Modelo de Maturidade para Repositórios Digitais: um caminho para sua adoção na gestão de dados de pesquisa

Claudio José Silva Ribeiro

Resumo


RESUMO O acesso aberto à produção em Ciência e Tecnologia vem impulsionando os debates sobre a adoção e uso de instrumentos para compartilhamento da produção científica. Este relato propõe um modelo de maturidade que trata de forma integrada os repositórios confiáveis de documentos e os repositórios de dados, formando a noção de repositório digital integrado, para posicionar a instituição em um nível de maturidade para estes instrumentos de compartilhamento da produção científica. Apresenta o estudo sobre modelos de maturidade como forma de avaliação da qualidade para repositórios. Adota o modelo CMMI como referência, relacionado os respectivos níveis. Apresenta um estudo sobre repositórios confiáveis e critérios de avaliação, finalizando a proposta com a inclusão dos princípios FAIR no processo de avaliação. Fazendo uso de uma combinação de métodos para desenvolvimento da investigação, propõe a avaliação da qualidade de repositórios do estado do Rio de Janeiro segundo o modelo elaborado. Propõe a consolidação dos resultados em um modelo de avaliação estruturado em níveis de maturidade, incluindo um método de avaliação para repositórios integrados.

Palavras-chave: Modelo de Maturidade; Repositório Digital; Gestão da Qualidade; Ciência Aberta; Repositório Confiável; Princípios FAIR.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v15i2.4816

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Ribeiro

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 _______________________________________________________________________

ISSN: 1808-3536
 
Licença Creative Commons
Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.