A dupla máscara da anarquia: Black Blocs, Anonymous e outros fenômenos │ The double mask of anarchy: Black Blocs, Anonymous and other phenomena

Ivan Capeller

Resumo


RESUMO Uma tentativa de determinar o verdadeiro sentido das manifestações de 2013 no Brasil por de uma dupla articulação entre as contradições sociais e políticas dos próprios manifestantes, de um lado, e as contradições estéticas e culturais expressas pela grande mídia, assim como pela chamada mídia independente, durante a cobertura dos eventos acima mencionados, por outro. Nessa análise, tentamos interpretar o conceito de “violência divina” de Walter Benjamin, alinhado ao conceito de “poder constituinte” tal como analisado por Antonio Negri, com o auxílio do estudo de Giorgio Agamben sobre o “estado de exceção”, para uma nova abordagem da questão da violência nas manifestações e da forma ambígua com que a grande mídia, assim como a chamada mídia independente, lidou com esta questão. Nosso texto acaba com uma análise crítica de dois fenômenos distintos, errônea ou corretamente associados como “anarquistas”: os vários grupos de anonymous e de black blocs que então surgiram, povoando a superfície dos acontecimentos.

Palavras-chave: Estado de exceção; Violência divina; Poder constituinte; Black blocs; Anonymous.

ABSTRACT An attempt to determine the real meaning of last year’s political demonstrations in Brasil by a double articulation between the social and political contradictions of the demonstrators themselves, on one hand, and the cultural and aesthetical contradictions expressed by the big media, as well as by its independent internet counterpart, during their coverage of the above mentioned events, on the other. Throughout this analysis we try to interpret Walter Benjamin’s concept of “divine violence" aligned with Antonio Negri’s study of “the constituent power” and Agamben’s work on the juridical concept of the “state of exception” to try to cope with the violence associated with these demonstrations and the ambiguous way that both the independent and the big media dealt with it. Our analysis ends with a critical appraisal of two distinct, and yet rightfully or wrongfully related, so-called anarchist phenomena: the innumerable groups of black blocs and anonymous that were, from then on, emerging to the surface of the events.

Keywords: State of exception; Divine violence; Constituent power; Black blocs; Anonymous.

Palavras-chave


Estado de exceção; Violência divina; Poder constituinte; Black blocs; Anonymous.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v10i1.700

Apontamentos

  • Não há apontamentos.