A mulher como informe: uma maculatura desclassificada na tipografia do informar | The woman as formless: a waste paper declassified in typography of informing

Vinícios Souza de Menezes

Resumo


RESUMO Este texto trata do (não)conceito mulher na história ontológica do informar, cuja cifra é o informe. Aborda a questão marginal do feminino e sua condição desclassificada nas largas linhas do pensamento ocidental, em especial, na visão de Aristóteles e, por ora, também de Sócrates (ou Platão). Como argumento, delineia o informe como uma rasura no conceito de informação e, em paralelo, apresenta a mulher como uma marginália simultânea nesse processo ocidental de obliteração. Por fim, assinala um revém na história conceitual da informação.

Palavras-chave: Desclassificação; Informe; Mulher; Filosofia da Informação.

ABSTRACT This text deals with the woman (non)concept in the ontological history of informing, whose figure is the formless. It addresses the marginal question of the feminine and its declassified condition in the broad lines of Western thought, especially in the view of Aristotle and, for the time being, also of Socrates (or Plato). As an argument, it outlines the formless as a blot in the concept of information and, in parallel, presents women as a marginalia simultaneous in this process of Western obliteration. Finally, it marks a reminder in the conceptual history of information.

Keywords: Desclassification; Formless; Woman; Philosophy of Information.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v14i2.4303

Apontamentos

  • Não há apontamentos.