Observatório da cidadania: monitorando as políticas públicas em âmbito global

  • Sonia Aguiar Universidade Federal Fluminense (UFF)
Palavras-chave: Processo de globalização, Globalização e os aspectos econômicos e tecnológicos, Organizações civis sem fins lucrativos, políticas, públicas dos governos, corporações transnacionais

Resumo

As análises e discussões teóricas sobre o atual processo de globalização têm dado ênfase aos aspectos econômicos e tecnológicos e seus impactos na vida social e cultural dos indivíduos. Contudo, experiências como a do Social Watch (Observatório da Cidadania em português, Control Ciudadano em espanhol) – uma rede mundial de grupos de cidadãos e organizações civis sem fins lucrativos criada para monitorar as ações de desenvolvimento social – mostram como as informações sobre as políticas públicas dos governos e dos organismos multilaterais podem ser agenciadas e analisadas para subsidiar o processo decisório dos atores sociais, da mesma forma que o fazem as corporações transnacionais. O Observatório da Cidadania estimula a atuação em rede e o intercâmbio de idéias e de informação sobre estratégias bem-sucedidas de combate à pobreza e da discriminação de gênero. Para publicação do seu relatório anual (em inglês, português, espanhol e italiano) e de relatórios locais, nacionais e regionais, a rede coleta, analisa e debate os dados disponíveis em fontes oficiais e alternativas, estruturando seus próprios indicadores de desenvolvimento social. Toda essa informação resulta da competência técnica acumulada por centenas de contra-especialistas no chamado terceiro setor e é veiculada tanto em papel quanto via Internet.

Biografia do Autor

Sonia Aguiar, Universidade Federal Fluminense (UFF)
Doutora em Comunicação pela ECO/UFRJ, em convênio com o IBICT, e professora do Departamento de Comunicação da Universidade Federal Fluminense (UFF)
Publicado
19/08/2013
Como Citar
AguiarS. (2013). Observatório da cidadania: monitorando as políticas públicas em âmbito global. Ciência Da Informação, 28(2). Recuperado de http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/844
Seção
Artigos