#Vem pra rua_Santa Maria: movimentos sociais em rede, mobilização social e usos do Facebook em ações de protesto │ #Vem pra rua_Santa Maria: Social movements network, social mobilization and the role of Facebook in protest activities

Liliane Dutra Brignol

Resumo


RESUMO

O artigo busca refletir, a partir da teoria dos movimentos sociais, sobre as mobilizações que ganharam repercussão no mês de junho de 2013 no Brasil. Para isso, parte de uma observação exploratória em ações de protesto na cidade de Santa Maria, região central do Rio Grande do Sul, sua construção, experimentação e repercussão em eventos no Facebook, de modo a entender o papel das redes sociais online nas lógicas das mobilizações sociais contemporâneas. Foram combinadas estratégias de observação online e offline, aliadas a entrevistas com participantes das manifestações. A análise permite discutir sobre como o Facebook é apropriado para construir uma pauta plural de reivindicações, refletir sobre suas formas de ação, colocar em contato diferenças, criar sentimentos de pertença e vínculos entre sujeitos com posicionamentos diversos e, ainda, construir dinâmicas de interação e visibilidade para as ações de protesto. Tais lógicas obrigam a repensar o campo de estudo dos movimentos sociais.

Palavras-chave: Rede; Movimentos sociais; Redes sociais online; Ações de protesto; Facebook.

ABSTRACT This article proposes to analyze, based on the theory of social movements, the mobilizations that obtained attention in June 2013 in Brazil. Based on the observation of protest activities in the city of Santa Maria, in the central region of Rio Grande do Sul, it examines their development, evaluation and consequences in Facebook, as a means to gain an overall understanding of the role of online social networks within the logic of contemporary social movements. Interviews with protests participants were combined with online and offline strategic observations. The analysis indicates a discussion on how Facebook is used to construct  a plural agenda of demands, to reflect upon forms of action, articulate exchanges between opposites, to create a sense of belonging and a link between subjects with different opinions, as well as to build dynamic interaction and visibility for the protest activities. This particular situation requires reconsidering the theoretical field on social movements.

Keywords: Networks; Social movements; Online social network; Protest activities; Facebook.

Palavras-chave


Rede; Movimentos sociais; Redes sociais online; Ações de protesto; Facebook.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v10i1.670

Apontamentos

  • Não há apontamentos.