Afrocentricidade, Memória e Informação

Autores

Palavras-chave:

Afrocentricidade, Paradigma, Memória, Informação, Biblioteca, Afro - brasileiro

Resumo

Destacando a via afrocêntrica do pensamento, este artigo analisa os conceitos de memória e patrimônio afro-brasileiro no contexto da Biblioteconomia e Ciência da Informação. Pergunta como a temática cultura afro-brasileira é abordada na literatura especializada da área. A hipótese é que o processo histórico de escravização e racismo escamoteou os saberes negros, reduzindo-os a uma presença à margem do núcleo acadêmico-científico dominante. A pesquisa é exploratória e o método utilizado foi qualitativo e reflexivo, com base em revisão bibliográfica. Também foi realizado um levantamento de artigos científicos sobre o tema na base BRAPCI. Foi usada a filosofia Sankofa para nortear a construção do artigo e a exposição dos argumentos. As pesquisas estão voltadas para a compreensão dos paradigmas científicos na Ciência da Informação, para a ausência de teorias e metodologias no tratamento da informação etnicorracial, para a necessidade de inclusão de conteúdos afrocêntricos no ensino, para a introdução da temática na pesquisa de pós-graduação e para a formação de um profissional capacitado para atuar no desenvolvimento de acervos cultural e socialmente representativos. A discussão dos resultados baseou-se nas categorias desenvolvidas na revisão e naquelas que foram identificadas no corpus de análise. Conclui que há uma ênfase em afirmar a necessidade de inclusão das memórias e dos conhecimentos da população afro-brasileira em ambientes institucionais, como universidades e unidades de informação. Contribui ao evidenciar que a pluralidade e diversidade na formação do pensamento, nos ambientes de preservação de memórias e disseminação de saberes dependerão de ações e atitudes cada vez mais práticas.

Referências

AGUIAR, Niliane Cunha e JESUS, Juliana de, 2019. Gestão informacional do Museu Afro-Brasileiro de Sergipe (MABS) e a salvaguarda do patrimônio cultural da cidade de Laranjeiras/SE. Revista Fontes Documentais [em linha]. 2019. vol. 2, no. 2, p. 7-23. [Acesso em 21 julho 2020]. Disponível em: https://aplicacoes.ifs.edu.br/periodicos/index.php/fontesdocumentais/article/view/439/352

ALAMEIDA, Tatiana, SALDANHA, Gustavo Silva e RIBEIRO, Ana Rosa Pais, 2016. Memória, esquecimento e recuperação da informação: contradição e dialética da práxis na organização do conhecimento. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Salvador, BA: UFBA. 2016. [Acesso em 13 abril 2021]. 17. Disponível em: http://200.20.0.78/repositorios/bitstream/handle/123456789/3402/2016_GT2-CO_30.pdf?sequence=1

ALVARENGA, Lídia, 2003. Representação do conhecimento na perspectiva da Ciência da Informação em tempo e espaço digitais. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação [em linha]. 2003. no. 15, p.18-40. [Acesso em 12 abril 2021]. DOI https://doi.org/10.5007/1518-2924.2003v8n15p18. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2003v8n15p18/5233

ALVES, Ana Paula Meneses, 2015. História e memória por meio de coleções especiais: o caso da Biblioteca da Unesp/FCLAr. Em: Acervos especiais: memórias e diálogos [em linha]. São Paulo, SP: Cultura Acadêmica. p.45-69. [Acesso em 14 abril 2021]. Disponível em: https://www.fclar.unesp.br/Home/Instituicao/Administracao/DivisaoTecnicaAcademica/ApoioaoEnsino/LaboratorioEditorial/colecao-memoria-da-fcl-n9.pdf#page=46

AQUINO, Mirian Albuquerque e PEREIRA, Cleyciane Cássia Moreira, 2012. A presença das narrativas míticas de ancestralidade africana como elementos de informação e preservação da memória. Ponto de Acesso [em linha]. 2012. vol. 6, no. 2, p. 110-135. [Acesso em 01 julho 2020]. DOI http://dx.doi.org/10.9771/1981-6766rpa.v6i2.4824. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/4824/4559

AQUINO, Mirian Albuquerque, SILVA JÚNIOR, Jobson Francisco da e SILVA, Leyde Klébia Rodrigues da, 2014. Comunidades virtuais de música como subsídio para a construção da identidade afrodescendente. Perspectivas em Ciência da Informação [em linha]. 2014. vol. 19, no. 1, p. 75-89. [Acesso em 15 julho 2020]. http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/1807/1246

AQUINO, Mirian de Albuquerque, 2010. Políticas de informação para inclusão de negros afrodescendentes a partir de uma nova compreensão da diversidade cultural. Inclusão Social [em linha]. 2010. vol. 3, no. 2. [Acesso em 21 julho 2020]. Disponível em: http://revista.ibict.br/inclusao/article/view/1629

AQUINO, Mirian de Albuquerque, 2013. A inclusão afrodescendente na era da informação. Revista Digital de Biblioteconomia & Ciência da Informação [em linha]. 2013. vol. 11, no. 2, p.61-75. [Acesso em 21 julho 2020]. DOI https://doi.org/10.20396/rdbci.v11i2.1638. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1638/pdf

AQUINO, Mirian de Albuquerque, COSTA, Antonio Roberto Faustino, WANDERLEY, Alba Cleide Calado, BEZERRA, Lebiam Tamar Silva, LIMA, Izabel França e SANTIAGO, Stella Moraes, 2007. A ciência em ação: o museu virtual de imagens da cultura africana e afrodescendente. Inclusão Social [em linha]. 2007. vol. 2, no. 1. [Acesso em 21 julho 2020]. Disponível em: http://revista.ibict.br/inclusao/article/view/1587

ASANTE, Molefi Kete, 2009. Afrocentricidade: notas sobre uma posição disciplinar. Em: Afroncentricidade: uma abordagem epistemológica inovadora. São Paulo, SP: Selo Negro. p. 93-110. (Sankofa: matrizes africanas na cultura brasileira; 4). [Acesso em 7 abril 2021]. Disponível em: https://afrocentricidade.files.wordpress.com/2016/04/afrocentricidade-uma-abordagem-epistemolc3b3gica-inovadora-sankofa-4.pdf

BASTOS, Flávia M. C, 2009. Art education in the spirit of Sankofa. Art Education [em linha]. 2009. vol. 62, no. 2, p. 5. [Acesso em 23 março 2021]. DOI https://doi.org/10.1080/00043125.2009.11519005. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/pdf/27696323.pdf?refreqid=excelsior%3Ada723170bedbfdfb69c9dcee209f1bdf

BRITO, Rosaly, ESTEVES, Lorena e VENTURA, Jússia, 2019/2020. Mulheres negras não foram feitas para carregar livros: tensionamento e resposta social em rede na Feira Pan-Amazônica do livro no Pará. Logeion: Filosofia da Informação [em linha]. 2019/2020. vol. 6, no. 1, p.106-125. [Acesso em 14 abril 2021]. DOI https://doi.org/10.21728/logeion.2019v6n1.p106-125. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/122567

BRITTO, Clovis Carvalho e LIMA, Kellen Josephine Muniz de, 2019. Sacrifício ritual nas religiões afro-brasileiras: reflexões sobre patrimonialização, memória e anarquivamento. Informação & Informação [em linha]. 2019. vol. 24, no. 3, p. 433-451. [Acesso em 13 julho 2020.]. DOI http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n3p433. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/35621

CARDOSO, Francilene do Carmo e NÓBREGA, Nanci Gonçalves da, 2011. A biblioteca pública na (re) construção da identidade negra. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Niterói, RJ: UFF. 2011. [Acesso em 17 julho 2020]. 12. Disponível em: http://repositorios.questoesemrede.uff.br/repositorios/bitstream/handle/123456789/2187/A%20biblioteca%20-%20Cardoso.pdf?sequence=1

CARDOSO, Francilene do Carmo, 2010. Memória, informação e identidade negra na biblioteca pública. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Rio de Janeiro, RJ: IBICT. 2010. [Acesso em 13 julho 2020]. 11. Disponível em: http://200.20.0.78/repositorios/bitstream/handle/123456789/2226/Mem%c3%b3ria%20-%20Cardoso.pdf?sequence=1

CARDOSO, Francilene do Carmo, 2011. A biblioteca pública na (re) construção da da identidade negra [em linha]. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação). Niterói, RJ: Universidade Federal Fluminense. [Acesso em 30 junho 2020]. Disponível em: https://app.uff.br/riuff/bitstream/1/10219/1/Diss_FrancileneCarmo.pdf

CHAUMIER, Jacques, 1973. Os sistemas documentais. Em: As técnicas documentais. Tradução de Jorge de Sampaio. Mem Martins, Lisboa: Publicações Europa-América. p.13-25

CHAUMIER, Jacques, 1988. Indexação: conceitos, etapas e instrumentos. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação [em linha]. 1988. vol. 21, no ½, p. 63-79. [Acesso em 12 abril 2021]. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/viewFile/388/362

CINTRA, Anna Maria Marques, TÁLAMO, Maria de Fátima Gonçalves Moreira, LARA, Marilda Lopes Ginez de e KOBASHI, Nair Yumiko, 2002. Linguagens documentárias. Em: Para entender as linguagens documentárias [em linha]. São Paulo, SP: Polis. p.33-47. [Acesso em 3 abril 2021]. Disponível em: https://www.academia.edu/36146752/CINTRA_Para_entender_as_linguagens_documentarias.

COSTA, Deniz e MIRANDA, Marcos, 2019. A organização do conhecimento sobre umbanda e sua representação bibliográfica: uma análise exploratória a partir de registros bibliográficos. Informação e Informação [em linha]. 2019. vol. 24, no. 3, p.154-182. [Acesso em 12 abril 2021]. DOI http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2019v24n3p154. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/134243

CUNHA, Isabel Maria Ferin, 1987. Documentação africanista: linguagem e ideologia. Ciência da Informação [em linha]. 1987. Vol. 16, no. 1. [Acesso em 13 abril 2021]. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/52847

CUNHA, Marcelo Nascimento Bernardo, 2017. Museus, memórias e culturas afro-brasileiras. Revista do centro de pesquisa e informação [em linha]. 2017. no. 5. [Acesso em 10 maio 2020]. Disponível em: https://www.sescsp.org.br/files/artigo/4e6f109d/d1c0/4350/953c/c36cbae0f9fc.pdf

DODEBEI, Vera Lucia Doyle Lousada de Mattos, 2010. Informação, memória, conhecimento: convergência de campos conceituais. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Rio de Janeiro, RJ: IBICT. 2010. [Acesso em 13 abril 2021]. 11. Disponível em: http://repositorios.questoesemrede.uff.br/repositorios/bitstream/handle/123456789/2185/Informa%c3%a7%c3%a3o%20-%20Dobedei.pdf?sequence=1

GOMES, Elisângela, 2016. Afrocentricidade: discutindo as relações étnico-raciais na biblioteca. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina [em linha]. 2016. vol. 21, no. 3, p. 738- 752. [Acesso em 12 junho 2020]. Disponível: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1216

GOMES, Elisângela, 2018. Discursos insubmissos na diáspora negra. Em: Bibliotecári@s Negr@s: ação, pesquisa e atuação política [em linha]. Florianópolis, SC: Associação Catarinense de Bibliotecários. p. 17-38. [Acesso em 15 abril 2021]. Disponível em: https://3b2d7e5d-8b9a-4847-aa3e-40931d588fb7.filesusr.com/ugd/c3c80a_a60158077d374faa83975f7fd6328b30.pdf

GONZALEZ, Lélia, 1988. A categoria político-cultural de amefricanidade. Tempo Brasileiro [em linha]. 1988. vol. 92, no. 93, p. 69-82. [Acesso em 10 junho 2020]. Disponível em: https://negrasoulblog.files.wordpress.com/2016/04/a-categoria-polc3adtico-cultural-de-amefricanidade-lelia-gonzales1.pdf

HOLANDA, Adriana Buarque de, 2011. Memória e esquecimento na Ciência da Informação: um estudo exploratório [em linha]. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação). Recife, PE: Universidade Federal de Pernambuco. [Acesso em 30 junho 2020]. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/1330/1/arquivo7106_1.pdf

LIMA, Graziela dos Santos e ALMEIDA, Carlos Cândido de, 2019. Abordagens socioculturais na organização do conhecimento: subsídios teóricos para representação da cultura afro-brasileira. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Florianópolis, SC: Ancib; UFSC. 2019. [Acesso em 30 junho 2020]. 20. Disponível em: https://conferencias.ufsc.br/index.php/enancib/2019/paper/view/1451/835

LIMA, Graziela dos Santos, SILVA, Franciéle Carneiro Garcês da, COSTA, Amabile, SILVA, Andreia Sousa da e SOUZA, Gisele Karine Santos de, 2018. Africanizando os acervos: política de gestão de acervos para bibliotecas especializadas na temática afro-brasileira e africana. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação [em linha]. 2018. vol. 14, no. 3, p. 88-103. [Acesso em 30 junho 2020]. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1056

LIMA, Valdir, 2015. Cultos Afro-Brasileiros na Paraíba: memória em construção. Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia [em linha]. 2015. vol. 10, no. 2, p 56-63. [Acesso em 15 junho 2020]. DOI https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2015v10n2.25110. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/pbcib/article/view/25110/13711


MAZAMA, Ama, 2009. A afrocentricidade como um novo paradigma. Em: Afroncentricidade: uma abordagem epistemológica inovadora. São Paulo, SP: Selo Negro. p. 111-127. (Sankofa: matrizes africanas na cultura brasileira; 4). [Acesso em 7 abril 2021]. Disponível em: https://afrocentricidade.files.wordpress.com/2016/04/afrocentricidade-uma-abordagem-epistemolc3b3gica-inovadora-sankofa-4.pdf

MIRANDA, Marcos Luiz Cavalcanti de, 2009. A organização do etnoconhecimento: a representação do conhecimento afrodescendente em religião na CDD. Revista África e Africanidade [em linha]. 2009. ano. 1, no. 4. [Acesso em 13 abril 2021]. Disponível em: https://africaeafricanidades.net/documentos/A_organizacao_do_etnoconhecimento.pdf

MUNANGA, Kabengele, 1990. Negritude afro-brasileira: perspectivas e dificuldades. Revista de Antropologia [em linha]. 1990. vol. 33, p. 109-117. [Acesso em 13 abril 2021]. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ra/article/view/111217/109498

NASCIMENTO, Elisa Narkin, 2008. Sankofa: significados e intenções. Em: A matriz africana no mundo. São Paulo, SP: Selo Negro. (Sankofa: matrizes africanas na cultura brasileira; 1). [Acesso em 10 abril 2021]. Disponível em: https://afrocentricidade.files.wordpress.com/2016/04/a-matriz-africana-no-mundo-colec3a7c3a3o-sankofa.pdf

NASCIMENTO, Elisa Narkin, 2009. Afroncentricidade: uma abordagem epistemológica inovadora. São Paulo, SP: Selo Negro. (Sankofa: matrizes africanas na cultura brasileira; 4). [Acesso em 7 abril 2021]. Disponível em: https://afrocentricidade.files.wordpress.com/2016/04/afrocentricidade-uma-abordagem-epistemolc3b3gica-inovadora-sankofa-4.pdf

OLIVEIRA, Henry Pôncio Cruz de e AQUINO, Mirian de Albuquerque, 2012. O conceito de informação etnicorracial na Ciência da Informação. Liinc em revista [em linha]. 2012. vol. 8, no. 1, p.466-492. [Acesso em 13 junho 2020]. DOI https://doi.org/10.18617/liinc.v8i2.453. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/3336/2943

ORTOLAN, Luciana Pereira Vicente, SILVA, Marcio Ferreira da, ALVES, Roberta Caroline Vesu e MARTÍNEZ-ÁVILA, Daniel, 2017. As temáticas sobre o negro na Ciência da Informação brasileira. Biblionline [em linha]. 2017. vol. 13, no. 3, p. 14-29. [Acesso em 12 abril 2021]. DOI https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4775.2017v13n3.35715. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/49567

OSEI, Elisabeth Abena, 2020. Wakanda Africa do you see? Reading black panther as a decolonial film through the lens of the Sankofa theory. Critical Studies in Media Communication [em linha]. 2020. vol. 37, no. 4, p. 378-390. [Acesso em 23 março 2021]. DOI https://doi.org/10.1080/15295036.2020.1820538. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/pdf/10.1080/15295036.2020.1820538

POLLAK, Michael, 1983. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos [em linha]. 1983. vol. 2, no. 3, p.3-15. [Acesso em 13 abril 2021]. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/reh/article/view/2278/1417

RODRIGUES, Georgete Medleg e OLIVEIRA, Eliane Braga de, 2015. Memória e esquecimento no mundo virtual: os mesmos fios tecendo uma nova trama? Liinc em Revista [em linha]. 2015. vol. 11, no. 1, p. 91-105. [Acesso em 12 abril 2021]. DOI http://dx.doi.org/10.18225/liinc.v11i1.786. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/96439

SANKOFA, 2016. Em: Abdias do Nascimento [em linha]. São Paulo, SP: ItaúCultural. [Acesso em 23 março 2021]. Disponível em: https://www.itaucultural.org.br/ocupacao/abdias-nascimento/sankofa/

SANTANA, Sérgio Rodrigues de Santana, OLIVEIRA, Henry Poncio Cruz de e LIMA, Izabel França de, 2016. Informação étnico-racial na memória da produção científica do grupo NEPIERE. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Salvador, BA: UFBA. 2016. [Acesso em 30 julho 2020]. 17. Disponível em: http://www.ufpb.br/evento/index.php/enancib2016/enancib2016/paper/viewFile/4136/2377

SANTANA, Vanessa Alves e AQUINO, Miriam de Albuquerque, 2009. A responsabilidade social e ética e a inclusão de afrodescendentes em discursos de profissionais da informação em universidade pública. Biblionline [em linha]. 2009. vol. 5, no. ½. [Acesso em 24 julho 2020]. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/3945/3110

SANTOS, Andréia dos, COSTA, Amabile, BARROS, Camila Monteiro de e VITAL, Luciane Paula, 2020. Representação terminológica da população negra em tesauros. Informação & Informação. [em linha]. 2020. vol. 25, no. 1, p. 254-275. [Acesso em: 24 julho 2020]. DOI http://dx.doi.org/10.5433/1981-8920.2020v25n1p254. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/35453

SILVA JÚNIOR, Jobson Francisco da, SEVERO, Ronhely Pereira e AQUINO, Miriam de Albuquerque, 2013. Imagens de exclusão de negros/as em produção de conhecimento nas universidades públicas. Ponto de Acesso [em linha]. 2013. vol. 7, no. 3, p. 78-92. [Acesso em 30 junho 2020]. DOI http://dx.doi.org/10.9771/1981-6766rpa.v7i3.8175. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/revistaici/article/view/8175/6937

SILVA, Andréia Souza da e FONTES, Sandra Regina, 2017. Diversidade étnica na biblioteca e a aplicação da lei nº 10.639/03. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação [em linha]. 2017. vol. 4, no. 1, p. 199-214. [Acesso em 28 julho 2020]. Disponível em: https://portal.abecin.org.br/rebecin/article/view/72/pdf

SILVA, Andréia Souza da e KARPINSKI, Cézar, 2018. O contexto informacional dos núcleos de estudos afro-brasileiros: analisando o facebook como uma fonte de informação étnico-racial. Liinc em revista [em linha]. 2018. vol. 14, no. 2, p.276-294. [Acesso em 28 julho 2020]. DOI http://dx.doi.org/10.18617/liinc.v14i2.4288. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/4288/3951

SILVA, Andréia Souza da e LIMA, Graziela dos Santos, 2019. Construindo a visibilidade da cultura negra: ações socieducativas para combater o racismo nos espaços informacionais. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina [em linha]. 2019. vol. 24, no. 2, p. 333-344. [Aceso em 28 julho 2020]. Disponível em: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1614

SILVA, Franciéle Carneiro Garcês, PIZARRO, Daniela Câmara e SALDANHA, Gustavo Silva, 2017. As temáticas africana e afro- brasileira em biblioteconomia e ciência da informação. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Marília, SP: Ancib; Unesp. 2017. [Acesso em 28 julho 2020]. 18. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/125069

SOARES, Cecília C. Moreira, 2017. Memória afro, identidade, territorialidade e espaços museais. Cadernos de Sociomuseologia [em linha]. 2017. vol. 53, no. 9, p. 123-134. [Acesso em 15 junho 2019]. DOI https://doi.org/10.36572/csm.2017.vol.53.06. Disponível em: https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/5890

STRINGER-STANBACK, Kynita, 2019. From slavery to college loans. Library Trends [em linha]. 2019. vol. 68, no. 2, p. 316-329. [Acesso em 24 março 2021]. DOI https://doi.org/10.1353/lib.2019.0041. Disponível em: https://muse-jhu-edu.ez67.periodicos.capes.gov.br/article/746750/pdf

TANUS, Gustavo e TANUS, Gabrielle Francinne de S. C, 2018. As bibliotecas públicas e a importância da formação e desenvolvimento dos acervos de literatura afro-brasileira. Em: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação [em linha]. Londrina, PR: Ancib; UEL. 2018. [Acesso em 20 julho 2020]. 19. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/XIX_ENANCIB/xixenancib/paper/view/927/1668

TARTAROTTI, Roberta Cristina Dal’Evedove, DAL’EVEDOVE, Paula Regina e FUJITA, Mariângela Spotti Lopes, 2017. Concepções de docentes brasileiros sobre o ensino da análise de assunto. Em: Memória, tecnologia e cultura na organização do conhecimento [em linha]. Recife, PE: Ed. UFPE. p.111-119. (Estudo Avançados em Organização do Conhecimento, v.4). [Acesso em 12 abril 2021]. Disponível em: http://isko-brasil.org.br/wp-content/uploads/2013/02/livro-ISKO-2017.pdf

TEMPLE, Cristel N, 2010. The emergence of Sankofa practice in the United States: a modern history. Journal of Black Studies [em linha]. 2010. vol. 41, no. 1, p. 127-150. [Acesso em 22 março 2021]. DOI https://doi.org/10.1177/0021934709332464. Disponível em: https://journals-sagepub-com.ez67.periodicos.capes.gov.br/doi/pdf/10.1177/0021934709332464

VALÉRIO, Erinaldo e SILVA, Dávila Maria Feitosa, 2017. Discutindo as relações raciais: os trabalhos de conclusão de curso em Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri – UFCA. Rebecin: Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação [em linha]. 2017. vol.4, p.132-145. [Acesso em 14 abril 2021]. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/87084

WYNTER-HOYTE, Kamania e SMITH, Mukkaramah, 2020. “Hey, black child. Do you know who you are?” Using african diaspora literacy to humanize blackness in early childhood education. Journal of Literacy Research [em linha]. 2020. vol. 52, no. 4, p. 406-431. [Acesso em 23 março 2021]. DOI https://doi.org/10.1177/1086296X20967393. Disponível em: https://journals-sagepub-com.ez67.periodicos.capes.gov.br/doi/pdf/10.1177/1086296X20967393

Downloads

Publicado

30/11/2021

Edição

Seção

Decolonialidade e Ciência da Informação: veredas dialógicas

Como Citar

Afrocentricidade, Memória e Informação. Liinc em Revista, [S. l.], v. 17, n. 2, p. e5731, 2021. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/5731.. Acesso em: 23 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 389

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.