Plano de gestão de dados fair: uma proposta para a Fiocruz | Fair data management plan: a proposal for Fiocruz

Viviane Santos de Oliveira Veiga, Patricia Henning, Simone Dib, Erick Penedo, Jefferson da Costa Lima, Luiz Olavo Bonino da Silva, Luís Ferreira Pires

Resumo


RESUMO Este artigo trás para discussão o papel dos planos de gestão de dados como instrumento facilitador da gestão dos dados durante todo o ciclo de vida da pesquisa. A abertura de dados de pesquisa é pauta prioritária nas agendas científicas, por ampliar tanto a visibilidade e transparência das investigações, como a capacidade de reprodutibilidade e reuso dos dados em novas pesquisas. Nesse contexto, os princípios FAIR, um acrônimo para ‘Findable’, ‘Accessible’, ‘Interoperable’ e ‘Reusable’ é fundamental por estabelecerem orientações basilares e norteadoras na gestão, curadoria e preservação dos dados de pesquisa direcionados para o compartilhamento e o reuso. O presente trabalho tem por objetivo apresentar uma proposta de template de Plano de Gestão de Dados, alinhado aos princípios FAIR, para a Fundação Oswaldo Cruz. A metodologia utilizada é de natureza bibliográfica e de análise documental de diversos planos de gestão de dados europeus. Concluímos que a adoção de um plano de gestão nas práticas cientificas de universidades e instituições de pesquisa é fundamental. No entanto, para tirar maior proveito dessa atividade é necessário contar com a participação de todos os atores envolvidos no processo, além disso, esse plano de gestão deve ser machine-actionable, ou seja, acionável por máquina.

Palavras-chave: Plano de Gestão de Dados; Dado de Pesquisa; Princípios FAIR; PGD Acionável por Máquina; Ciência Aberta.

ABSTRACT This article proposes to discuss the role of data management plans as a tool to facilitate data management during researches life cycle. Today, research data opening is a primary agenda at scientific agencies as it may boost investigations’ visibility and transparency as well as the ability to reproduce and reuse its data on new researches. Within this context, FAIR principles, an acronym for Findable, Accessible, Interoperable and Reusable, is paramount, as it establishes basic and guiding orientations for research data management, curatorship and preservation with an intent on its sharing and reuse. The current work intends to present to the Fundação Oswaldo Cruz a new Data Management Plan template proposal, aligned with FAIR principles. The methodology used is bibliographical research and documental analysis of several European data management plans. We conclude that the adoption of a management plan on universities and research institutions scientific activities is paramount. However, to be fully benefited from this activity, all actors involved in the process must participate, and, on top of that, this plan must be machine-actionable.

Keywords: Data Management Plan; Research Data; FAIR Principles; DMP Machine-Actionable; Open Science.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v15i2.5030

Apontamentos

  • Não há apontamentos.