A pesquisa em genética humana sob o prisma das redes: uma abordagem metodológica sobre campo científico e domínio de conhecimento

Autores

  • Lidiane dos Santos Carvalho Fiocruz
  • Regina Marteleto IBICT

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v14i2.4281

Resumo

RESUMO O artigo é um recorte metodológico de uma tese de doutorado cujo objeto é o estudo das redes de pesquisadores da área de genética humana. Apoia-se numa fundamentação teórica que aproxima os princípios conceituais e metodológicos da sociologia do conhecimento (Pierre Bourdieu), aos da organização do conhecimento (Birger Hjørland e outros). Para operacionalizar esses quadros teóricos no estudo de redes de pesquisa, utiliza-se o método de análise de redes sociais (ARS), focando nos seguintes conceitos: domínio de conhecimento; comunidade discursiva; campo científico; capital social; capital científico. Os procedimentos metodológicos foram realizados a partir da extração dos dados de coautorias entre pesquisadores vinculados a pesquisas com o genoma, optando-se pela abordagem de ego rede. O objetivo é analisar os processos de comunicação, autoridade e autoria científica, a fim de estudar este campo científico e domínio de conhecimento por meio da morfologia da rede de pesquisa. Os resultados mostram as seguintes evidências: a natureza da informação compartilhada em coautorias expressa o capital científico do ego e da rede. O capital científico obteve alta convertibilidade em capital social; os objetos de pesquisa, linguagens e classificações se formaram na medida do lançamento de novos editais do projeto genoma, geralmente com chamadas específicas de agências de fomento. Conclui-se que em redes de pesquisa nesse domínio – a genética humana–,a conversão do capital científico em capital social funcionacomo uma espécie de mobilizador de trocas simbólicas e meio de provera energia relacional necessária para firmar acordos, estabelecer elos e parcerias e manter grupos de interesses disciplinares e interdisciplinares interligados.

Palavras-chave: Produção do Conhecimento Científico; Análise de Redes Sociais (ARS); Análise de Domínio; Genética Humana; Campo Científico.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

17/12/2018

Edição

Seção

Organização do Conhecimento: agendas sociopolíticas e seus conflitos históricos

Como Citar

A pesquisa em genética humana sob o prisma das redes: uma abordagem metodológica sobre campo científico e domínio de conhecimento. Liinc em Revista, [S. l.], v. 14, n. 2, 2018. DOI: 10.18617/liinc.v14i2.4281. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/4281.. Acesso em: 16 jun. 2024.