil; FUJITA, Mariângela Spotti Lopes. (Ed.). Política de indexação. São Paulo: Cultura Acadêmica; Marília: Oficina Universitária, 2012. p. 121-

Disponível em: https://www.marilia.unesp.br/Home/Publicacoes/politica-de- indexacao_ebook.pdf. Acesso em: 8 abr. 2020.

GUINCHAT, Claire; MENOU, Michel. Introdução geral às ciências e técnicas da informação e documentação. Brasília: IBICT, 1994.

KOBASHI, Nair Yumiko. A elaboração de informações documentárias: em busca de uma metodologia. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) - Escola de Comunicação e Arte, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1994.

LANCASTER, Frederick Wilfrid. Indexação e resumos: teoria e prática. 2. ed. Brasília, DF: Brinquet de Lemos, 2004.

LE COADIC, Yves-François. A ciência da informação. Brasília: Briquet de Lemos, 1994.

LÓPEZ-YEPES, Alfonso et al. Patrimonio sonoro y audiovisual universitario hispano- brasileño (UCM, UEX, UnB, UFBA): cine, prensa, radio, televisión, web social en archivos bibliotecas-centros de documentación. In: CERVERÓ, Aurora Cuevas; CUADRADO, Sonia Sánchez; BAJÓN, Maria Teresa Fernández; SIMEÃO, Elmira. Investigación en Información, documentación y sociedad: Perspectivas y tendencias. Madrid: Universidad Complutense de Madrid, 2017.

MAIMONE, Giovana Deliberalli; KOBASHI, Nair Yumiko; MOTA, Denysson Axel Ribeiro. Indexação: teoria e métodos. In: SILVA, José Fernando Modesto da; PALETTA, Francisco Carlos. (Org.). Tópicos Para o Ensino de Biblioteconomia. São Paulo: ECA/CBD/USP, 2016, v. 1, p. 73-85. Disponível em: http://www3.eca.usp.br/sites/default/files/form/biblioteca/acervo/producao- academica/002749723.pdf Acesso em: 9 abr. 2020.

MAIMONE, Giovana Deliberalli; SILVEIRA, Naira Christofoletti; TÁLAMO, Maria de Fátima Gonçalves Moreira. Reflexões acerca das relações entre representação temática e descritiva. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 21, n. 1, p. 27-35, jan./abr., 2011. Disponível em: http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/issue/archive. Acesso em: 18 jan. 2020.

MIRANDA, Antônio de; SIMEÃO, Elmira Luzia Melo Soares. A conceituação de massa documental e o ciclo de interação entre tecnologia e o registro do conhecimento. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 3, n. 4, p.1-8. ago., 2002. Disponível em: https://www.brapci.inf.br/index.php/article/view/0000001054. Acesso em: 19 jan. 2020.

PEARCE-MOSES, Richard. A glossary of Archival and Records terminology. Chicago: The Society of American Archivists, 2005. Disponível em: http://files.archivists.org/pubs/free/SAA-Glossary-2005.pdf. Acesso em: 5 ago. 2019.

RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

SANTINI, Rose. Marie; CALVI, Juan. C. O consumo audiovisual e suas lógicas sociais na rede. Comunicação, Mídia e Consumo (pp.159-182). V.10, n.27. São Paulo, 2013. Disponível em: http://revistacmc.espm.br/index.php/revistacmc/article/view/531/pdf. Acesso em: 9 abr. 2020.

SANTOS, Francisco Edvander Pires et al. Documento e informação audiovisual: bases conceituais numa perspectiva neodocumentalista. Em Questão, Porto Alegre, v. 24, n. 2, p. 235-259, maio/ago., 2018. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/76085/47504. Acesso em: 28 jul. 2019.

SÁ-SILVA, Jackson Ronie; ALMEIDA, Cristóvão Domingos de; GUINDANI, Joel Felipe. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, n. 1, 2009. Disponível em: https://periodicos.furg.br/rbhcs/article/view/10351/pdf. Acesso em: 9 abr. 2020.

SMIT, Johanna Wilhelmina. A análise da imagem: um primeiro plano. In: SMIT, Johanna Wilhelmina. Análise documentária: a análise da síntese. Brasília: IBICT, 1987.

TAUIL, Júlio César Silveira; SIMIONATO, Ana Carolina. O estado da arte da preservação de acervos audiovisuais. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS, 11., 2016, Londrina. Anais [...]. Londrina, 2016. Disponível em: http://pdf.blucher.com.br.s3-sa-east-1.amazonaws.com/socialsciencesproceedings/xi- sepech/gt1_12.pdf. Acesso em: 20 jul. 2019.

TÁRTAGLIA, Ana Renata; BUTRUCE, Débora. Entre letras e imagens: o acervo audiovisual do arquivo da Academia Brasileira de Letras. Revista do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro n. 9, 2015, p.327-340. Disponível em: www.pro.rio.rj.gov.br/revistaagcrj/wp- content/uploads/2016/11/e09_a19.pdf. Acesso em: 05 jul. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI. Projeto Pedagógico do Curso de Jornalismo. Juazeiro do Norte: UFCA, 2016. Disponível em: https://documentos.ufca.edu.br/wp-folder/wp-content/uploads/2019/08/JornalismoUFCA- Projeto-Pol%C3%ADtico-Pedag%C3%B3gico-2016.pdf. Acesso em: 6 dez. 2019.

Publicado
23/06/2020
Como Citar
SouzaJ. J. G. de, & CajazeiraP. E. S. L. (2020). Proposta de representação temática para o documento audiovisual jornalístico universitário. Ciência Da Informação, 49(2). Recuperado de http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/5223