Comunicação, vigilância e infraestrutura: tecnopolíticas do espectro eletromagnético | Communication, surveillance and infrastructure: techno-politics of the electromagnetic spectrum

Adriano Belisário, Paulo José O. M. Lara

Resumo


RESUMO Este trabalho analisa algumas dinâmicas técnicas e políticas em torno dos usos e aplicações do espectro eletromagnético. Argumentando que a vigilância é parte intrínseca do desenvolvimento de certo modelo e arquitetura tecnológica em um nível infraestrutural, exploramos conceitos e práticas que buscam novas perspectivas de entendimento e ação dentro dessa camada essencial para os processos de comunicação que é o espectro. Iniciamos apresentando o espectro radioelétrico e seu gerenciamento para em seguida debater a noção de “espectro aberto” e seus usos mais recentes. Ao final, apresentamos exemplos que ilustram concepções alternativas técnicas e políticas por meio da noção de “espectro livre”.

Palavras-Chave: Vigilância; Comunicação; Rádio; Espectro Eletromagnético; Tecnologia.

ABSTRACT This paper examines technical and political dynamics around the uses and applications of the electromagnetic spectrum. Arguing that surveillance is an intrinsic part of the development of a certain technological model and architecture at an infrastructural level, we explore concepts and practices that seek new prospects for understanding and acting in this essential layer for communication processes that is the spectrum. We begin presenting the radio spectrum and its management to then discuss the notion of 'open spectrum' and its most recent uses. At the end, we present examples that illustrate alternative technical and political conceptions by means of the notion of a "free spectrum".

Keywords: Surveillance; Communication; Radio, Electromagnetic Spectrum; Technology.


Palavras-chave


Vigilância; Comunicação; Rádio; Espectro Eletromagnético; Tecnologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v12i2.904

Apontamentos

  • Não há apontamentos.