Contribuições de Paulo Freire e Muniz Sodré ao enfrentamento das guerras culturais: uma análise da pauta indígena na Agência Brasil 2015-2023

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18617/liinc.v19i2.6601

Palavras-chave:

Cotidiano;, Midiatização;, Comunicação Pública, Paulo Freire, Muniz Sodré

Resumo

Utilizando conceitos das teorias de cotidiano e de midiatização, trabalharemos no artigo com autores como Agnes Heller (suspensão do cotidiano), Michel de Certeau (tática e estratégia), Patrícia Saldanha (midiatização latina), Jairo Ferreira (midiatização como construção social e desconstrução do real) e Jesús Martín-Barbero (mediação) para dialogar com a mediatização trazida por Paulo Freire e a midiatização da qual fala Muniz Sodré. O objetivo é colocar essas teorias em diálogo com a prática da comunicação pública no Brasil. Traremos como exemplo as táticas de resistência dos trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), em conjunto com a sociedade civil, para manter a comunicação pública ativa, mesmo sob forte censura e vigilância durante os governos Michel Temer e Jair Bolsonaro. Como exemplo prático, será feita uma análise amostral da pauta indígena na Agência Brasil, com a cobertura dos Jogos Mundiais Indígenas de 2015, o apagamento nos anos subsequentes e a cobertura da crise humanitária Yanomami em Roraima no começo de 2023. Ambas coberturas de relevância que demonstram a importância da comunicação pública para contrapor discursos hegemônicos de apagamento cultural vivido pelos povos indígenas

Biografia do Autor

  • Akemi Nitahara Souza, Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano, Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, Brasil

    Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Mídia e Cotidiano (PPGMC)

Referências

BRAGA, José Luiz, 2012. Parte 1 - Mediação & midiatização: conexões epistemológicas - Circuitos versus campos sociais. In: MATTOS, MA., JANOTTI JUNIOR, J., and JACKS, N., orgs. Mediação & midiatização [online]. Salvador, BA: EDUFBA, pp. 29-52.

BRASIL, 2008. Lei nº 11.652, de 7 de abril de 2008. Brasília: Casa Civil.

BRASIL DE FATO, 2020. Indígenas denunciam censura no jornalismo da EBC durante a pandemia. Brasil de Fato [on-line]. São Paulo, 15 jul. 2020. [Acesso em 30 abr. 2023]. Disponível em https://www.brasildefato.com.br/2020/07/15/indigenas-denunciam-censura-no-jornalismo-da-ebc-durante-a-pandemia.

CERTEAU, Michel de, 2014. A invenção do cotidiano: 1. Artes de fazer. 21ª edição. Petrópolis: Vozes.

DOSSIÊ Censura EBC 4ª edição. Comissão de Empregados da EBC. Sindicatos dos Jornalistas DF, Rio e SP; Sindicatos dos Radialistas DF, RJ e SP; Federação Nacional dos Jornalistas: out. 2022. [On-line]. Acesso em: 31 out. 2023. Disponível em: https://ouvidoriacidadaebc.org/dossie-de-censura-e-governismo-na-ebc-trabalhadores-denunciam-pratica-sistematica-em-todos-os-veiculos/

FERREIRA, Jairo, 2022. Epistemologias da Midiatização: Hipóteses no nível da macroanálise. Em: FELIX, Carla Baiense; BEDRAN, Laura; SALDANHA, Patrícia. Mídia e midiatização do cotidiano. Rio de Janeiro: Garamond.

FREIRE, Paulo, 2011. A pedagogia da Autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra. E-book Kindle.

FREIRE, Paulo, 2019. A pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra. E-book Kindle.

FREIRE, Paulo, 2021. Extensão ou Comunicação? Rio de Janeiro / São Paulo: Paz e Terra.

FREIRE, Paulo, 2022. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

HELLER, Agnes, 2021. O cotidiano e a história. 12a ed. São Paulo / Rio de Janeiro: Paz e Terra.

HUNTER, James Davison, 2022. A guerra cultural contínua. [On-line]. Pol. Cult. Rev., Salvador, v. 15, n. 1, p. 22-62, jan./jun. 2022. [Acesso em 14 nov. 2023]. Disponível em: https://periodicos.ufba.br/index.php/pculturais/article/view/48385/27344. DOI: https://doi.org/10.9771/pcr.v15i1.48385

LIMA, Venício A. de, 2021. Paulo Freire: A prática da liberdade, para além da alfabetização. São Paulo: Fundação Perseu Abramo.

MARTÍN-BARBERO, Jesús, 2009. Uma aventura epistemológica. Entrevistador: Maria Immacolata Vassallo de Lopes. Matrizes, São Paulo, SP, v. 2, n. 2, p. 143-162, jul./dez. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v2i2p143-162

NITAHARA, Akemi; LUZ, Cristina Rego Monteiro da, 2020. A EBC e a Comunicação Pública no Brasil. [On-line] LIINC EM REVISTA, Rio de Janeiro, v. 16, n. 1, e 5130, maio 2020. [Acesso em 30 abr. 2023]. Disponível em: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/5130. DOI: https://doi.org/10.18617/liinc.v16i1.5130

NITAHARA, Akemi; LUZ, Cristina Rego Monteiro da, 2021a. O Desmonte da Participação Social na EBC. [On-line]. REVISTA EPTIC, v. 13, n. 2 p. 22. [Acesso em 30 abr. 2023]. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/eptic/article/view/13770.

NITAHARA, Akemi; LUZ, Cristina Rego Monteiro da, 2021b. A cobertura da Agência Brasil nos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas 2015. [On-line]. In Anais da XX Conferência brasileira de folkcomunicação: narrativas, ritos, saberes e interculturalidade / Organização: Protásio Cézar dos Santos [et al] — São Luís: EDUFMA. [Acesso em 30 abr. 2023] Disponível em: https://ebook.shcomunicacao.com.br/2022/01/04/folkcomunicacao-narrativas-ritos-saberes-e-interculturalidade/.

NITAHARA, Akemi, 2022. A ouvidoria cidadã da EBC e a retomada da participação social na empresa pública. in MEDEIROS, Magno; MAINIERI, Tiago. Comunicação pública e cidadania: experiências e práticas inovadoras [Ebook]. [On-line]. Volume 2. Goiânia: Cegraf UFG. [Acesso em 30 abr. 2023]. Disponível em: https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/76/o/comunicacao_publica_e_cidadania_v_2.pdf.

OUVIDORIA CIDADÃ DA EBC, 2022. Quantos caracteres os povos indígenas merecem? Ouvidoria Cidadã da EBC. Brasil, 11 de outubro de 2022 [on-line]. [Acesso em 30 abr. 2023]. Disponível em https://ouvidoriacidadaebc.org/quantos-caracteres-os-povos-indigenas-merecem/.

SALDANHA, Patrícia G, 2022. Midiatização Latina: uma perspectiva crítica sobre os impactos sociais da comunicação digital no cenário popular, comunitário e cidadão. Em: PERUZZO, C. et al. Reivindicar el cambio: comunicación popular, comunitaria y ciudadanía en América Latina. 1a ed. – Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Argentina: Huvaití Ediciones.

SODRÉ, Muniz 1977. O monopólio da fala: função e linguagem da televisão no Brasil. Petrópolis, RJ: Vozes

SODRÉ, Muniz 1977, 2002. Antropológica do Espelho. Petrópolis: Vozes.

SODRÉ, Muniz 1977, 2014. A ciência do comum: notas para o método comunicacional. Petrópolis, RJ: Vozes.

YANOMAMI, Hutukara Associação; YE’KWANA, Associação Wanasseduume, 2021. Cicatrizes na floresta: evolução do garimpo ilegal na TI Yanomami em 2020. [On-line]. São Paulo: ISA. [Acesso em 14/11/2023]. Disponível em: https://acervo.socioambiental.org/acervo/documentos/cicatrizes-na-floresta-evolucao-do-garimpo-ilegal-na-ti-yanomami-em-2020.

Downloads

Publicado

30/11/2023

Edição

Seção

Guerras Culturais: Informação, Política e Disputas Simbólicas

Como Citar

Contribuições de Paulo Freire e Muniz Sodré ao enfrentamento das guerras culturais: uma análise da pauta indígena na Agência Brasil 2015-2023. Liinc em Revista, [S. l.], v. 19, n. 2, p. e6601, 2023. DOI: 10.18617/liinc.v19i2.6601. Disponível em: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/6601.. Acesso em: 18 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1-10 de 336

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.