A representação da autoria e o seu contexto social

Autores

  • Naira Christofoletti Silveira UNIRIO

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v14i2.4323

Resumo

RESUMO A organização do conhecimento pode ser estudada sob vários aspectos. Neste texto, o foco é a representação descritiva. O contexto histórico, social e político que permeia o documento e o usuário é fundamental para a reflexão do papel social da representação descritiva. Destaca-se que a autoria pode ser representada tanto na descrição bibliográfica como nos pontos de acesso. Para embasar essa reflexão, serão utilizados os cartazes do grupo de artistas franceses Atelier Populaire, que colocaram em evidência o dilema materialista-histórico da luta de classes em maio de 1968. Por fim, existem inúmeros elementos que podem ser evidenciados ou desconsiderados na representação, eles devem respeitar os diferentes contextos.

Palavras-chave: Representação Descritiva; Autoria; Representação Bibliográfica; Movimentos Sociais.

Downloads

Publicado

17/12/2018

Edição

Seção

Organização do Conhecimento: agendas sociopolíticas e seus conflitos históricos

Como Citar

A representação da autoria e o seu contexto social. Liinc em Revista, [S. l.], v. 14, n. 2, 2018. DOI: 10.18617/liinc.v14i2.4323. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/4323.. Acesso em: 15 jul. 2024.