O objeto de estudo da Ciência da Informação: paradoxos e desafios

Autores

  • Maria Nélida González de Gomez lBlCT

DOI:

https://doi.org/10.18225/ci.inf.v19i2.332

Palavras-chave:

paradoxos e desafios

Resumo

A Ciência da Informação não se Identificaria pela especificação qualitativa de uma ordem de fenômenos de Informação como sendo seu objeto, mas pela Instauração de um "ponto de vista"organizador de um domínio transdisciplinar. Esse ponto de vista afirma a relação entre uma pragmática social de informação (ou"meta-informação") e os "mundos" de vida, de ação, de conhecimento, agindo na construção dos valores de informação.

The study's goal of InformationScience: paradoxes and challenges

Abstract

The identification of Information Science as a subject should not be donne by a qualitative specification of information facts, but through a"point of view" that organizes a trans disciplinar dorna/a This point of view asserts that the relation between a social pragmatic of Information (or"meta-information") and the words of life, action, knowledge, acts towards the construction of Information values.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Maria Nélida González de Gomez, lBlCT
    Mestre em Ciência da Informação pela Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ, doutoranda em Comunicação. Professora da Pós-Graduação em Ciência da Informação/lBlCT em convênio com ECO/UFRJ

Downloads

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

O objeto de estudo da Ciência da Informação: paradoxos e desafios. Ciência da Informação, [S. l.], v. 19, n. 2, 1990. DOI: 10.18225/ci.inf.v19i2.332. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/332.. Acesso em: 24 maio. 2024.