Karl Marx enfrenta o enigma da produção imaterial

Resumo

RESUMO Este artigo apresenta um contraponto a um dos argumentos centrais da vaga pós-modernista, segundo o qual, na sociedade contemporânea, a lei do valor revelada por Karl Marx teria perdido seu caráter explicativo diante da expansão da produção de bens intangíveis como os conteúdos audiovisuais digitais, ebooks e programas de computadores. Nesse sentido, este artigo tem como objetivo analisar como Marx incorporou em seu arcabouço teórico as dinâmicas socioeconômicas envolvidas na produção imaterial. A análise realizada toma como referências principais os três livros que compõem a obra O Capital – Crítica da Economia Política, além dos manuscritos Teorias da Mais-valia – Volume I e Capítulo VI inédito de O Capital.

Palavras-chave: Produção Imaterial; Trabalho Imaterial; Lei do Valor; Marxismo; Karl Marx.

Biografia do Autor

Rodrigo Moreno Marques, Departamento de Teoria e Gestão da Informação na Escola de Ciência da Informação da UFMG.
Doutor em Ciência da Informação pela Escola de Ciência da Informação da UFMG. Professor do Departamento de Teoria e Gestão da Informação na Escola de Ciência da Informação da UFMG. 
Publicado
30/05/2020
Como Citar
MarquesR. M. (2020). Karl Marx enfrenta o enigma da produção imaterial. Liinc Em Revista, 16(1), e5155. https://doi.org/10.18617/liinc.v16i1.5155
Seção
Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura