Bibliotecas virtuais: (r)evolução?

Marília Levacov

Resumo


As novas tecnologias da Informação estão criando "bibliotecas sem paredes para livros sem páginas". Mais conhecidas como "Bibliotecas Virtuais", estas novas formas e suportes estão redefinindo os paradigmas atuais sobre informação, comunicação e próprio âmbito de trabalho dos profissionais da área. Interdisciplinaridade e interatividade tornam-se as novas palavras de ordem. À medida que avançamos na chamada "Era da Informação", esta transição faz surgir a necessidade de repensar os modelos éticos, legais, estéticos, culturais, profissionais e outros, estabelecidos pelo suporte impresso. Ocorrendo paralelamente off e on-line, a também chamada "Revolução da Informação" utiliza uma ampla gama de aplicativos e equipamentos para tornar-se operativa. Coleção versus acesso, usuário local versus remoto, indexação hierárquica ou hipertextual, imprimir e distribuir ou distribuir e imprimir, navegar no oceano da informação ou afogar-se? Este artigo pretende discutir essas questões dentro de um enfoque diacrônico e interdisciplinar, contribuindo para o debate e a reflexão que a convergência de mídias para o suporte digital faz surgir.

Palavras-chave


Bibliotecas virtuais; Informação on-line; Novas tecnologias

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 1969 Marília Levacov

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.


Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
SAUS - Setor de Autarquias Sul, Quadra 5, Lote 6, Bloco H
Seção de Editoração - sala 500
CEP 70070-912
Brasília-DF, Brasil

Licença Creative Commons
Todo o conteúdo publicado nesta revista está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.