O dispositivo como unidade básica do conhecimento na web semântica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v14i2.4326

Resumo

RESUMO As bases teóricas que sustentam a proposta de elaboração de um sistema de organização do conhecimento capaz de superar as limitações da abordagem dicotômica tradicional podem ser simbolizadas com o deslocamento da representação imagética do conhecimento da árvore para o rizoma. Neste contexto, o presente artigo propõe a adoção da noção filosófica de dispositivo como unidade básica do conhecimento em sistemas orientados pela recuperação. Para tanto, são investigadas as origens históricas desse deslocamento e analisados os seus impactos na web – um ambiente informacional que se torna maior a cada instante, em termos de volume de dados, e mais complexo, no que diz respeito à dispersão e à fragmentação da informação. São discutidos ainda os desafios e possíveis desdobramentos relativos à organização do conhecimento e à recuperação da informação no âmbito da web semântica.

Palavras-chave: Sistema de Organização do Conhecimento; Classificação; Recuperação; Conceito.

Downloads

Publicado

17/12/2018

Edição

Seção

Organização do Conhecimento: agendas sociopolíticas e seus conflitos históricos

Como Citar

O dispositivo como unidade básica do conhecimento na web semântica. Liinc em Revista, [S. l.], v. 14, n. 2, 2018. DOI: 10.18617/liinc.v14i2.4326. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/4326.. Acesso em: 18 jul. 2024.